Controle de dinheiro: confira [5] dicas!

controle de dinheiro

O controle de dinheiro é fundamental para quem deseja melhorar sua qualidade de vida e alcançar objetivos financeiros.

Para ter controle de dinheiro, no entanto, é necessário saber quais os seus hábitos de consumo. Com isso, você consegue entender melhor a sua situação financeira atual.

O que significa fazer controle de dinheiro?

O controle de dinheiro é a administração das finanças pessoais que tem como objetivo criar uma relação saudável com o orçamento disponível.

Com esse cuidado, é possível evitar situações complicadas como prejuízos financeiros ou até mesmo o endividamento.

Isso porque quem faz o controle do seu dinheiro consegue entender melhor seus limites.

Qual a importância do autoconhecimento?

dedo tocando no dinheiro

Quando falamos de finanças pessoais, o autoconhecimento é um fator crucial para a criação de uma vida organizada e feliz.

Pessoas que não conhecem seus objetivos acabam tomando atitudes irresponsáveis com seu dinheiro, em um processo de auto sabotagem bastante prejudicial.

Em contrapartida, o controle financeiro existe para dar a liberdade de escolha que é perdida com uma vida sem educação financeira.

Saber quanto ganha e quanto gasta, portanto, vai muito além de ter ou não dinheiro ao final do mês, tem a ver com a possibilidade de realizar seus principais objetivos.

Por isso, é extremamente importante entender como cuidar do seu orçamento.

Como ter controle do dinheiro?

Entender como cuidar do dinheiro é importante para evitar dívidas e ainda conseguir poupar o que você ganha para fazer investimentos.

Confira algumas dicas que podem ajudar no controle de dinheiro:

Observe seus hábitos de consumo

O primeiro passo para ter uma vida financeira organizada é entender a sua situação atual.

Para isso, é importante dar atenção aos seus hábitos de consumo para perceber padrões que podem ser tanto positivos quanto negativos.

Uma dica para isso é observar as três últimas faturas do seu cartão de crédito, além do extrato do banco.

Com eles, fica mais fácil descobrir seu padrão de gastos desnecessários e essenciais.

Registre seus gastos diários

Um grave erro ao fazer seu controle de despesas é esquecer gastos menores, como a compra de lanches na rua ou pagamento de estacionamentos, por exemplo.

Esses pequenos valores, no final do mês, podem afetar bastante o fechamento das contas.

Por conta disso, é importante deixar sempre tudo bem registrado para sua análise ao final do mês.

Uma dica é utilizar aplicativos de gestão financeira, que auxiliam no controle e unificam as entradas e saídas de todos os cartões cadastrados.

Crie um planejamento

Após coletar todas as informações sobre seus hábitos de consumo, chega o momento de traçar estratégias para alcançar seus objetivos.

Caso você esteja endividado, esse planejamento precisa incluir, como prioridade, a quitação desses débitos.

Isso porque o planejamento financeiro é a organização das finanças que possibilita o alcance de objetivos nas mais variadas áreas, sejam eles de curto, médio ou longo prazo.

Entendendo para onde o dinheiro vai, fica mais fácil criar prioridades e se prevenir contra o endividamento e a desorganização financeira.

Pague as contas em dia

Um comportamento crucial para quem deseja ter controle do seu dinheiro é pagar as contas em dia.

Tanto a fatura do cartão de crédito quanto as contas de casa, como as de energia ou internet, podem ocasionar no pagamento de altos juros em caso de atraso.

E esses juros, quando acumulados, criam bolas de neve de dívidas que impactam todo o seu planejamento.

Por conta disso, a prioridade após o recebimento do seu salário deve ser o pagamento de todas as despesas fixas.

Não se esqueça de investir

Um outro ponto bastante importante quando falamos de controle de dinheiro é o investimento.

Investir, ao contrário do que muitos pensam, não é uma tarefa complexa em todas as suas modalidades, nem muito menos se resume à Poupança.

Na verdade, a aplicação financeira simplesmente serve para multiplicar a sua renda, fazendo com que o alcance dos seus objetivos seja intensificado.

Por conta disso, não deixe de buscar informações sobre ativos que respeitem o seu perfil financeiro.

Dessa forma, você evita prejuízos e se beneficia com boas rentabilidades ao longo dos meses.

A adoção desses hábitos facilita o controle de dinheiro e ajuda a evitar dívidas. Mesmo que pareça trabalhoso, manter o foco nesse processo pode trazer excelentes resultados para sua vida.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos