Clube de investimentos: saiba o que é!

clube de investimentos 1

Alguns investidores que estão iniciando a caminhada no universo de aplicações, já ouviram falar sobre clube de investimentos.

O clube de investimentos pode ser um processo mais acessível e eficiente para quem quer, efetivamente, começar a investir com maior capacidade financeira.

O que é clube de investimentos?

O clube de investimentos é um veículo de investimento coletivo. A sua criação só pode ser realizada a partir de um grupo de três a 50 pessoas, no máximo.

Os integrantes podem investir tanto em renda fixa e renda variável. A maior parcela do capital (67%) deve ser investido em, por exemplo:

Umas das principais características de um clube de investimento é que, nenhum participante pode ter uma cota (fração do patrimônio) superior a 40%.

Assim, de acordo com o processo de valorização daquela fração, a cota será rentabilizada e, por consequência, entrega valores aos cotistas participantes do clube.

Por que investir através de um clube?

Imagine alguém que nunca realizou aportes no mercado de capitais, com certeza, existe uma certa resistência em dar o seu primeiro passo. Na maioria dos casos, pela falta de conhecimento.

Mas existem outros fatores que podem influenciar alguém que, mesmo pensando em investir, não começa:

  • Medo de perder dinheiro;
  • Falta de incentivo;
  • Desorganização financeira.

Através de um clube, acontece um movimento de “porta de entrada” e tem um funcionamento simples.

Ou seja, os outros investidores que compõem aquele grupo incentivarão uns aos outros e podem trocar habilidades e conhecimentos.

Depois de começar a investir através de um clube, é possível que esse investidor tenha mais segurança e comece a tomar decisões de maneira autônoma.

Vale ressaltar que, é indispensável investir, acima de tudo em conhecimento.

Quem terceiriza as suas decisões financeiras sem ter nenhuma ideia sobre o caminho que está sendo traçado, pode, mesmo que em um clube, acabar perdendo dinheiro por não encontrar alternativas de aplicações mais viáveis para o seu perfil de investidor.

Algumas vantagens dos clubes:

Quem é o responsável pelo clube de investimento?

Antes de entender quem é o responsável pelo veículo de investimento coletivo, é importante saber que, esse tipo de atividade deve ser regulamentada!

E, além disso, cada clube deve possuir também um estatuto social, nesse caso, vão além das normas de mercado.

Quanto a administração do clube, existe a necessidade de uma instituição financeira atuando nessa posição, podendo estar enquadrada em, por exemplo:

Quanto a gestão dos investimentos realizados, os próprios cotistas do clube podem fazer essa atividade. Em alguns casos, também é possível contar com a figura de um profissional para fazer a gestão.

Um ponto importante na gestão é que: qualquer que seja o caso de gestão (cotistas ou profissional), é preciso que o responsável seja eleito em assembleia geral onde, é indicado a participação de todos os membros do clube de investimentos.

Como funciona a criação de um clube de investimentos?

Como falado anteriormente, o número mínimo de participantes de um clube de investimentos é de três pessoas e, o máximo, 50 pessoas. Depois de unir o grupo, é preciso encontrar uma administradora (instituição).

Após a abertura da conta em uma administradora, é preciso estruturar o estatuto próprio do grupo, onde precisa ser definida questões. Algumas delas são:

  • Remuneração do administrador da carteira;
  • Valores e aportes iniciais para cada cotista;
  • Limite de funcionamento do clube;
  • Políticas de investimento.

Depois de estruturado o estatuto, o clube deve fornecer as informações para a CVM e aguardar a aprovação para as suas atividades.

Como funciona o resgate de cotas?

O clube deve ser constituído em condomínio aberto, assim, os cotistas podem requerer o resgate da sua respectiva cotas, de acordo com as condições expressas no estatuto do clube.

Por isso, é indispensável que esse fator esteja definido e claro no estatuto. Porque, a retirada de recursos pode ter uma interferência considerável no rendimento da carteira.

Afinal, tempo e maiores aportes são fatores essenciais para uma maior rentabilidade. O resgate das cotas deve seguir algumas regras, como:

  • Estar dentro do prazo entre o pedido do resgate e a data de conversão de cotas;
  • O estatuto pode estabelecer prazo de carência para o resgate;
  • A conversão da cota resgatada se dá pelo valor da cota na data de conversão.

Vale a pena investir em um clube de investimento?

É perceptível que o clube de investimentos, apesar de sua simplicidade de execução, possui uma série de regras e condições que devem ser avaliadas pelo investidor antes de sua inserção.

Dessa forma, é possível entender o funcionamento dos ativos e saber se aquele é o melhor momento e/ou melhor forma de começar a fazer as suas aplicações financeiras.

Nem todos os investidores se sentirão confortável com o fato, de certa forma, a decisão sobre o seu dinheiro ser tomada de maneira coletiva.

Por isso, até mesmo o “teste” em aplicações solo pode ser uma maneira de saber se essa é uma opção válida ou não dentro da sua própria perspectiva. É preciso ter cuidado também com os vieses do investidor!

O clube de investimentos pode ser uma solução para quem ainda não começou a investir. Mas, não dispensa a necessidade de estudar mais sobre o mercado financeiro!

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos