Birôs de crédito: entenda como eles influenciam sua vida financeira

biro de credito

Os birôs de crédito são empresas que reúnem todo o histórico financeiro e de consumo das pessoas, um verdadeiro banco de dados de informações sobre pagamentos.

Assim, quando você solicita crédito a uma instituição financeira, ela recorre aos birôs de créditos para avaliar se você é um bom pagador e, dessa forma, aprovarem ou não a sua solicitação.

Alguns exemplos de birôs de crédito, ou dos órgãos de proteção ao crédito, como também são chamados, são SPC Brasil, Serasa e Boa Vista. É importante entender a atuação dessas empresas e qual a sua relação com a liberação de crédito das instituições financeiras para você.

O que são os birôs de crédito?

São empresas responsáveis por reunir toda as informações financeiras dos consumidores, desde contratação de empréstimos e financiamentos, até o atraso ou pagamento das contas básicas, como energia e água.

Assim, todo o histórico financeiro da pessoa é registrado e esses dados, coletados dos credores (bancos e instituições financeiras) e fontes públicas, são consultados pelas empresas para que oferecem produtos e serviços financeiros avaliem o risco de conceder uma linha de crédito.

Os órgãos de proteção ao crédito são regulados pelo Banco Central.

Como funcionam os birôs de crédito?

Como citado anteriormente, essas instituições disponibilizam informações como pendências de pagamentos, dívidas, financiamentos, entre outros dados, que podem ser divididos em três categorias:

Informações completas: Todo e qualquer tipo de informação registrada no histórico financeiro do consumidor. Por exemplo: abertura e fechamento de contas, limites disponíveis, financiamentos e empréstimos, dívidas que tenham menos de cinco anos (mesmo que tiverem sido pagas) e etc.

Informações negativas:  são os dados relacionados a inadimplências. Quando ela é paga, sai desse cadastro.

Cadastro positivo: O cadastro positivo foi criado em 2019 com o objetivo de catalogar todas as operações de dívidas e de crédito que o cliente pagou ou está pagando.

Dessa forma, essas empresas trabalham para:

  • Prevenir fraudes;
  • Estimular a transparência entre a empresa e o tomador de crédito;
  • Fazer a ponte entre quem vende esses serviços e quem quer contratá-los.

Cadastro positivo

Os birôs são os responsáveis por incluir os consumidores no Cadastro Positivo, que funciona como uma análise de crédito mais personalizada para as instituições financeiras.

Analisando de maneira mais profunda, as empresas conseguem ter mais segurança de que a pessoa irá pagar e, assim, diminuir as taxas de juros ou oferecer melhores condições de pagamento para as pessoas interessadas no crédito.

Estar no cadastro positivo contribui para o aumento do Score, que é uma pontuação que todos os consumidores recebem de acordo com a cumprimento dos seus compromissos financeiros. A nota vai se 0 a 1000. Vamos explicar melhor sobre isso mais a frente.

Legislação

Houve uma mudança na legislação que regula o setor em 2019 e alguns pontos foram modificados. Isso aconteceu por meio da adoção da Lei Complementar 166, na Lei do Cadastro Positivo (12.414/2011).

A lei esclarece que o cadastro só pode usar informações com o objetivo de avaliar a conduta financeira do consumidor.

Então, é possível ter acesso ao financiamento de um apartamento, por exemplo, mas não dados mais específicos, como o tipo do imóvel ou quantos quartos possui. Essa é uma maneira de proteger, também, os tomadores de crédito.

Dessa forma, pode-se acessar apenas informações de histórico de pagamento e transações que envolvam risco financeiro para o banco ou instituição financeira envolvida.

Além disso, a inclusão no programa é automática, realizada pelos birôs de crédito, mas os titulares do CPF ou CNPJ podem solicitar a qualquer momento que seus dados sejam excluídos da plataforma de consulta.

biro de credito 2

Principais birôs de crédito do Brasil

No Brasil, existem quatro principais empresas que trabalham como os principais órgãos de proteção ao crédito. São elas:

Boa Vista

Primeiro birô de crédito a criar o cadastro positivo, a Boa Vista tem mais de 60 anos no mercado. A empresa conta com o seu próprio cadastro positivo, que você pode se inscrever entrando no site da instituição.

O Boa Vista possui serviços inovadores, como o Certo Car, no qual pode-se verificar o histórico de multas e acidentes de um automóvel usado antes de comprá-lo.

Serasa

O Serasa é um dos birôs de crédito mais populares do Brasil. Assim como os outros, possui o cadastro positivo e também o Score.

No site ou aplicativo, dá para acompanhar a movimentação da pontuação, se aumentou ou diminuiu, além de dicas educativas para melhorar o desempenho.

Também é possível renegociar dívidas em sua plataforma e o desconto chega em até 90%.

SPC Brasil

Assim como o Serasa, é um dos birôs mais populares. O serviço é vinculado à Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDJ) e, por isso, é muito utilizado por lojas de comércio e também do varejo.

Quod

O Quod é administrado pelos cinco maiores bancos do País, sendo eles o Santander, Itaú, Caixa Econômica Federal, Bradesco e Banco do Brasil. Como os outros, e também tem o cadastro positivo e consulta online ao Score.

Qual a relação entre Score e birôs de crédito?

Todas as informações financeiras coletadas pelos birôs formam o Score, que é um indicador de perfil financeiro. Sua pontuação vai de zero a 1000, indicando a o risco do consumidor pagar ou não uma conta.

Ou seja, quanto mais alto o Score, melhor pagador. Quanto menor, maior a chance do tomador de crédito não conseguir pagar a dívida. Dessa forma, a pessoa mais próxima a 1000 tem mais chances de obter a aprovação do crédito.

Assim, as instituições financeiras avaliam essa nota para decidir se vão conceder crédito ou não ao solicitante.

Cada instituição tem os seus próprios critérios para realizar essa análise e o Score não é o único fator. Então, alguns outros tópicos levados em consideração são:

  • Atrasos em pagamentos;
  • Dívidas em aberto;
  • Tempo para a quitação da dívida em aberto;
  • Empréstimos ativos;
  • Quantidade de vezes que solicitou empréstimos.

Por isso, pagar as contas em dia é um dos fatores que mais ajudam no aumento do Score. Então, é importante não ter pendências financeiras para garantir a concessão de crédito e também melhores condições de pagamento, como juros mais baixos.

Acompanhamento do Score

Você pode verificar e acompanhar a sua pontuação no site de qualquer um desses birôs de crédito, basta ter o CPF em mãos. Alguns deles oferecem planos pagos, mas na versão gratuita já é possível ter acesso às informações mais importantes.

Acesso rápido

Compartilhe:

Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimos artigos