Home Blog Saiba para que serve o código do banco

Saiba para que serve o código do banco

codigo de banco

Ao realizar uma transação, seja uma transferência ou um pagamento, é comum informar o código do banco destinatário.

O código do banco funciona como uma identificação de uma instituição bancária ao se fazer uma operação. Cada banco tem o seu, ou seja, é um código único.

Nas operações realizadas no caixa eletrônico, por exemplo, pode não ser necessário informar esse código. No entanto, em aplicativos e sites, o código do banco é exigido.

Entendendo o código do banco

Em primeiro lugar, vale dizer que esse código é um Compe. Isto é, um Código do Sistema de Operações Monetárias e Compensação de Outros Papéis.

O código faz parte de um órgão que processa diariamente a compensação de cheques, além de outros documentos que circulam entre os bancos brasileiros. Esse órgão é o Sistema de Operações Monetárias Nacional.

Sendo assim, ao fazer uma transferência ou emitir um cheque, é pelo processamento no Compe que o dinheiro vai para onde você o enviou. Por essa razão, esse número é tão importante.

Dessa forma, o código serve para identificar as instituições bancárias em operações de Transferência Eletrônica Disponível (TED), Documento de Ordem de Crédito (DOC) e compensação de cheques.

Na hora de realizar alguma dessas tarefas, ele é solicitado. Além do código, para fazer uma operação, é preciso ter, por exemplo:

  • Nome completo do destinatário;
  • CPF ou CNPJ do destinatário;
  • Valor que será transferido;
  • Tipo de conta (por exemplo, se é corrente ou poupança);
  • Número da agência;
  • Número da conta.

Por fim, vale lembrar que com informações incorretas, você corre o risco de transferir valores para contas erradas.

O que acontece quando o código fornecido está errado?

Ao informar o código errado, a operação não acontece e o dinheiro retorna para a conta inicial.

Por isso, é importante se atentar ao número do código, pois não há uma verificação automática de dados pessoais. Sendo assim, o código informado será essencial para a realização de uma transferência, por exemplo.

Exemplos de códigos bancários

codigo de banco 2

Essas são alguns das identificações dos bancos brasileiros que existem:

Bancos tradicionais:

  • Código do Banco do Brasil: 001;
  • Código do Banco Bradesco: 237;
  • Banco Santander: 033;
  • Código da Caixa Econômica Federal: 104;
  • Código do Banco Itaú: 341;

Bancos digitais:

Caso o usuário tenha alguma dúvida sobre esses códigos, basta acessar o site da instituição bancária para confirmar os números.

Instituição com mais de um código do banco

Outro ponto fundamental é que existem bancos que têm mais de um nome e, logo, mais de um código.

É o caso, por exemplo, do Itaú. Ele aparece como Itaú Unibanco, com o código 341, e Itaú Unibanco Holding, com o código 652.

Além disso, essa situação também ocorre com o Bradesco, que aparece com diferentes denominações e números.

Portanto, o fato de existir mais de um código do banco mostra a importância de se ter certeza do número antes de realizar uma operação. A identificação do banco é uma das informações mais necessárias para a transação ser feita de forma segura e efetiva.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *