Home Blog Entenda os perigos do consumismo infantil e saiba como evitá-los!

Entenda os perigos do consumismo infantil e saiba como evitá-los!

consumismo infantil 3

O nível de imersão midiática e digital das crianças hoje em dia tem impulsionado o fenômeno chamado de consumismo infantil.

O consumismo infantil é causado por um conjunto de más atitudes que acabam prejudicando o desenvolvimento das crianças.

As mensagens publicitárias contidas na TV e na internet têm grande influência no crescimento do consumismo infantil.

O que é consumismo?

O consumismo é uma característica cultural bastante presente na sociedade atual. Ele é um hábito mental forçado que atinge pessoas independente de qualquer característica.

Isso ocorre, pois todos estão propensos ao alcance da mídia em praticamente todas as áreas da vida. Esse estímulo acaba incentivando o consumo de produtos mesmo sem o real desejo ou necessidade.

Além disso, a motivação para a compra urgente de produtos ou serviços acaba sendo inconsciente.

O que o mercado utiliza para incentivar o consumo nas crianças?

São várias as estratégias do mercado para a persuasão do público infantil.

Antes do desenvolvimento digital, a TV era a maior responsável por propagandas voltadas ao público infantil. Entretanto, atualmente, as empresas possuem o auxílio da internet.

Com isso, foram desenvolvidos novos formatos de publicidade infantil, como:

  • Vídeos patrocinados;
  • Anúncios direcionados;
  • Links patrocinados.

É preciso destacar que, além dos produtos infantis, as crianças também são direcionadas a produtos para adultos.

Isso porque, segundo pesquisas, elas possuem uma enorme influência nos pais quando o assunto é a compra de produtos.

Qual o impacto do consumismo nas crianças?

As crianças são as pessoas mais vulneráveis ao processo midiático, e isso já é de conhecimento antigo da indústria comercial.

Por isso, com o crescimento do mundo digital, elas vem sofrendo cada vez mais as consequências relacionadas ao consumismo.

Isso inclui o desequilíbrio alimentar, responsável por agravar os casos de obesidade infantil e prejudicar a saúde das crianças.

Alguns dos impactos do consumismo infantil, são:

  • Mudanças de comportamento;
  • Erotização;
  • Agressividade.

Além disso, elas acabam se envolvendo precocemente nas escolhas de compra dos pais, influenciando na maioria das decisões.

Por esse motivo, a educação infantil precisa ser direcionada para a proteção contra essas influências de consumo.

 

O que fazer para combater o consumismo na infância?

Para estimular o consumo consciente nas crianças, primeiro é preciso dar o exemplo.

Para uma criança, o maior exemplo são os pais. Por isso, se eles tiverem hábitos de compra ruins, com certeza as crianças seguirão o mesmo caminho.

Outro problema é a falta de tempo dos pais, que acabam substituindo a atenção com produtos e itens. Essa atitude causa um enorme dano na associação de valor da criança.

Com isso, é dado valor aos produtos, e não às relações familiares e presenciais.

Para mudar essa realidade, é preciso uma mudança total de comportamento de toda a família. O primeiro passo é repensar a educação financeira para crianças.

Promover a educação financeira infantil, ensinando que, para comprar algo, é preciso abrir mão de outros produtos é um ótimo passo. Isso irá desenvolver o senso crítico e criar prioridades para a criança.

Junto a isso, a educação financeira familiar servirá para criar o exemplo a ser seguido. Ela ajudará no processo de organização do orçamento e melhorará a relação com o dinheiro.

Nas outras áreas, é importante controlar e limitar o acesso à internet, jogos e televisão. Uma dica para utilizar o tempo livre é desenvolver atividades que envolvam toda a casa, como:

  • Leitura em grupo;
  • Jogos de tabuleiro;
  • Preparação de alimentos.

Além disso, não esqueça de dialogar sobre as reais necessidades e o sentido do consumo de produtos. Esse é o passo mais fundamental para combater o avanço do consumismo infantil dentro de casa. Para mais dicas como essa, receba nossa newsletter no seu WhatsApp com ainda mais conteúdos selecionados!

 

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *