Home Blog BMGB4: vale a pena investir no Banco BMG?

BMGB4: vale a pena investir no Banco BMG?

BMGB4

O Banco BMG (BMGB4) centraliza sua atuação como banco múltiplo, oferecendo produtos e serviços destinados tanto à pessoas físicas como jurídicas. Além disso, a companhia possui mais de 90 anos de atuação no setor bancário. 

As ações do Banco BMG (BMGB4) fazem parte da bolsa de valores brasileira, isto é, a B3 (Brasil, Bolsa e Balcão). Sendo assim, as ações da companhia podem ser negociadas por investidores que observam, no setor bancário, oportunidades benéficas. 

O que é o Banco BMG (BMGB4)?

O Banco BMG (BMGB4) direciona seus serviços e produtos para o setor bancário, focando no oferecimento de crédito para pessoas físicas e jurídicas.

A companhia é brasileira e pode ser considerada pioneira na oferta de empréstimo consignado no Brasil, com mais de 3,8 milhões de clientes ativos. Suas ações são comercializadas na B3, por meio do ticker BMGB4

Em resumo, o Banco BMG atua no setor bancário desde o ano de 1930, mediante a prestação de serviços financeiros. A empresa possui mais de 591.474.531 milhões de ações gerenciadas, sendo 36,8% destas em Free Float.

Além do Banco BMG, outras empresas integram o setor bancário no Brasil, dentre elas o Bradesco (BBDC4) e o Banco Pan (BPAN4):

  1. Bradesco: é o segundo maior banco privado do Brasil, possuindo mais de 71 milhões de clientes e aproximadamente 4,6 mil agências. Além disso, as ações do Bradesco são comercializadas como ordinárias e preferenciais, estando também incluídas na carteira do Ibovespa;
  2. Banco Pan: banco de médio porte, focando principalmente em pessoas físicas. Possui atuação relevante na oferta de crédito consignado e está presente em todo país, focando sua presença nas regiões sudeste e nordeste.

Diante da importância do Banco BMG (BMGB4) para o mercado financeiro e sua presença na bolsa de valores, é relevante compreender como se deu a sua trajetória e a estruturação do seu modelo de negócio. 

História do Banco BMG (BMGB4)

bmgb4 1

No ano de 1930, a instituição foi criada pela Família Guimarães, sob o nome de Banco de Crédito Predial S.A, sendo denominada, posteriormente, Banco de Minas Gerais S.A, atuando como banco comercial e oferecendo produtos para pessoas físicas e jurídicas.     

Foi em 1962 que o banco implementou a sigla BMG, além disso, em 1965 foi criada a Argento S.A. Crédito, Financiamento e Investimento.

No ano de 1971, a denominação social da Argento S.A. foi modificada para BMG Financeira S.A. – Crédito, Financiamento e Investimento.

Além do mais, no mesmo ano foi criada a BMG Leasing, dessa maneira, o banco passou a focar no financiamento de veículos leves e pesados, tornando-se, logo após, líder no setor. 

Dessa maneira, em 1985, a empresa BMG Financeira S.A. Crédito, Financiamento e Investimento realizou a aquisição do capital majoritário do banco comercial “Brasilinvest Banco Comercial S.A., passando a ser denominado de BMG Banco Comercial S.A.

Sendo assim, no ano de 1988, a BMG Financeira tornou-se um banco múltiplo e, no ano seguinte, a empresa teve sua denominação alterada para Banco BMG S.A.

Incorporações do Banco BMG

No ano de 1993, o Banco Comercial S.A. é incorporado pelo Banco BMG S.A. Além disso, no mesmo ano, o fechamento de capital do BMG é aprovado.

Em 1994 o Banco BMG adquiriu de membros da família Guimarães as ações ordinárias da BMG Leasing.

Desse modo, foi em 1998 que o BMG começou a concentrar seus serviços na concessão de empréstimos consignados a funcionários do setor público. 

Assim, em 2001, ocorreu a constituição do BMG Bank (Cayman) Limited, como uma subsidiária integral do BMG nas Ilhas Cayman.

No ano de 2004, o BMG tornou-se o primeiro banco médio a realizar um acordo de cessão de créditos, variando suas fontes de funding, além de acessar o mercado interbancário com um novo produto. 

Logo após, em 2005, o banco BMG tornou-se líder no mercado de crédito consignado. Além do mais, no ano de 2009, o BMG emitiu sua primeira dívida subordinada no mercado externo. 

Dessa forma, no ano de 2012, o BMG associou-se ao Itaú Unibanco para criar um novo banco direcionado exclusivamente para o crédito consignado (Banco Itaú BMG Consignado S.A.). 

Foi em 2016 que o BMG lançou o Crédito na Conta, oferecendo crédito pessoal com débito em conta, direcionado exclusivamente para aposentados e pensionistas do INSS e servidores públicos. 

Além disso, no mesmo ano foi criada a BMG Seguros, focando em seguro garantia. 

Sendo assim, no ano de 2017, o BMG lançou a própria plataforma de investimentos, o BMG Invest Digital, possibilitando que os investimento sejam realizados de forma 100% digital.

Linha do tempo do Banco BMG (BMGB4)

  • 1930 – A instituição financeira é criada pela Família Guimarães, na época denominada de Banco de Crédito Predial S.A;
  • 1962 – A sigla BMG é implementada;
  • 1965 – É criada a Argento S.A.Crédito, Financiamento e Investimento. 
  • 1971 – Ocorre uma denominação da Argento S.A, modificando-a para BMG Financeira S.A – Crédito, Financiamento e Investimento;
  • 1971 – É criada a BMG Leasing, assim, o banco começou a focar no financiamento de veículos leves e pesados;
  • 1985 – A empresa BMG Financeira S.A. Crédito, Financiamento e Investimento adquire o capital majoritário do banco comercial “Brasilinvest Banco Comercial S.A.” e, posteriormente, denominando-se de BMG Banco Comercial S.A.;
  • 1988 – A BMG Financeira torna-se um banco múltiplo;
  • 1989 – A instituição tem sua denominação alterada para Banco BMG S.A; 
  • 1993 – O Banco Comercial S.A. é incorporado pelo Banco BMG S.A.;
  • 1993 – É aprovado o fechamento de capital do BMG;
  • 1994 – O Banco BMG adquire de membros da família Guimarães as ações ordinárias da BMG Leasing;
  • 1998 – O Banco BMG começa a direcionar seus serviços na concessão de empréstimos consignados a funcionários do setor público;
  • 2001 – Ocorre a constituição do BMG Bank(Cayman) Limited;
  • 2004 – BMG torna-se o primeiro banco médio a realizar um acordo de cessão de créditos;
  • 2004 – O Banco BMG é inserido no mercado interbancário com um novo produto;
  • 2005 – Banco BMG torna-se líder no mercado de crédito consignado;
  • 2009 – É emitida a primeira dívida subordinada no mercado externo do BMG;
  • 2012 – O BMG se associa ao Itaú Unibanco para criar um novo banco direcionado para o crédito consignado;
  • 2016 – O BMG lança o Crédito na Conta;
  • 2016 – Criação da BMG Seguros;
  • 2017 –  É lançado o BMG Invest Digital, a própria plataforma de investimentos da instituição.

O que faz o Banco BMG (BMGB4)? 

A principal atividade do Banco BMG está relacionada a oferta de serviços e produtos direcionados a pessoa física e jurídica. 

Dessa maneira, dentre os serviços oferecidos pela companhia, estão:

  • Cartão de crédito consignado;
  • Crédito pessoal;
  • Seguros;
  • Empréstimo consignado.

Sendo assim, observa-se que a empresa busca diversificar os seus serviços, oferecendo uma gama de produtos para seus clientes.

Como atua o Banco BMG (BMGB4)?

O Banco BMG (BMGB4) é um dos pioneiros no oferecimento de empréstimo consignado em território nacional. 

Sendo assim, a instituição possui mais de 2 mil correspondentes bancários, além de 3,8 milhões de clientes ativos. 

Além do mais, a empresa dispõe de 14 mil consultores e mais de 450 mil contas abertas no banco digital da empresa. 

Soma-se a isso, a companhia busca implementar maneiras mais tecnológicas a empresa como, perfil biométrico completo, inteligência artificial e análise de dados. 

As ações do Banco BMG (BMGB4): onde e como são negociadas?

O ticker do Banco BMG (BMGB4) é negociado na bolsa de valores brasileira ou B3 (Brasil, Bolsa e Balcão).

Além disso, as ações da companhia podem ser negociadas pelos meios digitais, buscando simplificar o caminho para a aquisição de ativos, além de zelar pela segurança dos investidores durante as negociações.

A empresa possui ações ordinárias (BMGB3 ON), que dão direito ao voto durante assembleias empresariais, ações preferenciais (BMGB4 PN) ofertam prioridade no recebimento de dividendos e, há um tempo, a empresa ofertou ações UNIT (BMGB11 UNIT).

Entretanto, não estão mais disponíveis no mercado financeiro.

Desse modo, para que seja possível comprar ações do Banco BMG, é essencial que o investidor realize a abertura de conta numa corretora de valores.

Após isso, é necessário realizar uma transferência TED com o valor direcionado para realizar o aporte, e posteriormente selecionar as ações do Banco BMG, mencionadas como BMGB3 e BMGB4.

Características das ações do Banco BMG (BMGB4)

As ações do Banco BMG são negociadas na B3 e possuem as demais características:

A classificação setorial do Banco BMG (BMGB4) segundo informações disponibilizadas na B3: Financeiro / Intermediários Financeiros / Bancos.

Além do mais, seu segmento de listagem na bolsa de valores é o Nível 1.

Suas ações oferecem Tag Along de 100% ON e 100% PN, além de Free Float de 36,8%.

Como ganhar dinheiro com as ações do Banco BMG (BMGB4)?

bmgb4 2

Primeiramente, é relevante compreender que existem maneiras variadas de conseguir lucro com as ações do Banco BMG (BMGB4) na B3. 

Dado isso, entre as maneiras que podem ser consideradas, seria relevante incluir o ganho de dividendos. Entretanto, a empresa não apresenta um histórico recorrente de pagamento de proventos. 

Além do mais, o investidor poderá adquirir lucros mediante a comercialização de suas ações por um preço mais elevado que o adquirido anteriormente. 

Dessa maneira, a tomada de alguns cuidados podem possibilitar que o acionista realize suas negociações de forma mais segura. 

Dentre esses cuidados, pode-se destacar a possibilidade da diversificação da carteira de investimentos, gerando uma carteira que detenha renda fixa e renda variável.

Sendo assim, é importante se atentar a liquidez, segurança e rentabilidade de uma ação antes de adquiri-la. 

Além disso, dependendo do perfil do investidor e seus objetivos, garantir uma boa rentabilidade pode significar mais benefícios, quando comparado a busca por uma alta liquidez.

Mas vale lembrar que priorizar rentabilidade ou liquidez irá depender dos objetivos do investidor, visto que o acionista poderá realizar investimento de curto, médio ou longo prazo. 

Além do mais, é recomendado ficar atento ao Mercado Aberto, dado que, ele influencia o valor das moedas, a taxa básica de juros e a rentabilidade de títulos públicos.

Vale a pena investir no Banco BMG (BMGB4)?

O Banco BMG (BMGB4) é focado no oferecimento de crédito, buscando diversificar seus serviços com o intuito de abranger grande parte da população em território nacional.

A instituição foi uma das primeiras na concessão de empréstimos consignados no Brasil. Além disso, a empresa possui uma das melhores capacidades de avaliação de crédito do cliente, dado que é um grande pagador de benefícios a aposentados e pensionistas do INSS. 

Entretanto, o banco possui uma baixa diversificação de receitas, dado que suas receitas são oriundas de crédito consignado e pessoal.

Além do mais, a companhia enfrenta uma grande concorrência, visto que existem empresas no mercado financeiro ofertando serviços parecidos e até iguais aos do Banco BMG.

Dessa maneira, antes de adquirir ações do Banco BMG, é importante realizar uma análise fundamentalista.

Sendo assim, será possível verificar se seus investimentos estão sendo realizados de maneira prudente, seja com o Banco BMG (BMGB4) ou com outra companhia que integre a bolsa de valores. 

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *