Home Blog Correção monetária: como funciona o cálculo para atualizar um valor?

Correção monetária: como funciona o cálculo para atualizar um valor?

correcao monetaria

A correção monetária é um instrumento importantíssimo para estabilizar o poder de compra do cidadão, principalmente, em períodos de alta inflação.

Sem a correção monetária, os preços da economia estariam flutuando, enquanto o seu salário, por exemplo, se manteria inalterado. Prejudicando, a aplicação da educação financeira.

Como funciona a correção monetária?

correcao-monetaria-2

A correção monetária, também conhecida como atualização monetária, é um ajuste feito em determinados valores econômicos para compensar a variação no valor da moeda. Para esses ajustes, a inflação é usada como referência.

Para que fique mais claro, imagine que você hoje foi fazer a feira da sua casa, e gastou no total R$300,00. Passando o período de 1 ano, se você for ao mesmo supermercado e comprar exatamente as mesmas coisas, provavelmente, o valor que você vai pagar será diferente.

Portanto, o poder de compra daqueles R$300,00, após 1 ano, já não era mais o mesmo. Isso, é justificado pela inflação.

Por outro lado, analisando o lado do consumidor, imagine que a empresa que você trabalha promove um “aumento salarial anual”.

Na verdade, a empresa está apenas fazendo a atualização monetária em seu salário. Esse aumento é baseado na inflação, mesma taxa que alterou o preço da feira da sua casa no exemplo acima.

Correção monetária x juros

Muitas pessoas, têm dificuldade em entender as diferenças entre correção monetária e juros.

Os juros é uma remuneração dada ao credor pelo empréstimo de capital. Ele deve ser estabelecido em um contrato prévio assinado por ambas as partes.

Já a correção monetária, como dito antes, é uma atualização de valores que acompanha a inflação.

Ou seja, os juros funcionam como forma de pagamento e remuneração para o credor. Muitas vezes os juros são até mesmo corrigidos de acordo com a inflação.

Como calcular a correção?

O cálculo da correção monetária é feito a partir de alguns índices. Para o salário de um funcionário, por exemplo, o índice responsável pela atualização deve estar expressamente definido no contrato.

Existem diversos índices que podem ser usados, variando de acordo com o tipo de contrato.

  • IGP-M (Índice Geral dos Preços – Mercado);
  • INPC (Índice Nacional dos Preços ao Consumidor);
  • IPCA (Índice Nacional dos Preços ao Consumidor Amplo).

A aplicação da correção pode ser usada para corrigir diversos valores econômicos, por exemplo:

  • Salários;
  • Aplicações financeiras;
  • Dívidas;
  • Precatórios.

Se você pretende saber qual será a correção de algum valor em determinado período de tempo, você não precisa se preocupar em aprender a formula da correção monetária.

Para saber exatamente quanto vai valer esse preço corrigido, o Banco Central do Brasil disponibilizou no seu site oficial a “Calculadora do Cidadão”.

Nessa ferramenta, você pode calcular a correção de valores. Basta somente, informar o valor a ser corrigido, o índice que será usado e o período de tempo determinado.

Correção monetária no Brasil

correcao-monetaria-3

A correção monetária no brasil é considerada um princípio fundamental da contabilidade, pelo Conselho Federal de Contabilidade.

Até o fim da década de 90, as altas inflações eram muito comuns no país. Portanto, a atualização monetária foi muito importante para retomar o poder de compra do consumidor.

Hoje em dia, essas correções fazem parte do princípio de atualização monetária. E mesmo depois do plano real, que estabilizou a inflação no Brasil, a correção ainda é um tema de grande importância.

Por fim, vale destacar o papel da correção monetária para a dinamização da economia do país. Até os dias atuais, ela é usada para solidificar o poder de compra do consumidor brasileiro.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *