Análise de mercado: como aplicar no seu negócio?

analise de mercado

A análise de mercado é um dos principais elementos de um plano de negócios. Com ela, os empreendedores conseguem ter mais segurança ao iniciar um projeto.

É através da análise de mercado, por exemplo, que se descobrem os riscos e oportunidades dentro de uma área de atuação desejada.

Sendo assim, a análise de mercado é o processo de obtenção de informações sobre o mercado de atuação, bem como os fatores que podem impactar no sucesso ou fracasso de um negócio.

Quais os tipos de análise de mercado?

Como dito, a análise de mercado é o processo de obtenção de dados sobre o mercado de atuação desejado por um empreendedor. Com ela, é possível detectar dificuldades, problemas e outros fatores que ajudam a determinar o futuro de um negócio.

Existem dois tipos de análise de mercado disponíveis. Apesar de diferentes, eles são complementares, podendo ser escolhidos de acordo com cada tipo de negócio.

Análise de gabinete

Em primeiro lugar, esse tipo de análise é muito ampla, incluindo dados através de diversos meios, como:

  • Canais de TV;
  • Internet;
  • Mídias impressas.

No entanto, essas informações são mais superficiais, oferecendo apenas dados genéricos sobre o mercado de interesse. A análise de gabinete pode ser eficiente para negócios que precisam somente de informações gerais para entrar em um mercado. Assim, não precisam de dados específicos relacionados à competitividade.

Pesquisa de mercado

Já a pesquisa de mercado é um tipo de análise com mais foco, sendo feita através da coleta de informações dos próprios consumidores. Nela, se coletam as expectativas do cliente sobre o nível do serviço esperado e suas necessidades mais básicas e fundamentais.

Afinal, é ele que gera as receitas do negócio, por isso, é importante que se exista essa troca de informações. Para as empresas que desejam fazer algum lançamento ou atualização de produto, ela pode ser fundamental para demonstrar a adesão do público.

Qual a importância da análise de mercado?

O estudo de mercado é fundamental para auxiliar empreendedores na renovação ou desenvolvimento de um negócio. Com ele, é possível observar mudanças e conhecer melhor o perfil do público-alvo do projeto.

Dentre as inúmeras informações que se pode ter com a análise de mercado, estão, entre elas:

  • Tamanho do mercado;
  • Quantidade de clientes;
  • Perfil de consumo dos indivíduos;
  • Nichos de mercado;
  • Estilo de vida dos consumidores;
  • Quantidade de renda;
  • Número de concorrentes;
  • Faixa etária.

A partir desses dados, fica muito mais fácil saber como iniciar um negócio da maneira correta dentro do mercado escolhido.

É claro que no mundo do empreendedorismo não existem certezas. No entanto, a análise de mercado se mostra como uma atitude responsável e inteligente de empresários.

O que é preciso para fazer a análise de mercado?

Para quem deseja fazer uma análise de mercado, no entanto, não sabe por onde começar, vale lembrar que há algumas ferramentas para ajudar nesse processo. Elas servem para auxiliar na obtenção de dados e informações sobre os consumidores e os concorrentes.

Entre elas, estão, por exemplo:

  • Softwares coletores de dados;
  • Aplicativos de análise de empresas;
  • Sites de reclamações;
  • Plataformas de pesquisa;
  • Analisadores estatísticos;
  • Históricos financeiros de mercados.

Com eles, o empresário consegue facilmente ter informações sobre qualquer área de atuação.

Como fazer uma análise de mercado corretamente?

analise de mercado 2 1

Não adianta somente entender a importância da análise de mercado se você não sabe como fazê-la de modo correto. Por isso, confira o passo a passo da análise de mercado:

Observe o setor escolhido

Em primeiro lugar, é preciso que o estudo de mercado se baseie em um cenário com limitações, ou seja, aquele em que você deseja atuar.

É claro que outras situações podem servir como inspiração ou demonstração de riscos. No entanto, a área mais relevante deve ser a desejada pelo empreendedor.

Sendo assim, isso permitirá a identificação do que é preciso para se equiparar e até se destacar dos negócios já existentes. Além disso, é possível encontrar nichos (parcela de indivíduos mal atendida) que podem ser o foco inicial da empresa.

Analise os clientes e concorrentes

Para entender mais sobre o público-alvo da empresa, podem ser utilizadas estratégias, como, por exemplo:

  • Questionários (onlines e presenciais);
  • Análise de tráfego;
  • Análise do perfil de consumo dos clientes.

Nesse momento, se deve buscar todas as informações possíveis sobre as preferências dos clientes. Após isso, dentro da área de abrangência do negócio, obtenha informações sobre o atendimento que negócios oferecem.

Com a análise de concorrência, é possível detectar falhas e também oportunidades de inovação para o seu empreendimento.

Saiba mais sobre os fornecedores

Por outro lado, no caso dos fornecedores, é interessante analisar tudo o que pode impactar no serviço ou produção da sua empresa.

Informações como parcerias com concorrentes, preços e prazos de entrega, por exemplo, são bem importantes. Com tudo bem definido, então, sua empresa poderá garantir um serviço diferenciado e de alta qualidade.

Avalie projeções de mercado

Uma informação bem relevante para quem deseja iniciar um negócio em um mercado é a sua avaliação econômica. Isso porque é ela que irá garantir a estabilidade financeira e o desenvolvimento do projeto ao longo do tempo.

Embora um negócio de sucesso não dependa só desse fator, não se deve negar que sua influência. Portanto, você não deve deixar de analisar o setor em questão e as condições de crescimento que ele oferece. Por consequência, com essas informações, fica mais fácil obter investimentos externos, caso a expectativa seja positiva.

Pesquise sobre o produto a ser vendido

Por fim, os concorrentes, apesar de apresentarem algumas barreiras para negócios iniciantes, podem oferecer grandes oportunidades. Isso porque, a partir de suas ações, é possível encontrar pontos negativos e positivos a serem estudados.

Por isso, você deve estudar sobre a forma como se oferece o produto ou serviço e tentar se diferenciar, tornando a logística mais eficiente, por exemplo.

Vale a pena fazer análise de mercado?

Em primeiro lugar, fazer uma análise de mercado pode ser vista como uma obrigação para empresários que desejam construir negócios de sucesso.

Sua maior vantagem está no conhecimento sobre o cenário a ser explorado, possibilitando uma maior segurança para a empresa. Além disso, com o estudo do cliente, é possível desenvolver melhores estratégias para atender seu público.

Se bem desenvolvidas, elas conseguirão destacar sua empresa em meio à concorrência e ganhar a atenção dos consumidores. Portanto, vale a pena fazer uma análise de mercado, garantindo assim o melhor desenvolvimento do seu negócio.

O que é análise de mercado?

Trata-se do processo de obtenção de informações sobre o mercado de atuação, bem como os fatores que podem impactar no sucesso ou fracasso de um negócio.

Quais os tipos de análise de mercado?

Em primeiro lugar, existe um tipo de análise mais ampla, que é a análise de gabinete e uma segunda opção, que é a pesquisa de mercado, com mais foco.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos