Home Blog Como cancelar cartão de crédito?

Como cancelar cartão de crédito?

cancelar cartao de credito 2

São diversos os motivos que levam alguém a cancelar cartão de crédito, mas para ter um cartão é necessário estudar suas tarifas, juros e prazos, ou seja, ter uma boa educação financeira. Por isso, é preciso entender como funciona a desvinculação.

Para cancelar cartão de crédito é preciso seguir o processo de cada banco. Entretanto, existem etapas padrões de cancelamento.

Quem opta por cancelar cartão de crédito deseja se desvincular do serviço do banco ou até mesmo fazer uma portabilidade de crédito. São diversas as motivações para isso, entre as mais recorrentes, estão:

  • Organização financeira;
  • Roubo do cartão;
  • Escolha por um único cartão;
  • Problemas com o banco.

Entretanto, antes de decidir pelo cancelamento, é preciso entender se é isso que você realmente quer.

Bloqueio ou cancelamento: entenda as diferenças

É bastante comum que os clientes solicitem um serviço, mas na verdade estejam querendo outro. Por isso, esteja atento às diferenças entre cada um deles.

Bloqueio

Existem dois casos em que o bloqueio do cartão é recomendado. O primeiro deles é quando o cliente é roubado ou perde o plástico. Após o contato com o banco, a linha é desativada e a segunda via do cartão é enviada (ou um novo) para o cliente.

Entretanto, há também quem desative o cartão somente para evitar algum tipo de cobrança de taxas. Geralmente, são as contas digitais que oferecem esse serviço.

Porém, nas duas situações, o bloqueio é um serviço temporário. Para reativar o cartão só é preciso fazer a solicitação pelo Atendimento ao Cliente ou por meio do site e aplicativo do banco.

Cancelamento

O cancelamento do cartão de crédito desativa definitivamente a atual via do cartão. Ele deve ser feito por quem não deseja mais estar vinculado à instituição financeira ou administradora.

 

Como cancelar o cartão de crédito?

Antes de cortar o cartão, você deve fazer o procedimento de cancelamento. Ele é necessário para que não sejam mais cobradas taxas e o serviço ser completamente desativado.

Nos bancos mais tradicionais o atendimento ao cliente é feito pelo telefone. E é aí que está o problema: uma das maiores reclamações dos clientes bancários é a demora desse serviço.

Além disso, quando se trata de um cancelamento, é comum que o atendente da instituição passe alguns minutos tentando reverter a sua escolha. Para isso, ele pode oferecer descontos, eliminação de tarifas e até a anulação da anuidade do cartão.

Entretanto, é preciso ser firme e deixar claro que o cancelamento é a única opção. Após vários minutos, a solicitação pode ser concluída.

Já em outras instituições financeiras, é possível fazer o cancelamento do cartão de crédito online. Esse meio costuma ser mais rápido na finalização do pedido.

Ainda assim, é preciso estar atento. Nas duas formas, você deve exigir um comprovante de cancelamento e um número de protocolo do atendimento. Assim, fica mais fácil se proteger contra possíveis erros ou problemas inesperados com o banco.

É possível cancelar cartão de crédito com dívida?

Sim. Se você possui débitos e parcelas pendentes no cartão de crédito, ainda é possível solicitar o cancelamento.

Nesse caso, antes do cancelamento, ocorre o bloqueio por meio da operadora do cartão. A partir desse momento, as faturas e débitos pendentes são enviados ao cliente e, no final do pagamento, o cartão é reativado.

Por isso, após quitar sua dívida no cartão, solicite novamente o cancelamento para que dessa vez a instituição o desative definitivamente.

Vale lembrar que os bancos não podem cobrar nenhuma tarifa de contas inativas. Portanto, o valor total do débito deve ser o mesmo do momento da solicitação de cancelamento.

Se você optar por adiantar as parcelas, a consolidação de dívidas pode ser uma alternativa.

Entretanto, se você tiver algum problema para cancelar cartão de crédito, procure o Procon da sua região e registre a situação. Se organize financeiramente, veja a planilha calculadora para independência financeira!

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *