Home Blog Conta PJ: como abrir uma conta bancária para sua empresa?

Conta PJ: como abrir uma conta bancária para sua empresa?

como abrir conta pj

Antes de saber como abrir uma conta bancária no nome de uma empresa, a chamada conta PJ, é preciso entender que é importante diferenciar e separar a vida financeira pessoal da vida financeira do empreendimento.

Abrir uma conta PJ ou conta pessoa jurídica significa trazer maturidade para o negócio, seja ele de pequeno, médio ou grande porte. Misturar os ganhos e gastos da pessoa física com a jurídica dificulta a clareza nos registros financeiros e pode trazer sérios problemas de ambos os lados.

Conta PJ é a conta feita para pessoas jurídicas com o intuito de formalizar o fluxo de caixa, abrir um maior leque de oportunidades enquanto empreendedor, entre outras vantagens que não são ofertadas para a pessoa física.

Como abrir uma conta PJ?

Para abrir uma conta pessoa jurídica, é necessário primeiro ter um CNPJ, depois disso basta seguir alguns passos básicos.

  • Escolher o melhor banco;
  • Encontrar as menores taxas;
  • Definir o melhor serviço para o seu modelo de negócio.

Benefícios da abertura de conta Pessoa Jurídica

  1. Auxilia na organização das finanças;
  2. Evita problemas fiscais;
  3. Limite maior de crédito e juros mais baixos;
  4. Credibilidade.

Qual o melhor banco para a conta PJ e quais as documentações necessárias?

A escolha do banco ideal para abrir a PJ deve ser baseada em análises das menores taxas e tarifas, além de visar os melhores serviços oferecidos através da conta bancária.

As instituições financeiras podem variar no requerimento de documentações para abrir uma conta pessoa jurídica, mas as principais são:

  • Documento de identificação do representante legal da empresa;
  • Comprovante de residência do representante;
  • Comprovante do CNPJ;
  • Comprovante de endereço da empresa;
  • Comprovante de faturamento.

Quanto custa manter uma conta PJ?

Os valores mensais para a manutenção de uma conta PJ variam de banco para banco. Mas existem duas formas que ajudam a encontrar aquele que tem o melhor custo-benefício e cabe no seu bolso.

  1. Consultar os valores médios cobrados através do site do Banco Central;
  2. Verificar individualmente nas instituições financeiras.

Além dos bancos físicos, também existem os bancos digitais. Alguns deles não cobram taxa para pacotes de serviços e permitem o gerenciamento da conta PJ online.

Essas buscas trarão maior clareza sobre o tipo de modalidade oferecida e qual melhor se encaixa no perfil da empresa.

Gerenciamento financeiro da empresa através da PJ

Recém-chegados no universo do empreendedorismo, esquecem que é necessário declarar o IR e muitos problemas surgem devido a não transição da PF para a PJ.

Abrir uma conta PJ ajuda na regularização da empresa e evita dores de cabeça. Isso por conta dos relatórios que podem ser desenvolvidos através da manutenção na conta, que só podem ser realizados pelo representante legal da empresa.

MEI deve abrir uma conta PJ?

Apesar da conta pessoa jurídica não ser obrigatória para o microempreendedor individual, é recomendável que exista essa divisão entre o patrimônio pessoal do empresarial, para fazer uma boa gestão do negócio e não correr o risco de cair na malha fina.

Vale ressaltar que apesar de ter alguns tratamentos diferenciados de negócios de médio ou grande porte, o MEI ainda assim é uma empresa.

Além disso, a conta PJ traz benefícios que podem ser investidos no crescimento da sua empresa.

Quais são as diferenças da pessoa física e da pessoa jurídica?

Pessoa física:

Pessoa jurídica:

  • Empresas, organizações e afins;
  • CNPJ;
  • Movimentações financeiras da empresa;
  • Pró-labore.

Agora que você já sabe as diferenças entre pessoa física e pessoa jurídica, faça sua conta PJ e procure a melhor forma de regularizar e trazer autoridade e segurança para o seu negócio. Confira também a nossa newsletter no WhatsApp!

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *