Home Blog Dividendos: uma forma de conseguir renda extra investindo

Dividendos: uma forma de conseguir renda extra investindo

dividendos

No mundo dos investimentos, muito se fala da valorização dos ativos e do pagamento de dividendos como formas de multiplicação da sua riqueza.

Que as ações e fundos podem valorizar, todos sabem disso. No entanto, muitos ainda parecem não estar familiarizados com o funcionamento dos dividendos.

Bom, ao investir em uma empresa, por exemplo, você se torna um sócio da companhia. Desta forma, você pode ter o direito de receber dividendos, que é uma forma da empresa dividir o seu lucro entre os acionistas.

Mas será que todas empresas são obrigadas a dividir seu lucro com todos acionistas? E os fundos de investimentos, também pagam bons proventos?

Para quem quer aproveitar todas oportunidades da renda variável, ter a respostas para as perguntas acima é imprescindível.

O que são os dividendos?

dividendos

Primeiramente, é muito importante que você entenda tecnicamente o que são os dividendos.

Conforme dito acima, os dividendos são proventos distribuídos entre os acionistas da empresa.

Em outras palavras, representam a distribuição de parte do lucro da empresa em determinado período.

Quando o assunto é independência financeira, os dividendos são aliados fortíssimos para quem deseja viver de renda.

Para isso, você deve acumular ao longo do tempo um bom patrimônio, e aplicá-lo em empresas e fundos que paguem bons proventos.

Ou seja, em empresas ou fundos que distribuem boa parte do seu lucro entre os acionistas.

No entanto, durante o processo de construção do patrimônio, é necessário adotar diversas estratégias, como investir em valor ao invés de dividendos.

Porque as empresas pagam dividendos?

No Brasil, de acordo com a lei 6.404, as empresas devem distribuir entre seus acionistas 25% do seu lucro líquido do período.

No ponto de vista das empresas, o lucro pode ser direcionado para diversas atividades, como:

  • Reinvestimento para expansão do negócio;
  • Pagamento de dívida;
  • Pagar os acionistas através da distribuição de dividendos.

Já, no ponto de vista do investidor, é possível lucrar junto às empresas através de 2 principais formas:

  • Valorização dos ativos;
  • Recebimento de dividendos.

É intuitivo que empresas gigantes e consolidadas no mercado, possuem menos capacidade de obter valorizações extraordinárias.

Por exemplo, se a empresa já possui um market share altíssimo, normalmente, é difícil que está empresa cresça em um ritmo muito acelerado.

No entanto, apesar de apresentar menores possibilidades de altas valorizações, empresas consolidadas têm mais capacidade de pagar dividendos.

E esta é uma forma muito eficiente de atrair atenção dos acionista, já que, ao receber dividendos durante um longo prazo, o investidor pode obter ótimas rentabilidades.

Além disso, empresas consolidadas e que pagam bons dividendos, costumam ser menos sensíveis a crises de mercado.

Isso traz muita segurança para o investidor, que terá uma garantia de recebimentos através do pagamento de proventos.

Mas, é muito interessante que o investidor saiba fazer uma leitura de longo prazo.

Afinal, uma empresa que paga poucos dividendos hoje, caso tenha um bom desenvolvimento econômico futuramente, pode vir a ser uma ótima pagadora de dividendos.

Os fundos de investimentos também pagam dividendos?

Os fundos de investimentos são compostos por vários ativos que distribuem dividendos.

No entanto, no caso dos fundos de ações, por exemplo, os dividendos caem para o fundo e são agregados ao seu patrimônio líquido.

Isso gera uma valorização da cota do fundo e, por consequência, maior rentabilidade para o investidor.

Mas, neste caso, o investidor não recebe diretamente o pagamento dos dividendos.

Entre os fundos de investimentos, os que se destacam na distribuição de dividendos são os fundos imobiliários.

Estes, em contrapartida aos fundos de ações, distribuem diretamente os proventos ao investidor.

Isto porque, os fundos imobiliários são compostos por ativos que geram renda através do pagamento de aluguéis.

O lucro obtido pelo fundo através dos aluguéis devem ser distribuídos entre os investidores, que também podem lucrar com a valorização dos ativos imobiliários.

Por isso, os fundos imobiliários são conhecidos como ótimas oportunidades para quem quer receber bons proventos.

Como saber se a empresa ou fundo pagam bons proventos?

É muito importante que você saiba avaliar quais empresas e fundos pagam bons proventos e quais negócios tem o potencial de futuramente pagar bons dividendos.

Para o segundo caso, o investidor deve saber analisar os múltiplos de mercado indicadores financeiros.

Assim, é possível formar a carteira de investimentos com fundos e empresas equilibradas fiscalmente, com alto potencial de valorização e geração de caixa.

Mas, além de entender como avaliar empresas que tem alta capacidade de valorização, o investidor deve entender como avaliar as empresas que hoje pagam altos proventos aos seus acionistas.

Dividend Yield

De forma simples, o Dividend Yield (DY) é um indicador que relaciona os dividendos pagos pela empresa e o preço da cotação das ações no período.

Desta forma, quanto maior o DY, mais dividendos a empresa paga aos seus investidores.

Por exemplo, se você investir R$1 mil em uma empresa com DY de 8%, você receberá um provento anual de aproximadamente R$80 reais.

No entanto, a forma que as empresas pagam os proventos varia. Algumas pagam mensalmente, outras trimestralmente, semestralmente ou anualmente.

Se esta empresa pagar mensalmente, você receberia proventos de aproximadamente R$6,50.

Portanto, é muito importante utilizar esse indicador para analisar as empresas que pagam bons dividendos.

Mas, uma dica importante é: evite usar o Dividend Yield para comparar empresas de diferentes setores.

Dividend payout

O Dividend Payout, por sua vez, é um importante indicador de política de dividendos interna da própria empresa.

A partir dele, é possível saber quanto do lucro líquido do negócio vem sendo distribuído para os acionistas.

É importante entender que esse indicador é definido pelo próprio negócio, ou seja, está aliado a estratégia do negócio para captar recursos e atrair investimentos.

Vantagens de investir em dividendos

Você deve ter percebido que investir em dividendos possibilita muitos benefícios aliados à segurança para o investidor.

Mas é importante que você conheça melhor os benefícios já listados e algumas outras vantagens de investir em dividendos:

  • Possibilidade de retorno positivo, mesmo em casos de baixa no mercado. O pagamento de dividendos podem compensar eventuais desvalorizações do ativo;
  • Forma de garantir uma renda extra mensal a partir do lucro dos negócios que você é sócio;
  • O pagamento de dividendos não está sujeito ao Imposto de Renda. Na verdade, a empresa deve pagar impostos relativos ao seu lucro líquido, sendo responsável por todo pagamento relacionado ao seu dividendo. Isso ocorre para que não haja bitributação e você não precise pagar mais tributos depois da empresa já ter pagado.
  • Possibilidade de reinvestir proventos e aumentar gradualmente o valor aportado.

Contudo, é importante que você alinhe o recebimento de proventos com a sua estratégia de investimentos de longo prazo.

Para quem é jovem e/ou está começando a construir seu patrimônio, investir em empresas com potencial de valorização é muito importante.

Os dividendos são mais relevantes quando você já possui um bom patrimônio e os aplica em empresas que pagam altos DY.

E é importante lembrar que empresas que hoje pagam poucos dividendos e têm grande potencial de valorização podem, futuramente, ao crescer economicamente e se estabilizar no mercado, vir a pagar bons dividendos para seus sócios.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *