Home Blog Corretora de valores: como escolher a melhor?

Corretora de valores: como escolher a melhor?

corretora de valores1

Alguns títulos financeiros, de renda fixa e renda variável, não podem ser comprados diretamente pelo investidor, o que demanda uma corretora de valores para intermediar a negociação.

Por isso, para quem deseja investir, é indispensável entender o que é uma corretora de valores e como escolher uma para realizar os investimentos.

O que é uma corretora de valores?

corretora de valores

A corretora de valores é a instituição financeira responsável por intermediar a compra e venda de ativos financeiros.

Assim, também conhecida como corretora de investimentos, ela é uma peça fundamental do sistema financeiro, atuando principalmente para investimentos na bolsa de valores.

Basicamente, se uma pessoa física não qualificada desejar investir na bolsa de valores, necessita da intermediação de uma corretora autorizada.

Dessa forma, a corretora de valores, por sua vez, para poder fazer a intermediação, necessita da autorização do BACEN CVM.

  • BACEN: a constituição de toda corretora de valores depende da aprovação do Banco Central;
  • CVM: é a Comissão de Valores Mobiliários. O exercício das atividades das corretoras dependem da autorização da CVM.

Como investir através de uma corretora de valores?

Se o investidor pretende começar a investir, o primeiro passo prático é abrir uma conta em uma corretora de valores.

Para isso, basta olhar a lista da Bovespa das mais de 80 corretoras habilitadas para investir o capital direcionado para os aportes.

Após escolher a melhor corretora para o objetivo e perfil do investidor, basta transferir o dinheiro para a nova corretora de investimentos e começar a pensar nas aplicações.

Assim, é importante lembrar que, apenas transferir o dinheiro do investidor para uma corretora de valores não o fará render.

Portanto, ao abrir uma conta, é necessário já analisar quais serão os primeiros do investidor.

Durante um tempo, quando as corretoras ainda não haviam chego à internet, o investidor precisava contatar uma mesa de operação e enviar suas ordens de compra através do telefone.

Entretanto, até então, envia-se uma ordem de compra facilmente através do seu local de acesso no site da corretora.

Ainda existe a opção do home broker, que é um instrumento de negociação no mercado de capitais via internet.

Assim, é importante lembrar que o home broker e espaço para enviar ordens diferem de corretora para corretora, sendo um importante critério de escolha na hora de decidir aonde abrir a conta.

Como escolher a minha corretora de valores?

Primeiramente, é importante dizer que é impossível apontar uma corretora ideal para todos os tipos de investidores.

Assim, cada corretora possui sua particularidade, podendo ser mais benéfica para alguém, a depender da sua situação financeira e estratégia de investimento.

No entanto, para quem deseja escolher uma corretora de valores, analisam-se 3 principais pontos:

  • Segurança;
  • Experiência do usuário;
  • Custo.

Segurança

Quando se trata de dinheiro, existe uma palavra que é importante ter por perto: segurança.

Portanto, na hora de decidir em qual corretora abrir uma conta, é necessário levar em consideração a segurança.

Assim, define-se uma corretora como segura quando a mesma atende aos seguintes critérios:

  • Sigilo em relação aos dados do cliente;
  • Segurança digital do site;
  • Coerência nas recomendações de compra.

Os dois primeiros pontos, normalmente, são atendidos por todas corretoras.

Entretanto, último ponto raramente é atendido pelas corretoras de valores.

E é possível se perguntar: “o que a coerência nas recomendações de compra tem a ver com segurança”?

Assim, quem está começando a investir, principalmente aqueles com menor educação financeira, tende a seguir recomendações da corretora.

Sabendo disso, corretoras aproveitam para empurrar produtos que são desinteressantes para o consumidor.

E, como se trata de dinheiro, é possível considerar esse ponto como um critério de segurança.

Por isso, existe a uma questão que deve considerar-se. Visto que, recomenda-se fugir de corretoras que fazem recomendações de compra ruins.

Basicamente, o ideal é nunca seguir as recomendações da corretora e buscar tomar as suas próprias decisões de investimentos, baseadas no objetivo financeiro do investidor.

Experiência do usuário

Para avaliar produtos e serviços, é muito interessante analisá-los a partir da experiência do usuário.

Assim, para o serviço das corretoras de valores isso não poderia ser diferente. Neste caso, quando se fala da experiência do usuário, leva-se em consideração diversos fatores, como:

  • Facilidade para registrar ou renovar conta;
  • Uso através do celular via app da corretora;
  • Facilidade de analisar opções de investimentos;
  • Clareza nas informações referentes a conta, compra e venda de ativos, rendimentos, entre outros fatores importantes para o investidor;
  • Disponibilidade de ferramentas, relatórios e planilhas para auxílio do investidor;
  • Navegabilidade e rapidez de conexão.

Dessa forma, cada corretora possui características diferentes em relação a esses diversos pontos.

Assim, para escolher a mais interessante, indica-se que o investidor liste quais desses fatores são mais importantes para seus investimentos.

A partir disso, é importante que o investidor escolha a corretora que melhor satisfaz aos pontos que foram destacados como mais importantes.

Custos

Por último, e talvez o mais importante dos pontos a se analisar na hora de abrir uma conta em uma corretora, estão os custos.

Dessa forma, quem investe, na grande maioria das vezes, tem grande zelo pelo seus recursos e tende sempre a escolher a opção com maior custo benefício.

Portanto, é impossível escolher uma corretora apenas pelas suas funcionalidades, sem levar em consideração os seus custos.

Entre os custos de uma corretora de valores, estão:

  • Taxa de corretagem: cobrada pelas corretoras de investimentos pela intermediação de compra e venda de ativos financeiros.
  • Taxa de custódia: cobrada mensalmente por corretoras para guardar os ativos financeiros do investidor.

No período atual, no Brasil, com o crescimento da competição entre as corretoras de valores, encontram-se opções com taxas baixas ou até mesmo gratuitas, a depender do produto financeiro que investe-se.

Por isso, para escolher a melhor opção de corretora, é necessário pesquisar bem a que contempla as necessidades do investidor a um menor custo.

Por exemplo, é possível que a corretora mais completa tenha um custo tão alto, que talvez seja mais interessante optar por uma mais simples, com tudo que o investidor precisa e cobrando um menor preço.

Assim, é interessante sempre escolher corretoras que cobrem uma taxa de corretagem significativamente menor do que o valor que pretende-se investir mensalmente.

Desta forma, os investimentos do investidor não estarão sendo comprometidos por uma alta corretagem.

Por fim, indica-se que o investidor pesquise sobre cada corretora de valores e escolha a que mais faz sentido para ele. Dado que, quando se trata de dinheiro e investimentos, ninguém entende melhor do que o próprio investidor o que deve ser feito.

Qual a função da corretora de valores?

Define-se a corretora de valores como uma instituição financeira, que possui a função de intermediar a compra e venda de ativos financeiros.

Quais os pontos que analisam-se ao buscar uma corretora de valores?

Antes de escolher uma corretora de valores é importante analisar a segurança, custos e experiência do usuário.

Quais as taxas podem ser cobradas por uma corretora de valores?

Dentre as taxas que podem ser cobradas estão a taxa de corretagem e a de custódia.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *