Home Blog Email Marketing: entenda o que é e como funciona!

Email Marketing: entenda o que é e como funciona!

email marketing

Por muito tempo o e-mail foi considerado como uma potência para vendas, mas devido ao surgimento do spam (envio indesejado de e-mails), ele perdeu força gradual, até que as empresas começaram a utilizar com mais responsabilidade. É nessa perspectiva que o email marketing se encontra, em um envio consentido ou para um público com interesse. 

email marketing funciona por meio do envio de mensagem eletrônica entre uma empresa e o seu cliente ou futuro consumidor da sua atividade de empreendedorismo.

Ou seja, uma forma de comunicação mais pessoal e direta, como uma mala direta para os ávidos clientes de um negócio.  

O que é email marketing? 

Email marketing é uma estratégia de envio de e-mails personalizados, com o intuito de divulgar um produto, comunicar uma ideia, demonstrar a existência de uma solução ou até mesmo, manter o relacionamento comercial com o cliente.  

Email marketing: como fazer? 

Para alguns, o email marketing empresas é a ideia de que é possível manter uma base sólida de leads, clientes em potencial possivelmente, além de manter esse canal de comunicação aberto, facilitar a venda e divulgação de soluções, produtos e afins. 

Em alguns casos, é possível tornar o email marketing automático, ou seja, para determinadas ações, aquele lead ou cliente, receberá um email com estrutura previamente planejada. Através dessa tática, é possível também, fazer com que o cliente progrida no funil de vendas. 

Portanto, entre as técnicas e mecanismos para fazer email marketing: 

  • Construir uma lista de leads: deve ser realizado antes do envio de qualquer e-mail e sua montagem deve ser consciente, ou seja, os contatos presentes nessa lista devem ter consentido ou solicitado o envio, caso contrário irão ignorar a mensagem;
  • Optar pelo uso manual ou uma ferramenta de envio de e-mails: diante um grande contingente de e-mails se torna moroso o envio por vez ou perder tempo adicionando os destinatários. Por isso, é viável ponderar qual a melhor forma e os seus custos;
  • Identificar: sempre veicular o nome da empresa para saber de quem é o e-mail, o que aumenta as chances de ser lido. Outro fator é o tratamento mais pessoal (por exemplo, o nome), quanto mais informações sobre o destinatário, mais efetivo será o email;
  • Definir estratégia comunicacional: dependerá de como é a empresa, seus valores e cultura, isso deve ser expresso no e-mail (mesmo que implicitamente). A estratégia será fundamental para que aquele cliente se identifique com o email;
  • Criar um formato padrão (template): é o modelo que será repassado para a sua base de leads, irá variar de acordo com o propósito da lista, se é para possíveis clientes, para atuais clientes ou para recuperar clientes;
  • Planejar: é preciso entender quais horários, dias da semana e como deve ser realizada essa abordagem por email. Ou seja, conhecer a fundo o público, se possível, realizar testes e analisar os resultados por meio da checagem, e aplicar eventuais mudanças. 

Estratégias para email marketing: 

  • Senso de urgência: é necessário escrever de uma forma que transmita um senso de urgência para que o leitor se sinta compelido pelo pensamento de que aquele momento é único e escasso, por exemplo, usar uma data, horário marcado ou número de vagas;
  • Anzol: consiste em despertar curiosidade do leitor, fazer com que o cliente queira saber mais sobre aquele conteúdo ou sobre uma solução que a empresa oferece. Por exemplo, consegui comprar a minha primeira ação e não me arrependo;
  • Valor: essa é uma estratégia difícil, pois, requer um forte conhecimento sobre o que o seu público valoriza. Em alguns casos para agregar valor, se usa o viés da autoridade, demonstrar marcas parceiras ou aprovação social, comentários de clientes satisfeitos. 
  • Pessoal: almeja ou tem a intenção de veicular uma mensagem que pareça pessoal. É possível que o leitor se interesse pelo mail marketing. Ao ler um conteúdo que dialoga com a sua realidade ou que demonstra uma extrema honestidade, gera interesse;
  • Storytellingé muito comum para as táticas de marketing e-mail contar uma história. O poder da narrativa é conduzir o leitor por um acontecimento e gerar o interesse pela trama. É aconselhável abordar um problema e um desfecho que gere valor ao leitor;
  • Call to action (CTA): em tradução literal “chamar para a ação, é uma forma de sugerir que o leitor prossiga na ação que tome uma decisão. Utilizar ao final do e-mail botões ou frases como, baixe agora, acesse gratuitamente, receba, ganhe, entre outros.  

Quais são as vantagens do email marketing? 

Por se tratar de uma técnica de marketing direto em que utiliza um canal para entrar em contato direto com o consumidor, o email mkt tende a obter bons resultados de conversão quando o público é ávido pelo conteúdo veiculado nele. 

Além disso, entre outras vantagens do email marketing estão: 

  • Recuperar clientes, principalmente, aqueles que desistiram de uma compra ou que indicaram interesse. 
  • Manter um vínculo com o cliente;
  • Fazer o follow up de vendas, ou seja, o acompanhamento e manutenção pós-venda;
  • Conquistar novos clientes. 
  • Converter consumidores de conteúdo em clientes da marca;
  • Veicular ou divulgar produtos, serviços e soluções da empresa por meio de uma forma menos custosa, já que o serviço de disparo de e-mails tende a ser barato ou gratuito. 

Por fim, o email marketing é uma técnica consolidada do mundo das vendas, negócios e relacionamento com o cliente, através dele empresas conseguem manter um contato com seus possíveis clientes e ainda, divulgar as suas soluções.  

Contudo, para que o email marketing obtenha maior exatidão, a lista de e-mails deve ser composta por leads que tem interesse no assunto, conteúdo veiculado ou produto da empresa, caso contrário, será considerado invasivo e isso prejudicará a retenção de leitores.  

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *