Banco de investimento: confira como funciona

Banco de investimento 1

Cotidianamente no Brasil, surgem inúmeras instituições financeiras. No entanto, para quem deseja utilizar os serviços bancários para investimentos, opções como banco de investimento estão ganhando espaço no mercado.

Dessa forma, o banco de investimento é uma opção bastante comum para pessoas físicas e jurídicas que optam por realizar aplicações em modalidades diversas.

O que é banco de investimento?

Investment Banking é um termo inglês utilizado para “banco de investimento” instituição privada que possui o objetivo de oferecer serviços aos investidores que buscam aplicar capital em renda fixa e renda variável.

Sendo assim, por meio do banco de investimento é possível investir em opções como ações, CDB, Letras de Câmbio, Letras de crédito e afins.

Assim, esse tipo de instituição se difere dos bancos comuns conhecidos por “bancos de varejo”, que possui algumas funções, consideradas mais restritas em relação a aplicação de capital. Dado que, geralmente, estes oferecem apenas serviços em aplicações simples.

Entretanto, não são todas as pessoas que podem realizar a abertura de conta em um banco de investimento. Pois, como esse tipo de instituição funciona dentro do mercado de capitais, os bancos de investimentos, geralmente, buscam realizar o atendimento de demandas referentes a grandes investidores.

Além disso, o banco de investimento não oferece conta corrente e conta poupança.

Como surgiu o Investiment banking?

O conceito surgiu nos Estados Unidos em 1929 com a criação de instituições financeiras cujo objetivo era proteger as finanças dos correntistas de bancos comerciais, sendo esse o período da Grande Depressão.

Então, após a crise econômica, os órgãos de controle estadunidense decidiram que deveria ser iniciada a categorização dos bancos em “commercial bank” e “investiment bank” como medida para o reajuste econômico.

Assim, os produtos e serviços financeiros também começaram a ser divididos.

No entanto, a regularização do banco de investimento no Brasil ocorreu tardiamente, na década de 1960.

Banco de investimento e banco tradicional: Qual a diferença entre eles?

Bancos tradicionais

Também conhecido como comerciais, são os que atuam no mercado financeiro oferecendo serviços como conta corrente, poupança e empréstimos para pessoas físicas.

Dessa maneira, uma das principais características dessas instituições é que ela pode ser pública e captar dinheiro através de depósitos.

Além disso, esses bancos também podem realizar a emissão de títulos de investimentos. Contudo, os tipos de investimentos disponíveis são limitados.

Banco de investimento

Este, não oferece os serviços que bancos comerciais costumam oferecer. Pois, seu objetivo vai além das movimentações de investimentos considerados mais simples como a poupança.

O investment banking oferece modalidades de investimentos mais arrojados, bem como prestação de serviços com assessoria e administração de capital para operações societárias de empresas.

Então, esse tipo de instituição pode realizar operações que os bancos tradicionais não estão autorizados a fazer.

Como funciona um banco de investimento?

Banco de investimento 2

Regularizados pelo Banco Central do Brasil (BACEN) os bancos de investimentos têm autoridade para funcionar em operações de:

  • Financiamento de atividades produtivas;
  • Administração de capital;
  • Participação societária de caráter temporário.

Além disso,  atuam fazendo intermediações financeiras entre pessoas que possuem capital e pessoas que precisam de empréstimos.

Como também, compra e venda de ativos, emissão de títulos bancários e consultorias para clientes estão entre os serviços oferecidos.

Porém, não prestam serviços como os bancos tradicionais, o lucro obtido é decorrente das operações que são voltadas para investimentos.

Desta forma, geram-se os recursos financeiros por:

Por isso, quando o investidor aplica dinheiro em um banco de investimento, o mesmo consegue adquirir fundos e tem autorização para emprestar esse dinheiro para outras pessoas.

Então, através das mais variadas formas de investimentos, o investidor pode obter rendimentos expressivos. Porém, para isso é preciso analisar o tipo de título no qual deseja investir, evitando possíveis prejuízos.

Quais as modalidades existentes dentro do Investment banking?

Existem variados meios nos quais o banco de investimento pode auxiliar nas atividades e projetos de clientes corporativos. No entanto, é necessário definir a modalidade de investimento que mais se adéqua as necessidades do investidor.

  • Private Equity: é a modalidade de investimentos na qual o banco de investimento possibilita que seu cliente levante fundo de capital para adquirir participação em empresas já desenvolvidas. Através de emissão de títulos e ações, dentro do mercado de capitais.

Porém, este é um investimento considerado de risco. Pois, é uma modalidade adotada por empresas em tratativas de fusão ou venda.

Ressaltando que empresas que desejam abrir capital na Bolsa de Valores também recorrem ao private equity.

  • Debt Capital: é quando o banco realiza a emissão de títulos de dívida. Então, o banco gerencia todo o processo para que esses títulos possam ser comprados por investidores em troca de uma remuneração de juros que será paga em um prazo determinado futuramente.

Para as empresas privadas a forma mais comum de levantar esse tipo de capital é através de debêntures.

  • Crédito Corporativo: neste, o banco oferece um crédito aos clientes. Dessa forma, isso pode ser caracterizado como um empréstimo, pois a empresa tomadora dos recursos se responsabiliza de quitar a dívida com a taxa de juros acordado.
  • Fusões e aquisições: mesmo não sendo uma prática muito comum, o banco auxilia seu cliente no processo de fusão e aquisição com outras companhias.

Quais as atividades fornecidas pelo Investment Banking?

Como o banco de investimento lida exclusivamente com aplicação do dinheiro de seus clientes em diversas categorias de investimentos, eles podem oferecer os mais variados serviços.

Assim, dentre as atividades desenvolvidas, estão:

  • Empréstimo a longo e médio prazo;
  • Títulos mobiliários;
  • Depósitos interfinanceiros;
  • Financiamento de atividades relacionadas à produção para suprimento de capital;
  • Repasse de empréstimo externo;
  • Emissão de títulos;
  • Operações societárias;
  • Administração de capital de terceiros;
  • Operação de subscrição de ações ou IPO.
  • Administração e venda de cotas de fundos de investimentos.

Investir através de corretoras ou Banco de investimento?

É comum o questionamento do porque existe o investment banking se através das corretoras de valores é possível realizar qualquer tipo de operação.

Dado isso, muito se questiona se o ideal seria aplicar seu dinheiro através de corretoras ou bancos especializados.

Assim, geralmente, as corretoras de valores indicam as melhores alternativas, pois elas têm uma maior diversidade de investimentos como Tesouro direto, LCA, LCI, contratos futuros e muitos outros.

Já no caso do banco de investimento, ele se direciona mais para pessoa jurídica, tendo em vista as opções de investimentos corporativos.

Dessa maneira, no caso das corretoras, elas podem oferecer boas categorias de aplicações para pessoa física e equipes qualificadas para entender as necessidades pessoais.

Portanto, o banco de investimento pode ser a oportunidade que muitas empresas procuram para se iniciar dentro da bolsa de valores, conquistar sociedades e bons rendimentos.

Quem pode abrir uma conta em um banco de investimento?

Pode abrir uma conta em um banco de investimento pessoas físicas e jurídicas.

Quais serviços o banco de investimento oferece?

O banco de investimento oferece empréstimo a longo e médio prazo, títulos mobiliários, depósitos interfinanceiros, financiamento de atividades relacionadas à produção para suprimento de capital, repasse de empréstimo externo, emissão de títulos, dentre outros.

O banco de investimento é público ou privado?

O investment banking é uma instituição privada.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos