Home Blog Carteira virtual: quais são as vantagens?

Carteira virtual: quais são as vantagens?

carteira virtual

Para se guardar o dinheiro físico, existem as carteiras. Já para guardar dinheiro no meio digital, há a carteira virtual ou wallet, como também se chama.

A carteira digital pode funcionar através de aplicativos nos smartphones ou computadores. Ela se baseia em softwares de criptografia que criam chaves de acesso.

Sendo assim, a carteira virtual serve para armazenar dinheiro, realizar transferências e até comprar algum produto.

Como funciona a carteira virtual?

Além das funções mencionadas, a carteira virtual armazena registros referentes ao endereço de origem e destino dos usuários que realizam as transações.

A forma de pagamento com a carteira virtual é similar ao cartão de crédito. A diferença é que para efetuar o pagamento você deve ter um aplicativo instalado no celular.

Um exemplo de como usar o smartphone para pagar algo é a função Near Field Communication (NFC), comum em vários dispositivos e que funciona ao aproximar o aparelho à máquina de cartão.

Principais tipos de carteira virtual

As carteiras virtuais se dividem em alguns tipos: para smartphones, de desktop e de hardware, além das carteiras online. Conheça cada uma delas:

Carteira virtual para smartphones

Em primeiro lugar, existem as carteiras para smartphones. Por serem fáceis de acessar, esse tipo de carteira virtual se usa muito.

Ela é uma solução prática e rápida para transações de criptomoedas em função da sua mobilidade. Isso porque elas operam em aplicativos instalados nos dispositivos.

Além disso, através do QR Code é possível autorizar uma transação. Portanto, é necessário verificar quais os melhores aplicativos e se proteger de algum golpe.

Vale lembrar que as chaves privadas ficam em um dispositivo conectado à internet. Sendo assim, as carteiras quentes, como também se chamam, podem não ser tão seguras quanto as outras.

Coinomi e Bitcoin Wallet, por exemplo, são opções bem conhecidas de carteiras para celulares e tablets.

Carteira virtual de desktop

Em segundo lugar, estão as carteiras de desktop. É possível instalar esse tipo de carteira em um notebook, por exemplo.

A principal diferença entre as carteiras para smartphones e desktop é que, na segunda, as chaves privadas ficam gravadas no disco rígido (HD) da máquina.

Por essa razão, ela é uma opção mais segura. Afinal, o computador é que armazena os dados. Importante ressaltar, também, que se deve analisar o software antes para depois fazer o download.

Muitas vezes softwares ruins podem infectar o computador. Por causa disso, é importante ver se ele é confiável, assim como observar se outras pessoas já baixaram e se os comentários sobre ele são positivos.

Carteira virtual de hardware

Ainda, existem as carteiras de hardware. Elas são consideradas as mais seguras das carteiras virtuais. Elas funcionam enquanto um dispositivo físico que atua como um pen drive.

Para quem quer armazenar uma grande quantia de dinheiro e costuma fazer transações com muita frequência, esse tipo de carteira é ideal.

Além disso, como o armazenamento é feito offline, não é possível roubar os s dados do dispositivo através da internet.

No entanto, os dispositivos de carteira de hardware são mais caros do que os outros tipos de carteira.

Carteira virtual online

Por último, as carteiras online são ideais para quem procura praticidade. A chave privada fica armazenada online, em nuvem. Portanto, para acessar, basta inserir login e senha.

Assim como a carteira de smartphones, essas carteiras são bem propícias a fraudes. Isso acontece porque um hacker pode acessar a nuvem. Sendo assim, não se recomenda guardar muito dinheiro nela.

Como escolher a carteira virtual correta?

Antes de escolher uma opção de carteira virtual, é importante analisar quais as suas necessidades.

Sendo assim, alguns pontos são importantes para a decisão como, por exemplo, a quantidade de transações que o cliente faz e os valores que se transfere.

Além disso, ler bastante e conversar com pessoas que utilizam as carteiras é essencial para uma escolha ideal.

Principais carteiras atuando no Brasil

No Brasil existem várias carteiras digitais que estão ficando cada vez mais fortes no setor. São elas, por exemplo:

  • PagSeguro;
  • Pic Pay;
  • PayPal;
  • Google Pay;
  • Samsung Pay;
  • Mercado Pago;
  • Apple Pay.

Vale dizer que não é preciso pagar nada para abrir uma conta em qualquer uma dessas carteiras. O procedimento é simples: basta inserir moedas virtuais e começar a fazer as transações.

Entendendo as criptomoedas

carteira virtual 2

Em primeiro lugar, o dinheiro armazenado na carteira virtual se chama criptomoedas. Esse sistema oferece mais segurança nas transações financeiras e atua melhor contra fraudes.

As criptomoedas são moedas criptografadas, como, por exemplo, Bitcoin, Ethereum, Tether, Ripple, Mastercoin e Litecoin.

Além de funcionarem como dinheiro normal, elas servem para investimentos também. É comum investidores terem criptomoedas nas carteiras de ativos.

Vantagens e desvantagens das criptomoedas

Ainda sobre as criptomoedas, existem uma grande gama de carteiras virtuais. Além das já citadas, há a Exodus Wallet, Samourai, Electrum, Jaxx, Bitcoin Core Wallet e Breadwallet, por exemplo.

A principal vantagem para o uso desse tipo de dinheiro é a falta de um Governo ou de um Banco Central para controlar e alterar o funcionamento da moeda.

Junto a isso, está o baixo número de transações em relação a outros tipos de moeda. Isso é positivo porque facilita a movimentação.

Além disso, o uso desse tipo de moeda se torna mais fácil com as carteiras, já que podem ser levadas a qualquer lugar e torna as movimentações mais práticas.

Dessa forma, o serviço acontece de forma mais rápida, sem agências, filas e todo o procedimento envolvido em bancos tradicionais. Por causa disso, os bancos digitais têm crescido e já estão estabilizados no Brasil.

Em relação às desvantagens de usar as criptomoedas é necessário destacar a instabilidade. Ou seja: o que vale muito em um dia, no outro pode não valer tanto ou ainda não valer nada.

Segurança das criptomoedas

Por último, tema segurança. Ela é uma mistura de vantagem e desvantagem. Isso porque como o armazenamento e as transações com criptomoedas são feitos muitas vezes através da internet, onde o risco se torna maior.

Ao mesmo tempo que seu dinheiro é guardado de uma maneira mais segura, aianda existem formas de invadir sua carteira digital e acontecer alguma fraude.

Portanto, com essas informações, você pode avaliar se vale a pena e qual é o melhor tipo de carteira virtual para você.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *