Home Blog Dívida de faculdade: como quitá-la?

Dívida de faculdade: como quitá-la?

divida de faculdade

Para os alunos que ingressam pela primeira vez em uma universidade, pode não haver muita atenção para possíveis dívidas de faculdade. Seja pelo atraso de boleto da mensalidade, empréstimo na biblioteca ou uma matéria que deveria ter sido paga regularmente.

A dívida de faculdade pode surgir de diversas maneiras e trazer muita dor de cabeça para o estudante sem educação financeira. O débito com o serviço educacional, assim como a maioria dos débitos, além de trazer prejuízos financeiros também pode acarretar algumas restrições.

É preciso estar atento para que não haja o descumprimento de obrigações financeiras. Além disso, para que não haja a possibilidade de processo judicial. Mas caso já exista um débito em aberto, é possível recorrer a alternativas para renegociar a dívida com a faculdade.

Dívida com a faculdade

dívida-de-faculdade

Mesmo para pessoas que já estão formadas ou não estão mais frequentando a faculdade, a dívida em aberto pode trazer diversos problemas. Essas restrições podem estar presentes tanto na vida profissional, quanto pessoal.

Nome sujo

Mesmo sendo um serviço educacional, o débito em aberto com a faculdade possibilita à instituição de ensino inserir o nome do aluno no SPC/SERASA. Essa questão é uma dúvida comum e possui algumas particularidades.

Cada situação e cada contrato deve ser visto para que não haja prática abusiva na cobrança da dívida Além disso, o aluno precisa estar ciente de que a faculdade só pode acrescentar os juros de 12% a.a. e a multa não pode ultrapassar 2%.

Acima desses valores, é passível e direito do aluno acionar os seus direitos do devedor através do PROCON de sua região.

Cobrança judicial

A instituição educacional pode recorrer a judiciário para ter o recebimento da dívida. O processo será mais custoso para a faculdade e consequentemente pode ser mais complicado para que o aluno consiga negociações melhores para quitar o débito.

Em alguns casos, o estudante pode até mesmo ter os bens penhorados para que seja efetuado o pagamento referente aos valores em aberto.

Restrição

Caso o estudante não frequente mais a faculdade, mas queira retornar em algum momento, o ingresso pode ser negado. Além de ter possibilidade de não permitir que o aluno efetue a rematrícula, caso ainda esteja cursando.

No entanto, caso o aluno esteja disposto a quitar o débito de mensalidade atrasada, por exemplo, a faculdade e o devedor devem negociar para a regularização das parcelas.

Dívida com a faculdade caduca?

A dívida com a faculdade “caduca” em 5 anos. Mas apesar do termo ser bastante conhecido, poucas pessoas sabem o seu real significado. O aluno inadimplente continua devendo mesmo depois de 5 anos. A diferença é que, a dívida “caducar” significa que o valor não pode mais ser cobrado através de vias judiciais.

Ou seja, o credor pede o direito de fazer essa cobrança através da via judicial. Mas é preciso atenção: prescrição de dívida com a faculdade é diferente de decadência, que nesse caso, pode ocorrer no mínimo depois de 10 anos a partir da data de vencimento da dívida.

Dicas para quitar a dívida

O estudante deve estar sempre ciente dos prazos de vencimento. Além disso, é importante ter uma reserva financeira para eventuais situações que possam ocorrer para o não pagamento da dívida.

  • Conhecer o orçamento: não adianta sugerir um acordo para a instituição educacional se esse acordo parecer irreal tanto para o devedor, quanto para a faculdade. Levar tudo para a ponta do lápis antes de negociar é essencial para o cumprimento da quitação de débito.
  • Buscar plataformas online: alguns sites disponibilizam modelo para solicitar negociação com a faculdade e até mesmo para realizar o cálculo do valor original acrescido de reajustes.
  • Fazer uma oferta possível para ambas as partes: saber o valor do débito e as condições possíveis de pagamento faz com que o devedor tenha mais possibilidades de realizar uma oferta razoável, muitas vezes livre de juros e multas
  • Ter comprometimento: o aluno deve efetuar o pagamento da dívida e estar atento às datas de vencimento acordadas na negociação com a instituição de ensino.

Para encontrar mais formas de quitar sua dívida de faculdade, baixe a Planilha: Planejador para Conquista de Objetivos Financeiros!

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

2 Respostas para “Dívida de faculdade: como quitá-la?”

  1. Maria Oliveira

    Eu fiquei devendo 2 mensalidades da faculdade em 2012 e fiquei desempregada, quando consegui trabalho em 2014 fui até o financeiro da faculdade pegar os boletos e ela não quis fornecer os boletos alegando que só em outro endereço, como eu não tinha tempo e achei um absurdo. Deixei pra lá, agora a faculdade enviou a minha dívida com um juros
    a faculdade é a (suprimido por fins jurídicos),absurdoo pra um escritório de cobrança e como eu não concordei em pagar os juros absurdo, eles falaram que vão enviar o meu nome prá o cartório de protesto. agora eu não sei o que fazer.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *