Home Blog Centro de resultados: como utilizá-lo para gerenciar um negócio?

Centro de resultados: como utilizá-lo para gerenciar um negócio?

centro de resultados

Dentro de uma empresa, todos os seus processos são divididos em departamentos e setores. E para que isso seja feito em sua área financeira, existe o Centro de Resultados que atrelado a uma gestão eficiente, pode trazer resultados extraordinários.

O Centro de Resultados ajuda a identificar o uso dos recursos financeiros da empresa e sua geração de lucro.

Mas como funciona o Centro de Resultados?

centro de resultados

O Centro de Resultados trabalha analisando a produção financeira de cada área da empresa. E tudo isso é feito a partir dos objetivos determinados pela empresa.

Dessa forma, ele ajuda na descoberta dos resultados de cada setor, fazendo com que sejam tomadas melhores decisões no negócio.

O relatório de Centro de Resultados é quem demonstra o resultado final de todos esses segmentos da empresa.

Ele é extremamente importante, já que ajuda a empresa a alinhar suas ações aos seus objetivos principais.

Quais as diferenças entre centro de custos e centro de resultados?

A gestão por centro de custo é relacionada ao que as empresas desembolsam para seu funcionamento.

Dentro dela, são categorizadas despesas e custos dentro de cada um dos setores. Isso ajuda a otimizar e entender o quanto está sendo investido em cada departamento.

Já a gestão por centro de resultados é como uma evolução dessa fase, já que aborda os frutos desses investimentos.

Uma grande diferença entre esses dois tipos de gestão está no nível de autonomia e na tomada de decisões da administração da empresa.

Enquanto o centro de custos exige o foco nos desembolsos, o centro de resultados ainda inclui a preocupação com o lucro.

Além disso, se observa as receitas de cada um dos departamentos da empresa, assim obtendo o resultado do todo.

Como o uso do Centro de Resultados ajuda na gestão financeira de uma empresa?

A metodologia por centro de resultados exige um grande nível de detalhamento no plano de contas da empresa. E isso é bastante importante para a obtenção de informações por toda a equipe.

Se o centro for definido de forma detalhada, indicando quais setores e áreas utilizaram certo dinheiro, é possível economizar.

Isso porque cada setor começa a ficar responsável pelo seu consumo e produção de despesas.

Assim, aprimorando toda a tomada de decisões e ajudando no desenvolvimento das seguintes estratégias de gestão financeira:

  • Definição de limite máximo de gastos por setor;
  • Otimização de lucros por área;
  • Reestruturação de setores que dão prejuízos.
  • Elaboração de balanços e demonstrações financeiras.

Ou seja, é possível criar inúmeros planejamentos que garantam o futuro da empresa.

Como utilizar o Centro de Resultados dentro de uma empresa?

Para utilizar o centro de responsabilidade, é preciso seguir alguns passos que garantem o bom funcionamento dessa metodologia. Confira quais são eles:

Organize suas contas

Para criar um plano de contas adequado, é preciso conhecer bem todo o funcionamento da empresa. E isso inclui suas divisões e quaisquer outros detalhes que se tornem necessários.

Para isso, é preciso ser mais abrangente, observando não em qual ação, mas sim em qual área o dinheiro está sendo utilizado.

Registre o que entra e o que sai

Um centro precisa estar bem atualizado e condizente com a realidade da empresa.

Por isso, é preciso que ele seja utilizado em qualquer movimentação financeira na empresa, considerando tudo o que entra e o que sai.

Aceite a ajuda da tecnologia

Existem ferramentas desenvolvidas para otimizar esse registro de operações no centro de resultados.

Como exemplo disso, temos o ERP. Ele permite que o processo seja mais prático e facilita qualquer alteração necessária. Além disso, possibilita aos gestores o acesso às informações contidas de maneira bastante simples.

Qual a vantagem do centro de resultados para as empresas?

Com uma boa organização das despesas e resultados de cada área, fica muito fácil identificar várias informações sobre a empresa, como:

  • Quais setores são improdutivos;
  • O que pode ser feito para otimizar os processos da empresa;
  • Quais setores atuam de forma eficiente;
  • Como as áreas podem melhorar sua atuação.

Ou seja, com o centro de resultados, o gestor avalia a empresa de uma forma mais correta. Fazendo, assim, que sejam tomadas melhores atitudes para o alcance dos objetivos traçados.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *