Home Blog Dependência financeira: saiba como sair dessa condição

Dependência financeira: saiba como sair dessa condição

dependencia financeira 1

A dependência financeira é uma das situações dentro de qualquer tipo de relacionamento que pode causar desgastes. Tanto do ponto de quem sustenta, quanto do ponto de quem depende. Essa situação costuma trazer malefícios que destroem uma bom vínculo.

Ou seja, a dependência financeira não é bom para ninguém. Muitas pessoas que estão vivendo essa realidade não sabem quais meios podem recorrer para sair desse contexto. Mesmo que pareça difícil no começo, é possível construir a independência financeira.

No sentido literal, a dependência financeira é quando uma pessoa depende dos recursos financeiros de outra para poder se amparar. Ou seja, a vida econômica de um gira em torno do poder econômico do outro.

Malefícios da dependência financeira

Depender financeiramente de alguém, seja cônjuge, pais, amigos ou dentro de qualquer outro tipo de relação pode trazer um grande desgaste psicológico para ambos os lados. Apesar de muitas pessoas poderem ter se acomodado com a situação, a dependência não é saudável.

Ser sustentado por alguém pode trazer um misto de sentimentos ruins. Por exemplo, impactar diretamente na autoestima. Para realizar sonhos, sair para algum lugar que se deseja ou até mesmo para comprar algum refeição diferente é preciso pedir ao outro.

Ou seja, a vida da pessoa que não consegue se sustentar acontece quase como uma extensão da vida de quem coloca o dinheiro dentro de casa. O que pode causar emoções de deslocamento e não pertencimento, até mesmo o não pertencimento à sociedade.

Isto acontece porque a maioria das pessoas que dependem financeiramente costumam passar a maior parte do tempo dentro de casa e não tendo conexões com o mundo exterior. Enquanto a outra pessoa que recebe o dinheiro, pode passar a maior parte do tempo fora da residência.

Dependência financeira no casamento e dependência financeira dos pais: como parar de precisar receber dinheiro de terceiros?

Receber mesada enquanto adulto pode trazer outra dependência, a dependência emocional. Brigas aparentemente sem motivos, falta de conexão, perda na qualidade das conversas são alguns dos sinais que a dependência financeira está afetando a saúde da relação.

Algumas mudanças podem auxiliar a evitar ou até mesmo conseguir sair da dependência financeira. O processo pode ser dolorido no inicial, mas o resultado é libertador.

4 formas de sair da dependência financeira

1. Consciência da situação

Homens e mulheres que dependem financeiramente de terceiros precisam desenvolver a consciência da situação. Ou seja, é preciso reconhecer a relação da submissão econômica.

2. Fortalecimento da autoestima e auto responsabilidade

Mesmo com sofrimento e até sensação da perda de liberdade, muitas pessoas que são dependentes financeiramente sequer chegam a buscar meio de sair dessa realidade.

Isto acontece pela perda de autoestima e a crença de que não é capaz de se auto responsabilizar. Trabalhar aspectos psicológicos também é importante para caminhar rumo a independência financeira.

3. Planejamento e estudo

É comum que pessoas que dependem financeiramente não tenham tido nenhuma relação com o mercado de trabalho. Essa situação pode tornar o processo de libertação financeira mais complicado.

Por isso, é preciso que haja planejamento e estudo para que a pessoa dependente possa começar a empreender ou entrar no mercado de trabalho. Saber quais são as qualidades laborais e procurar desenvolver novas é uma etapa essencial.

4. Trabalho e capacitação

Depois de entrar no universo do empreendedorismo ou conseguir encontrar um emprego para se sustentar, muitas pessoas podem se acomodar a atual situação. Muitas vezes, ficam estagnadas no mesmo patamar.

No entanto, para sair totalmente da dependência financeira, o crescimento é uma parte essencial para que a pessoa crie consciência do seu poder e importância. Buscar melhorar por si mesmo é uma parte crucial para a mudança efetiva! Para mais dicas como esta, assine nossa newsletter no WhatsApp e receba ainda mais conteúdos gratuitos!

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *