EMBR3: saiba tudo sobre as ações da Embraer!

EMBR3 1

A Embraer (EMBR3) foca suas atividades no projeto, desenvolvimento, fabricação e comércio de aeronaves e sistemas. Além disso, é uma das maiores exportadoras de produtos manufaturados de alta tecnologia do hemisfério sul.

As ações da Embraer (EMBR3) fazem parte da bolsa de valores brasileira. Logo, para quem enxerga no mercado industrial uma boa oportunidade, trata-se de uma empresa que os investidores devem avaliar.

O que é a Embraer (EMBR3)?

No setor de indústria, a Embraer S.A é responsável pela operação no meio da aviação comercial, segurança, defesa e executiva. Sendo assim, produz aviões comerciais, militares, agrícola e executivos.

Criada pelo Governo Federal, em 1969, como Empresa Brasileira de Aeronáutica, é uma empresa de capital misto e controle estatal. Em 1994, a empresa foi privatizada. Já em 2000, teve sua Oferta Pública Inicial (IPO).

Com ações vendidas na B3 por meio do ticker EMBR3, a empresa tem mais de 735,9 milhões de ações gerenciadas, sendo 59,1% destas em free float.

Além da Embraer, outras empresas integram o setor industrial no Brasil. São elas, por exemplo, a Weg (WEGE3) e a Metal Leve (LEVE3):

  • Weg: a empresa direciona seus serviços para a produção de equipamentos eletroeletrônicos industriais, motores para uso doméstico, tintas e vernizes e equipamentos para geração e transmissão de energia;
  • Metal Leve: atua no segmento de autopeças, fabricando e vendendo componentes de motores a combustão interna e filtros automotivos.

Diante da relevância da Embraer (EMBR3) para o mercado financeiro e industrial, vale entender a trajetória e o modelo de negócio da companhia. Assim, então, o investidor poderá escolher comprar ou vender ações da empresa de forma mais assertiva e consciente.

O que a Embraer (EMBR3) faz?

Em primeiro lugar, a principal atividade da Embraer (EMBR3) é o foco na produção de aviões para diversos segmentos, como, por exemplo, comerciais, militares, agrícola e executivos.

Além disso, a Embraer também fabrica peças que se usam no meio aeroespacial, também servindo a esse setor. Entre os seus principais produtos estão:

  • Aviões com o tipo de Monomotores a Pistão, como os modelos EMB-200 Ipanema, Piper Arrow, EMB-800 Seneca, os Turbohélices modelos EMB-110 Bandeirante, EMB-120 Brasília, EMB-121 Xingu e CBA-123 Vector;
  • Aviões Comerciais a Jato, modelos da linha ERJ (Embraer Regional Jetliners) que são os Jatos Regionais Embraer, ERJ-135, ERJ-140 e ERJ-145, além dos modelos de Aviões Executivos, Legacy 450, 500, 600, 650 e Shuttle;
  • Modelos de Aviões Militares, como os AMX, EMB-312 Tucano, EMV-314 Super Tucano, EMB-326 Xavante, EMB-145 RS/AGS, EMB-145 MP/ASW entre outros.

Como a Embraer (EMBR3) atua?

A sede da empresa fica no Estado de São Paulo, no município de São José dos Campos. No entanto, a Companhia possui diversas unidades pelo Brasil, bem como unidades em outros países.

Desde sua privatização, a companhia se tornou a maior exportadora de produtos manufaturados de alta tecnologia do hemisfério sul e a terceira maior fabricante de jatos comerciais de até 150 lugares do mundo.

As ações da Embraer: onde e como se negociam?


É possível negociar ações da Embraer (EMBR3) na bolsa de valores brasileira. As ações da empresa podem ser compradas e vendidas através de plataformas digitais, como é o caso do home broker.

Essa tecnologia busca simplificar o processo de negociação entre os investidores, além de zelar pela segurança de ambos. A empresa possui ações ordinárias (EMBR3 ON) que ofertam direito ao voto durante as assembleias empresariais.

Desse modo, para realizar a aquisição de ações da Embraer, é preciso que investidor faça a abertura de uma conta em uma corretora de valores.

Logo após, será necessário realizar uma transferência TED ou um PIX com o capital desejado para realizar o investimento. Sendo assim, será possível selecionar ações da Embraer, tidas como EMBR3 ON.

Características das ações da Embraer

Considerada uma Small Cap, as ações da Embraer são pulverizadas. No entanto, o governo brasileiro é detentor de uma Golden Share, que lhe dá o direito de veto sobre determinadas decisões estratégicas sobre a companhia.

Além disso, vale ressaltar que a empresa tem participação no Índice Bovespa (IBOV). A classificação setorial da Embraer (EMBR3), segundo as informações da B3, é: Bens Industriais / Material de Transporte / Material Aeronáutico e de Defesa.

Ainda, o seu segmento de listagem na bolsa de valores é o Novo Mercado, que dá preferência a empresas com boa governança corporativa e alta transparência.

Por fim, os papéis da Embraer oferecem Tag Along de 100% ON, além de Free Float de 59,1%.

História da Embraer

embr32

Em síntese, a história da empresa teve início em 1969, após um Decreto de Lei oficializá-la. Ela surgiu como a Empresa Brasileira de Aeronáutica. No entanto, as atividades da companhia só tiveram um ano após a fundação, em 1970.

Durante os anos de 1970, a empresa ganhou espaço no mercado e mostrou soluções tecnológicas para os produtos que desenvolvia.

Naquela época, a Embraer se destacou pela fabricação de três aeronaves, sendo elas: Ipanema, Xavante e Xingu. Além disso, a companhia também se destacou com a linha montada em parceria com a empresa norte-americana Piper.

No ano de 1981, por exemplo, a Embraer criou, em parceria com a Itália, o avião de ataque ar-terra AMX. O avião foi um marco na produção tecnológica, à época.

Já em 1988, a empresa deu início a um projeto binacional, em parceria com a Fabrica Militar de Aviones argentina. A parceria resultou na criação da aeronave CBA – 123.

Dois anos depois, em 1990, a Embraer finalizou seu primeiro protótipo. No entanto, não finalizou por falta de recursos financeiros.

Após passar por um leilão, em 1994, houve a privatização da Embraer. Ainda, nesse ano, a companhia ganhou o título de 3ª maior empresa no segmento em que atua.

Século 21

Com a virada do século, a empresa realizou sua Oferta Pública Inicial (IPO) nas bolsas de valores de Nova York e de São Paulo.

Em 2004, Embraer privatizou a Indústria Aeronáutica de Portugal S.A (OGMA) e, um ano depois, a empresa deu início ao processo de expansão em relação à venda de aviões executivos.

Foi em 2006 que ocorreu a reformulação acionária da companhia. Nesse processo, todos os acionistas da B3 passaram a ter direito ao voto nas assembleias. Já o nome Embraerse oficializou em 2010, após a empresa trocar a razão social.

Em 2012, com o principal objetivo de produzir jatos executivos, como o Legacy 600/650, a companhia fundou uma joint venture com uma empresa chinesa, a Aviation Industry Corporation of China (AVIC).Além disso, também nesse ano, a Embraer abriu mais duas fábricas em Portugal, na cidade de Évora.

Por fim, em 2018, a empresa anunciou uma joint venture com a empresa norte-americana Boeing. No entanto, o acordo não chegou a se concretizar e a empresa norte americana o cancelou no início de 2020.

Linha do tempo da Embraer

  • Década de 1970: Iniciam-se as atividades da empresa, chamada Empresa Brasileira de Aeronáutica, que já ganha destaque no mercado com a fabricação de aeronaves (Ipanema, Xavante e Xingu);
  • 1981: Sendo um marco na produção tecnológica, a Embraer cria, em parceria com a Itália, o avião de ataque ar-terra AMX;
  • 1994: Privatização da Embraer;
  • 2000: Lança ações nas bolsas de valores de Nova Iorque e de São Paulo;
  • 2004: Privatização da Indústria Aeronáutica de Portugal S.A pela Embraer; processo de expansão com aviões executivos;
  • 2006: Reformulação acionária da companhia;
  • 2010: Nome da empresa passa a se chamar Embraer;
  • 2012: Joint venture com uma empresa chinesa, a Aviation Industry Corporation of China (AVIC);
  • 2018: Joint venture com empresa norte-americana Boeing, mas acordo é desfeito em 2020.

Como ganhar dinheiro com as ações da Embraer (EMBR3)?

embr33

Em primeiro lugar, vale dizer que há diversas formas de lucrar com as ações na bolsa de valores com a Embraer. Dentre essas formas, está, por exemplo, o recebimento de dividendos, visto que a empresa tem em seu histórico uma distribuição recorrente de proventos, com exceção do ano de 2018 e 2019.

Além disso, é possível lucrar com a venda de suas ações por um valor maior do que se comprou antes.  Tendo isso em mente, se recomenda que o acionista se atente a algumas questões que permitem que as negociações aconteçam de modo mais seguro.

Dentre essas questões, pode-se considerar, por exemplo, a diversificação da carteira de ativos do investidor, gerando uma carteira que pode deter ativos de renda fixa e renda variável.

Sendo assim, por fim, é bom que o investidor analise a segurança, rentabilidade e liquidez da ação, antes de efetivar a sua compra.

Vale a pena investir na Embraer (EMBR3)?

Em primeiro lugar, a empresa se destaca no seu setor de atuação, tendo ganhado, inclusive, prêmios como Melhor Negócio do Ano, em 2013. Como pontos positivos, a empresa apresenta baixo endividamento e, em se tratando de alta tecnologia, a empresa é a maior exportadora de produtos do hemisfério sul.

No entanto, apesar do capital da empresa ser pulverizado, o governo brasileiro tem o direito de veto em algumas decisões dentro da empresa, o que pode ser um fator negativo para alguns investidores.

Além disso, as dificuldades econômicas no Brasil podem impactar empresas como a Embraer, dado que o contexto econômico brasileiro se relaciona aos setores industriais.

Sendo assim, antes de definir qual será a ação que você irá investir seu capital, é preciso fazer uma análise fundamentalista.

Dessa forma, então, será possível analisar se o investidor vai aplicar de maneira consciente. Isso serve seja com a Embraer (EMBR3) ou com qualquer outra empresa que integre a bolsa de valores.

A EMBR3 participa do IBOV?

EMBR3 tem 0,30% de participação no Ibovespa.

A EMBR3 realiza o pagamento de dividendos?

A Embraer paga historicamente dividendos de forma recorrente, com exceção dos anos 2018 e 2019.

Qual é o segmento de listagem da EMBR3?

O segmento da Embraer é o Novo Mercado. Portanto, dá preferência a empresas com boa governança corporativa e alta transparência.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos