Home Blog CEI Investidor: saiba tudo sobre o sistema

CEI Investidor: saiba tudo sobre o sistema

CEI investidor 2

Construir uma carteira bem diversificada de ativos e gerenciar as aplicações pode parecer um desafio para grande parte da sociedade. Entretanto, manter-se atualizado com os registros de compra e venda de ações, por exemplo, é recomendável para que o investidor possa acompanhar de perto o desempenho de sua carteira.

Para manter o controle sobre a movimentação de aplicações financeiras, obter segurança e garantia de que os investimentos do investidor estão sendo contabilizados, é possível que os investidores cadastrem-se no CEI Investidor.

O que é o CEI Investidor?

CEI é o Canal Eletrônico do Investidor que a BM&FBovespa disponibiliza para que investidores possam consultar informações sobre seus investimentos.

Extratos mensais, saldos e movimentação podem ser consultados a qualquer momento. Assim, o investidor pode ter total controle sobre suas informações financeiras.

Mesmo as instituições financeiras, como as corretoras de valores,  que atuam gerenciando as aplicações dos clientes, oferecendo serviços e aplicativos de consulta online para que seja possível conferir a movimentação dos ativos. Por isso, o CEI pode ser um canal para obter mais segurança.

Pois, desta forma, o investidor pode ter um canal que disponibiliza informações referentes as suas aplicações e se elas estão sendo feitas conforme o que foi contratado.

Então, isto pode evitar possíveis fraudes e prejuízos para os investidores. Principalmente, para os clientes que movimentam diferentes modalidades de investimentos em mais de uma corretora, podendo vir a obter um maior controle e transparência sobre seus ativos.

Como funciona o CEI?

O Canal Eletrônico do Investidor funciona como um sistema da bolsa de valores, por meio da organização de dados dos mais diversos investimentos. Assim, estão disponíveis no CEI movimentações com mercado futuro, ações e opções.

Devido a formação da B3 ser decorrente da associação da BM&Bovespa e Cetip, pode-se obter acesso a informações de ambos segmentos.

Sendo assim, mesmo existindo a fusão, as informações aparecem de modo separado no CEI, dado que, as empresas são responsáveis por segmentos diferentes. Desse modo, por meio do Bovespa as informações são referentes a:

  • Derivados: opção, swap e termo;
  • Empréstimos de ativos;
  • Carteira de ativos: fundos imobiliários, tesouro direto, dentre outros.

Entretanto, já no caso da Cetip, as informações são referentes a:

  • Valores mobiliários
  • Derivados;
  • Ativos financeiros: LCA, LCI, LC, LF e CDB.

Diante disso, dentre os serviços ofertados no CEI estão os saldos referentes a:

  1. Tesouro direto;
  2. Mercado de opções, termo e futuro;
  3. Ativos depositados como uma garantia;
  4. Extrato referente a custódia de ativos;
  5. Avisos associados a movimentação de BTC e ao recebimento de proventos.

Para que serve o CEI?

O canal possui como função principal, realizar a consolidação de dados referentes às negociações realizadas pelo investidor. Dessa forma, vem a fornecer informações de extrema relevância sobre os ativos.

Por exemplo, é possível imaginar um investidor que precisa realizar a otimização de custos e negociar ativos com várias corretoras. 

Apesar de ser uma situação frequente e cotidiana, na realidade, pode proporcionar uma ampla confusão, devido aos diversos extratos e informações importantes sendo perdidas. 

Por isso, o Canal Eletrônico do Investidor (CEI) atua como um meio de facilidade para o investidor, permitindo que o mesmo tenha acesso a movimentações em um só canal. 

Facilitando o acompanhamento dos ativos como ações, tesouro direto, derivativos, dentre outros. 

Qual a importância do CEI? 

Como já ressaltado, o CEI é relevante para que o investidor alcance a compreensão e clareza ao visualizar todas as movimentações que realizam-se com os ativos. 

Visto que, por meio do Canal Eletrônico do Investidor é possível obter números realistas sobre as operações e rendimentos já realizados. 

Ou seja, o CEI permite que seja possível acompanhar todas as operações já realizadas na B3.

Além disso, é possível agrupar todos os investimentos em uma única plataforma e ter acesso as porcentagens de investimentos em renda variável e renda fixa. 

Sendo assim, ainda é possível planejar a diversificação de carteira que irá respeitar o patrimônio líquido.

O que é permitido ser acessado no CEI?

De acordo com o site do CEI diversas categorias de investimentos podem ser consultadas. Isso inclui tanto os investimentos de renda fixa, quanto investimentos de renda variável.

Assim, dentre as categorias de aplicações que se permite consultar através do portal do CEI investidor, estão:

Quem pode ter acesso ao CEI Investidor?

CEI Investidor 1

Como dito anteriormente, o CEI Investidor é um canal de acesso para pessoas que realizam aplicações na Bolsa de Valores brasileira, ou simplesmente B3.

Então, apenas investidores podem entrar no canal online para ter acesso às informações sobre seus rendimentos.

Além disso, consultam-se as garantias e proventos relacionadas a esses ativos. Assim, investidores que têm direito a proventos de empresas, como dividendos, conseguem acesso ao canal eletrônico para consultar informações referentes aos investimentos.

É preciso fazer cadastro para conseguir acesso ao CEI Investidor?

Para ter acesso ao CEI não é necessário que o investidor faça qualquer tipo de cadastro.

Pois, no momento em que corretoras de valores registram o investimento na B3, uma senha de acesso é criada para o canal eletrônico automaticamente e enviada para o endereço de e-mail cadastrado na instituição.

No entanto, caso o investidor não possua endereço eletrônico, envia-se o acesso ao portal pelos Correios.

Então, ao ter os dados para acesso em mãos, basta entrar no site CEI Investidor para fazer o login inserindo o número do CPF ou CNPJ e senha para consultar seus investimentos.

Esqueci minha senha do CEI investidor, o que fazer?

Caso não tenha salvo a senha em algum lugar e acabou esquecendo, não é preciso se desesperar. Pois, logo na página inicial do canal CEI Investidor existe a opção “Esqueci minha senha”.

Então, basta clicar para ser direcionado a uma página de “recuperação de senha”, lá é preciso preencher alguns campos para conseguir obter nova senha.

Passos para redefinir senha:

  • Inserir CPF/CNPJ;
  • Data de Nascimento;
  • Captcha: é um código gerado na hora para confirmação;
  • Clicar em “continuar” – nesse passo é preciso escolher opção para o encaminhamento da senha;
  • Selecione a forma de envio: E-mail ou senha;
  • Enviar senha: ao clicar nesse botão o investidor confirma o envio da nova senha.

Quem opta por acessar o sistema CEI Investidor pode ter maior segurança e controle sobre seus investimentos. Assim, evitando possíveis fraudes de empresas financeiras que cuidam de suas aplicações.

Por que o CEI Investidor é importante?

Por meio do sistema o investidor alcança uma maior clareza nos investimentos, devido a melhor visualização das movimentações que foram e serão realizadas.

Quais as categorias de aplicações que podem ser consultadas no CEI?

Dentre as categorias de aplicações disponibilizadas para consulta no CEI estão, ações, ativos Financeiros, derivativos, tesouro direto, valores mobiliários e empréstimo de ativos.

O que é o CEI?

O Canal Eletrônico do Investidor, ou apenas CEI, é o serviço oferecido pela Bolsa de Valores, permitindo que seja possível consultar informações sobre investimentos.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *