Como funciona o adicional noturno?

adicional noturno

Diversos trabalhadores desconhecem os direitos trabalhistas. Isso faz com que, além de perder direitos, se perca dinheiro. Por exemplo, o adicional noturno é uma regra que entrega um valor adicional no seu cumprimento.

No entanto, o adicional noturno não contempla todas as classes trabalhadoras. Para saber quais as condições e como funciona esse tipo de trabalho é preciso entender primeiramente o que é caracterizado como trabalho noturno.

O horário do adicional noturno para atividade urbana está entre o período de 22:00 horas de um dia às 5:00 do dia seguinte. Já nas atividades rurais de agricultura, o horário passa para 21:00 às 5:00 e na pecuária, das 20:00 às 4:00 do dia posterior.

Adicional de salário no trabalho à noite

O direito ao adicional noturno ou terceiro turno garante a remuneração extra de no mínimo 20% do valor equivalente a hora normal de trabalho. O valor do adicional noturno corresponde a computação de 52 minutos e 30 segundos.

Intervalo de trabalho noturno

É entendido que o desgaste para uma pessoa que faz o trabalho noturno é superior ao desgaste do trabalhador que exerce a mesma atividade no período diurno.

Por tanto, os intervalos dentro das regras do adicional noturno também são diferenciadas;

  • Até 4 horas de atividade não existe intervalo;
  • Entre 4 e 6 horas de atividade é concedido o intervalo de 15 minutos;
  • Acima de 6 horas de atividade, o intervalo a ser concedido deve ser de, no mínimo, 1 hora e no máximo, 2 horas.

Como calcular o adicional noturno?

O cálculo do adicional é adicionado às horas trabalhadas, de acordo com a categoria inserida. Por exemplo, se o mínimo de remuneração no salário é de 20%, se o trabalhador recebe o valor de R$50,00 por hora, passa a receber o total de R$52,00.

De maneira geral, o cálculo acontece a partir da divisão do valor do salário base mensal pelas horas contratuais, depois disso, existe a multiplicação do valor da hora normal pelo percentual do adicional.

Por exemplo, valor da hora do adicional:

  • Salário base: R$1.700;
  • Horas trabalhadas: 220h;
  • Adicional: 20%.
  1. 1700 (salário base) / 220 (horas trabalhadas) = 7,72 (hora normal);
  2. 20% (adicional) de 7,72 (hora normal) = 1,54 (percentual);
  3. 7,72 (hora normal) + 1,54 (percentual) = 9,26 (valor da hora do adicional noturno).

Por exemplo, valor do adicional noturno

  • Período de atividade superou 4 horas de atividade noturna: 4 (horas) x 9,26 (valor da hora do adicional) = 37,04 (valor referente ao período);
  • Valor referente ao mês: 30 (dias) x 37,04 (valor referente ao período) = 1.111,02 (valor referente ao mês trabalhado).

Ou seja, nesse caso, o valor do adicional noturno em atividade superior a 4 horas é de R$1.11,02. Para praticidade no cálculo baseado no salário do trabalhador e quantidade de horas excedidas, algumas plataformas online permitem que o cálculo seja efetuado de maneira gratuita. Para mais informações, assine nossa newsletter no WhatsApp e receba ainda mais conteúdos gratuitos!

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Últimos artigos