Home Blog Dívida de valor: por que esse tipo de dívida é diferente das outras?

Dívida de valor: por que esse tipo de dívida é diferente das outras?

divida de valor

Com o aumento das possibilidades de crédito contrair ou fazer uma dívida é algo corriqueiro. Porém, alguns débitos servem para além de sua utilização monetária, que é o caso da dívida de valor.

A dívida de valor funciona como uma pendência cuja finalidade não é o dinheiro em si. Isso se dá pelo fato de o dinheiro não ser o aporte ou objeto em questão da dívida, mas sim, a representação do valor da dívida.

O que significa dívida de valor?

A dívida de valor é aquele tipo de débito relativo a um investimento, um bem ou patrimônio, no qual é possível obter-se um valor monetário sobre, mas não necessariamente é o seu intuito.

Algumas dívidas de valor estão atreladas diretamente a obtenção de lucro ou usufruto para melhorar ou manter condições de vida.

Por exemplo, um imóvel financiado tem seu início como uma dívida de R$151 mil reais, mas é algo que sofrerá variações de acordo com o local e o mercado.

Quais os tipos de dívidas de valor?

É muito comum pensar que uma dívida por valor é igual a de dinheiro.

Entretanto, a dívida de dinheiro está ligada exclusivamente a subtração de um valor monetário em prol apenas do pagamento desse valor referente.

Diferente de outros tipos de dívida em que ela não representa uma subtração de um valor monetário e tem apenas essa finalidade.

Então, entre os tipos e exemplos de dívida de valor estão:

  • Dívida com carros ou veículos no geral: sendo considerado financiamentos e até mesmo gastos com manutenção (uma vez que o carro bom estado mediante revisões constantes, apresenta maior valor de venda por estar conservado);
  • Dívida com imóveis ou de cunho imobiliário: não levando em conta o aluguel, a não ser que seja um contrato de leasing (tipo de concessão de bem para uso e consiste em aluga-lo, mas ao final do contrato se tem a opção compra, no caso reaquisição);
  • Dívida de patrimônio: corresponde a todos os componentes passivos em patrimônio de uma empresa. Ou seja, salários e contas no geral, responsáveis, portanto, por manter o funcionamento da empresa;
  • Dívida de valor relativa a investimentos: um investidor realiza uma dívida em formato de compromisso em relação a algum fundo, tesouro ou empresa em questão.

No caso da dívida de valor para investimentos, o investidor deposita um aporte (valor monetário) em um fundo, todo mês.

Consequentemente, ele terá um gasto mensal, uma dívida, porém, o valor gasto retornará com as correções cabíveis podendo assim, representar algo positivo no final do processo.

Conclusão

É evidente que toda dívida por valor tem como premissa um investimento, no sentido de que aquele valor gasto servirá como motor para ganho ou melhoria da vida do investidor.

Em contrapartida, esse tipo de dívida não deve ser encarado apenas como um ponto positivo.

O endividamento pode se tornar algo prejudicial principalmente quando o valor devido deixa de ser pago e entra em inadimplência, gerando a multa dívida de valor, taxas e juros.

Saber como lidar com dívidas e seus respectivos valores é um dos pilares mais importantes da educação financeira.

Por fim, a dívida de valor representa um ativo. De forma geral, ativos tendem a serem valorizados ou prejudicados, a depender de suas condições e do mercado. Por isso, qualquer dívida deve ser pensada e planejada a fim de evitar o endividamento desnecessário. Mais conteúdos? Inscreva-se no nosso Whatsapp.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *