Home Blog C2C: como funciona o modelo de negócios Customer to Customer

C2C: como funciona o modelo de negócios Customer to Customer

c2c 1

Com a revolução tecnológica, diversos modelos de negócios têm sido desenvolvidos, como no caso do chamado C2C.

O C2C funciona com transações com o auxílio de intermediadores, que servem como suporte no empreendedorismo.

No C2C, não existem produtores. Portanto, a relação comercial ocorre entre dois tipos de consumidores.

O que significa a sigla C2C?

c2c-2

A sigla C2C se refere ao modelo de negócios chamado de Customer to Customer.

Com o desenvolvimento de novos tipos empreendimentos, surgiram siglas que servem para identificá-los de acordo com sua organização.

Entre as siglas de modelo de negócios mais comuns, estão:

  • B2B (Business to Business ou Empresa para Empresa);
  • G2C (Government to Citizen ou Governo para Cidadão);
  • G2G (Government to Government ou Governo para Governo);
  • B2C (Business to Customer ou Negócio para Consumidor).

Ao contrário do B2B e do G2C, que podem estar presentes em estabelecimentos físicos, o C2C é uma relação exclusiva online.

Ou seja, ela é uma referência ao e-commerce, comércio de bens ou serviços online que não envolve produtores.

Como funciona o modelo C2C?

O comércio online C2C envolve o consumidor final com outro consumidor final. Isso ocorre, pois no meio deles, existe uma plataforma intermediadora, como por exemplo:

  1. Consumidor 1 descobre o Site X para anunciar seu produto para a venda;
  2. Consumidor 2 entra no site X e encontra o produto anunciado pelo Consumidor 1;
  3. Após a compra, o Site X recebe uma comissão e repassa o restante do valor para o Consumidor 1.

Nesse caso, o portal funciona como um tipo de suporte de comunicação entre os dois consumidores finais.

Em casos de possíveis problemas com os produtos adquiridos, é a plataforma que recebe e repassa a reclamação ao responsável pela venda.

Quais as vantagens do modelo de negócios C2C?

Os e-commerces que adotam o formato C2C possuem um enorme potencial de crescimento no mercado. Isso se dá devido ao número de benefícios relacionados com esses tipos de empreendimento.

Os sites C2C não se envolvem em na qualidade dos produtos e muito menos no preço anunciado. Além disso, muitos deles não se responsabilizam pelo conteúdo dos produtos.

Esse fator acaba promovendo grandes vantagens para o e-commerce, que são:

  • Diminuição de custos;
  • Variedade de produtos oferecidos;
  • Grande tráfego;
  • Gerenciamento da venda pelo próprio divulgador.

Entretanto, existem algumas desvantagens do C2C para os consumidores. Isso porque muitos vendedores podem não oferecer garantias nem documentações sobre o produto.

Esse fator pode ser bastante prejudicial no suporte em caso de surgimento de algum defeito.

Além disso, em alguns C2C’s, o vendedor não possui controle sobre os meios de entrega, muitas vezes feitos por empresas terceirizadas.

Por isso, é preciso ficar atento aos modelos de e-commerce disponíveis no mercado. Isso porque já existem empresas que fornecem um maior suporte e até a garantia sobre os produtos em caso de não recebimento.

Algumas grandes empresas que funcionam seguindo o modelo C2C são:

  • EBay;
  • Mercado Livre;
  • Aliexpress.

Com o crescimento da internet e a popularização das redes sociais, o modelo C2C se tornou bastante comum e lucrativo. Portanto, vale analisar seus benefícios para a vida dos consumidores que necessitavam de um suporte para (re)vender seus produtos. Acompanhe a nossa carta do fundador com conteúdos diários e gratuitos!

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *