Balança Comercial: como ela interfere na economia?

Balança comercial 1

Criada no século 15, a Balança Comercial é uma medida bem importante para a economia de qualquer país e, inclusive, para os investidores também.

De forma simples, a Balança Comercial é a relação entre as importações e exportações de um país. Por isso, então, é um indicador tão relevante quanto o PIB.

O resultado deste indicador pode servir, por exemplo, como base para analisar a situação financeira de um país em comparação aos outros.

Entendendo a Balança Comercial

Em primeiro lugar, a Balança Comercial é um indicador econômico cujo resultado é a diferença entre tudo que um país exporta e importa. Portanto, seu objetivo é mostrar, através de medidas econômicas, a situação financeira daquele local.

Para calcular e obter respostas sobre como está o crescimento do comércio exterior, se faz uma análise de tudo que se importou e exportou. A soma desses dados, como consequência, resulta na avaliação dos índices de crescimento.

A balança comercial reflete a situação econômica de um país. Sendo assim, quando a balança é positiva, o volume de exportações é maior que importação. Esse é um exemplo de superávit comercial.

Por outro lado, quando a situação é a oposta – se importa mais do que se exporta – se tem um resultado negativo: o famoso déficit comercial.

Além disso, é válido explicar que ela não considera o volume de produtos que entra ou sai de um país, mas o dinheiro que resulta da transação.

Para saber se o saldo da Balança comercial foi positivo ou negativo, há a avaliação feita através dos dados da importação e exportação. No entanto, em primeiro lugar, é bom saber o significado desses termos:

  • Importação: se denomina a entrada de bens, serviços e produtos originários de outro país. Isso significa dizer que ela é a compra de mercadorias internacionais. Insumos de produção, máquinas e equipamentos produzidos em outros países e bens comprados em sites e aplicativos são, por exemplo, produtos de importação.
  • Exportação: já os produtos exportados são bens e serviços produzidos em território nacional e vendidos para outros países, de acordo com a demanda de empresas em mercados externos.

Como se calcula a Balança Comercial?

balanca comercial 1

Visto alguns termos, é hora de mostrar o cálculo desse indicador. É possível saber o saldo da balança através da seguinte conta:

  • Exportações (em moeda) – Importações (em moeda) = Balança comercial.

Além disso, há uma segunda fórmula, através da porcentagem da taxa de cobertura:

  • (Exportações / Importações) x 100% = Taxa de cobertura.

A taxa de cobertura é resultado da razão entre as exportações e importações. Sendo assim, ela pode indicar em que porcentagem as exportações pagam as importações.

O que pode influenciar a Balança Comercial?

São muitos os fatores que podem influenciar o saldo da balança comercial. Entre eles podemos citar, por exemplo:

Relação de oferta e demanda

Em primeiro lugar, há a relação entre procura e oferta. Por exemplo,  se parceiros comerciais de um país estão vivenciando uma recessão econômica, eles vão importar menos produtos e as exportações irão reduzir.

Logo, o preço dos produtos vai cair porque a oferta é muito maior que a demanda. Do mesmo modo, isso vale para o sentido oposto.

Taxa de câmbio

O câmbio, em linhas gerais, é a troca de uma moeda de um país. Sendo assim, ela corresponde a uma quantidade da moeda do segundo país. Portanto, é também a quantidade de reais necessários para comprar 1 dólar.

Sendo assim, quando a moeda nacional vale mais ou igual à moeda estrangeira, os produtos de fora tendem a chegar mais baratos no mercado internacional. Da mesma forma, quando ela vale menos, os produtos custam mais caro.

Protecionismo

Por fim, a quantidade de taxas que um país pode por em certos produtos permite deixá-lo mais caro e, por consequência, menos atrativo para o mercado nacional.

Isso se faz com o objetivo de proteger a economia local no sentido de favorecer a economia interna. Por isso, essa prática é comum em quase todos os países de acordo com o contexto.

Resultados da Balança Comercial

Por fim, como resultados, a Balança Comercial pode apresentar alguns resultados como, por exemplo, um superávit, um déficit ou um equilíbrio comercial. Conheça cada um deles:

  • Superávit: é o saldo positivo da balança comercial, isto é, quando um país vende mais do que compra no exterior. Então, esse saldo passa a ser o superávit da Balança Comercial;
  • Déficit: é o saldo negativo, ou seja, quando o valor de importações supera a exportação do país;
  • Equilíbrio comercial: ocorre quando o resultado entre a quantidade de exportação e importação está mais proporcional.

A Balança Comercial precisa sempre ser positiva?

Do ponto de vista histórico, a ideia de que a riqueza de uma nação se media de acordo com a balança comercial favorável surgiu no século 15, na época em que as trocas comerciais entre os Estados cresceram.

Esse período ficou famoso e o fenômeno se conhece por Estado Moderno. Portanto, os feudos passaram por um processo de transição onde o poder estava cada mais focado na mão do rei.

Dessa forma, as práticas econômicas da época era marcadas pelo mercantilismo e se baseavam em uma balança comercial positiva.

No entanto, hoje, a ideia de ter uma balança positiva ou negativa se mostra relativa. Sendo assim, ela depende do ciclo econômico do país.

Por exemplo, o déficit comercial pode ser bom quando um país está em um ciclo de expansão econômica, pois isso vai ajudar a deixar os preços internos baixos.

No entanto, nos momentos de recessão, um superávit pode ser positivo, pois vai ajudar a criar empregos, atrair a moeda estrangeira e aumentar a produção.

Como a Balança Comercial pode influenciar nos investimentos?

Além desses fatores, um investidor precisa saber sobre a Balança Comercial também quando procura as melhores rentabilidades. No entanto, ela é só um dos indicadores que faz parte do cotidiano do mundo dos investimentos.

Portanto, quanto mais o investidor se alinhar com o mercado financeiro, maior a chance de suas decisões serem boas. Como consequência, ele pode ter maior lucro sobre as aplicações.

Sendo assim, com o anúncio do déficit e superávit da Balança Comercial, o investidor vai poder avaliar o rendimento das empresas brasileiras ao tratar sobre exportação, por exemplo.

Qual é a importância da Balança Comercial?

Ela calcula a diferença entre o que um país exporta e importa. Portanto, sua importância está em refletir a situação econômica do país. Sendo assim, o resultado deste indicador pode servir como base de comparação.

Como a Balança Comercial ajuda nos investimentos?

Por exemplo, com o anúncio do déficit ou superávit, o investidor pode avaliar o rendimento das empresas brasileiras quanto à exportação.

Como calcular a Balança Comercial?

Exportações - Importações = Balança comercial.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos