BOVA11: descubra como realizar investimentos nesse fundo!

bova11

O BOVA11 é um fundo bastante negociado na Bolsa de Valores. Por isso, para investidores que buscam ativos para diversificar seus investimentos, considera-se o BOVA11 uma opção.

Isso porque o BOVA11 possibilita que o investidor não precise se preocupar em quais empresas irá investir na Bolsa.

O que é BOVA11?

bova11 1

O BOVA11 é um ETF (Exchange Traded Fund), ou seja, um fundo negociado na Bolsa que tem a intenção de replicar o Índice Bovespa.

Com ele, é possível aplicar o dinheiro do investidor nas ações das maiores empresas do Brasil, de maneira bastante prática.

Isso porque para acompanhar de maneira fiel o Índice, o BOVA11 investe exatamente nos mesmos ativos que o compõem em uma proporção também similar.

Para isso, é cobrada uma Taxa de Administração, que serve como remuneração para a gestora responsável pelo fundo.

Como funcionam os ETFs?

Os ETFs replicam a carteira teórica de algum índice de referência, como os fundos indexados.

Assim, o objetivo dessa prática é fazer com que o desempenho desse fundo seja o mais próximo possível do desempenho do índice, seja ele bom ou ruim.

Nesse caso, a principal diferença é que listam-se as cotas desse fundo no pregão.

Isso porque, quem investe em um ETF faz um processo parecido ao de quem compra ações: cria conta em uma corretora, paga taxa de corretagem e acompanha as oscilações das cotações pelo home broker.

Como funciona o BOVA11?

Com o nome oficial de iShares Ibovespa Fundo de Índice, esse ETF é o fundo de índice mais importante do mercado.

No início de 2019, as negociações com as cotas do BOVA11 corresponderam a 83% de todo o volume negociado em ETFs na B3 (Bolsa de Valores Brasileira).

As ações mais numerosas na composição da carteira são:

No momento em que se investe no BOVA11, o lucro e prejuízo são calculados pela corretora de valores utilizada para a operação.

Por ser um produto que visa replicar o Índice Bovespa, acompanhar a situação dos investimentos acaba sendo mais fácil.

Essa é, inclusive, uma das grandes vantagens dos ETFs.

Outro ponto positivo é a facilidade e rapidez para se investir em Renda Variável de maneira diversificada e sem a necessidade de análise de cada empresa.

Com a Renda Fixa com rentabilidade em queda, o BOVA11 pode ser uma alternativa expressiva para quem busca resultados mais interessantes.

Qual a importância do BOVA11 na renda variável?

Considera-se o BOVA11 um dos ETFs mais conhecidos da bolsa de valores brasileira, ou simplesmente B3.

Por isso, se ressalta que iniciaram-se as negociações no ano de 2008. 

Ressaltando que um um dos grandes atrativos do BOVA11 para os investidores é a sua alta liquidez. Por isso, é possível realizar a montagem de diversas estratégias, independentemente do prazo de aporte.

Além disso, o BOVA11 é um modelo de ETF que investe em ações do benchmark da renda variável do país. Oferecendo rendimentos em linha com o mercado.

Como comprar o BOVA11?

Investir em fundos de índice é algo relativamente simples. No entanto, exige a abertura de conta em uma corretora de investimentos.

Para isso, é importante que se faça uma análise das opções disponíveis no mercado, assim evitando pagar por serviços que não são do interesse do investidor.

Após isso, na área de renda variável, basta buscar pelo BOVA11 e adicionar esse fundo a lista de ativos.

Nesse momento, preenche-se um preço igual ou superior ao primeiro preço de venda destacado.

Por isso, inclusive na questão dos dividendos pagos pelas empresas que fazem parte do BOVA11 e outras Units, eles são automaticamente reinvestidos e o investidor ganha na valorização da sua cota.

Como vender o BOVA11? 

Para realizar a venda desse tipo de investimento, deve-se colocar um valor igual ou inferior na coluna de compra. 

Assim, se vende para alguém que deseja comprar.

Além disso, caso o investidor queira comercializar menos de 10 unidades de BOVA11 é importante inserir a letra F, significando que é fracionário, após o código de negociação. 

Dessa forma, caso o investidor queira comprar ou vender cotas o código será BOVA11F. 

Vantagens e desvantagens de investir em ETFs na Bovespa

Os ETFs são consideradas boas oportunidades de investir em várias empresas ao mesmo tempo, mas de maneira prática e menos arriscada.

Assim, entre as principais vantagens de investir em ETFs, estão:

  • Segurança na renda variável;
  • Possibilidade de ótimos retornos;
  • Simplicidade, não exige muito estudo;
  • Taxas relativamente baixas se comparadas com as de alguns fundos de investimentos.

Por outro lado, a alta diversificação desse investimento não traz só benefícios.

Por conta disso, também é possível listar algumas desvantagens de investir em ETFs:

  • Rentabilidade diluída em ações que não tiverem bom rendimento;
  • Cobrança de taxas de administração e de performance;
  • Se a bolsa estiver instável, alta volatilidade e risco.

Portanto, para quem tem disposição para estudar o mercado financeiro e as ações listadas na Bolsa, escolher os ativos por conta própria pode ser mais interessante.

No entanto, caso o investidor busque pela diversificação em sua carteira de ativos de maneira prática, o BOVA11 pode ser uma opção considerável de ativo para o portfólio.

Vale a pena investir em BOVA11?

O BOVA11 é caracterizado como uma carteira de ações, ou simplesmente um fundo de índice. Dessa forma, o BOVA11 possui como objetivo a busca pela rentabilidade igual ou superior ao Ibovespa. 

Ressaltando que é o Índice Bovespa, é o seu referencial.

Por isso, ele pode ser considerado vantajoso para investidores que buscam diversificação com baixo custo. 

Além do mais, é o maior e mais negociado ETF do mercado financeiro e nacional. Dessa maneira, o BOVA11 pode garantir aos seus investidores uma boa liquidez.

Lembrando que é importante destacar que esse fundo de índice é administrado por gestores experientes, diminuindo o risco do investimento. 

Entretanto, no caso dos investidores mais experientes com o mercado, escolher suas ações em comparação a optar por fundos de índices pode ser mais vantajoso quando observado a rentabilidade e as possíveis estratégias de cada investidor. 

Ressaltando que o BOVA11 pode ser visto como uma alternativa para o investidor que busca diversificação e desempenho alinhado ao Ibovespa. 

O que é o BOVA11?

Define-se o BOVA11 como um ETF, isto é, um fundo que está sendo negociado na bolsa de valores e que possui como intenção replicar o Índice Bovespa.

Quais as vantagens do BOVA11?

Dentre as vantagens oferecidas pelo BOVA11 podem ser ressaltadas a segurança na renda variável, simplicidade ao investir e a possibilidade de um bom retorno.

Qual a principal desvantagem do BOVA11?

Uma das principais desvantagens do BOVA11 é a alta cobrança de taxas de administração e performance.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos