Capital Social: saiba o que é e como definir o da sua empresa

capital social

Ao abrir um negócio, empresários iniciantes costumam ter dúvidas relacionadas a composição do capital social da empresa.

Entretanto, sem a definição do capital social, a empresa não conseguirá funcionar de forma regular e não haverá uma distinção da participação de cada sócio no negócio. Por isso, é indispensável entender bem este conceito contábil.

O que é o capital social de uma empresa?

capital social

De forma simplificada, o capital social de uma empresa é o investimento inicial necessário para que a empresa possa começar as suas atividades.

O capital social é a parte do patrimônio líquido e consta a divisão da empresa entre seus sócios e acionistas.

Isto porque, quando a empresa é “inaugurada” é necessário um recurso inicial para proporcionar a execução das atividades até que a empresa comece a se pagar.

Logo, o proprietário e seus sócios estabelecem a quantia inicial que será aportada no negócio, podendo dividir a fração da empresa que pertence a cada sócio de acordo com o valor inicialmente investido.

É necessário destacar a importância do capital social para a criação e desenvolvimento de qualquer negócio.

É com este recurso que são adquiridos os primeiros insumos, equipamentos, máquinas, entre outros fatores necessários para a atividade produtiva.

Como definir o capital social do seu negócio?

Definir capital social de uma empresa pode não ser uma tarefa tão fácil.

Para isso, é importante levar em consideração uma série de fatores, como:

  • Estimar os custos operacionais do negócio;
  • Estimar capital de giro necessário para manter as atividades;
  • Folha de pagamento inicial;
  • Entre outros custos ou recursos necessários.

Para conseguir obter um CNPJ e ter a atividade regularizada, é necessário definir o valor do capital social.

Ou seja, teoricamente, para conseguir atender a uma demanda de clientes existente, você precisará definir antes o capital social do negócio.

O recomendado para não perder oportunidades de vendas nestes casos é: defina o capital social com o valor mínimo possível, sendo ele suficiente para o pagamento de taxas, contador, e outros gastos necessários para a regularização da empresa.

Como definir a divisão entre os sócios do negócio?

Quem está começando um negócio e tem sócios, costuma ter uma dúvida frequente: “Como definir a divisão entre sócios da empresa?”.

Imagine que você e mais dois sócios estão abrindo uma cafeteria chamada “Cafézinho Ltda.”

Você aplicou R$5 mil e os outros dois sócios aplicaram R$2,5 mil. Ou seja, o capital social do negócio é igual ao valor de R$10 mil.

A empresa, como tem capital fechado, é dividida em quotas. Neste caso, você possui 50% das cotas, enquanto os outros sócios possuem 25% cada.

Essa é a forma mais simples de definir a participação de cada sócio na empresa. Entretanto, outros fatores, além do capital inicialmente aplicado, podem ser levados em consideração:

Para esses casos, é interessante contar com um especialista em direito societário.

Ele ajudará a definir a melhor divisão possível e as remunerações complementares, caso sejam necessárias, como um pró-labore para o sócio que executar alguma função mais técnica.

É importante lembrar que absolutamente tudo que for acordado deverá estar descrito no contrato social da empresa.

Por fim, é importante destacar que a definição do capital inicial é indispensável para qualquer negócio e deve ser definido de forma clara pelos proprietários da empresa. Mais conteúdos de educação financeira? Inscreva-se no nosso WhatsApp.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos