Home Blog Combinação de negócios: saiba mais sobre esse tipo de aquisição!

Combinação de negócios: saiba mais sobre esse tipo de aquisição!

combinacao de negocios

A expansão de empresas é realizada de diferentes formas no mercado. Entre elas, o crescimento por meio da combinação de negócios é altamente vantajoso.

No entanto, muitas pessoas ainda não sabem como a combinação de negócios funciona. Por isso, é preciso conhecer um pouco mais sobre esse tipo de transação.

O que é uma combinação de negócios?

combinacao-de-negocios

A combinação de negócios ocorre quando uma empresa adquire um ou mais negócios. Assim, obtendo o controle sobre suas operações no mercado.

Essa transação costuma ser feita entre negócios do mesmo ramo de organização, mas pode ocorrer entre quaisquer empresas.

O objetivo disso é obter mais vantagens dentro do mercado, a partir do aumento da atuação da empresa compradora.

No âmbito internacional, esse processo é tratado pelo IASB, que é o Conselho de Normas Internacionais de Contabilidade, pela norma IFRS 3.

São consideradas combinações de negócios tanto a aquisição de um ou mais negócios quanto a fusão de setores independentes.

Como pode ser feita a Combinação de Negócios?

A fusão de negócios pode ocorrer de diferentes formas. Confira as mais comuns:

  • Transferência de ativos líquidos de uma empresa para outra;
  • Quando uma empresa se torna subsidiária de sua adquirente;
  • Quando as organizações envolvidas repassam seus ativos à nova entidade;
  • Fusão de setores isolados de empresas.

Já quando falamos sobre a obtenção do controle da empresa comprada, ela pode ocorrer das seguintes maneiras:

  • Admissão de passivos;
  • Acordos contratuais;
  • Transferência de caixa e ativos;
  • Transferência de participação na sociedade.

Vale a pena ressaltar que a fusão e incorporação são dois tipos de operações societárias diferente. No entanto, as duas visam trazer vantagens e benefícios para as empresas envolvidas.

Na fusão, uma empresa ‘X’ se une à empresa ‘Y’ para formar uma empresa ‘A’. Ou seja, as duas empresas do mesmo segmento unem seus ativos e passivos para formar uma terceira.

Já na incorporação, a empresa ‘X’ assume todos os ativos e passivos da empresa ‘Y’. Fazendo, assim, a empresa ‘Y’ deixar de existir.

Como os custos das operações são avaliados pela contabilidade?

Um negócio consiste em um conjunto de atividades e ativos capaz de ser conduzido e gerenciado para gerar retorno em forma de dividendos.

O custo da combinação de negócios é equivalente ao resultado em qualquer uma das suas atribuições processuais.

Já o valor da contraprestação paga pelo comprador deve ser alocado entre os ativos e passivos identificáveis na data de aquisição.

Suas diferenças são alocadas nas respectivas contas, deixando de se tornar mais-valia.

Esses valores vão diminuindo de acordo o a amortização e depreciação desses ativos.

Qualquer diferença percebida entre o custo da combinação de negócios e participação do comprador no valor justo é contabilizada como goodwill. Ou seja, ágio por expectativa de rentabilidade futura.

Nesse processo de identificação de ativos e passivos, é preciso considerar ativos e passivos não identificados nas demonstrações financeiras a adquirida.

No caso de deságio (compra vantajosa), é necessária a contabilização no resultado do adquirente no momento da combinação de negócios.

O montante registrado como ágio por rentabilidade futura deverá se submeter a testes de recuperabilidade anualmente. No entanto, as perdas por redução ao valor recuperável não poderão ser revertidas.

Quais a vantagem da combinação de negócios?

Mesmo sendo um processo complexo, a combinação pode ser bastante benéfica para as duas partes relacionadas.

Ao se combinarem, os negócios conseguem expandir sua capacidade, assim, obtendo uma maior diversificação no mercado.

Assim, alcançando diversas vantagens, como:

  • Redução de custos;
  • Diminuição de risco de quebra;
  • Melhor possibilidade de atuação no mercado.

Por isso, se você busca pelo aumento de sua receita através de um grande crescimento no mercado, a combinação de negócios pode ser uma opção. Acompanhe a nossa carta do fundador, com conteúdos diários e gratuitos!

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *