EVP: entenda o que é o Employee Value Proposition!

employee value proposition

Você já parou para pensar nos motivos pelos quais um candidato escolhe trabalhar em sua empresa dentre várias no mercado? É aí que entra o employee value proposition.

Com um bom employee value proposition, as organizações conseguem motivar melhor suas equipes e alcançar cada vez mais objetivos.

Mas o que é employee value proposition?

Employer Value Proposition

O employee value proposition é um conjunto de programas oferecido pela empresa para reter talentos e fortalecer a marca. Essa forma de gestão é bastante eficaz para que os colaboradores das empresas estejam cada vez mais satisfeitos.

Ao investir na qualificação e reconhecimento dos profissionais, as organizações percebem uma grande evolução na produtividade.

Em resumo, a proposta de valor ao empregado dá as seguintes informações:

  • O que a empresa oferece ao profissional;
  • Qual a sua vantagem em meio às concorrentes;
  • Porque ela é um bom local para se trabalhar.

Definir sua proposta de valor é fundamental para o bom funcionamento de toda a empresa. Assim, ela deixa de ser apenas um trabalho e passa a ser uma atividade atrativa para todos os colaboradores.

Qual a importância da employee value proposition?

O EVP é altamente importante para a maneira com que as pessoas observam as empresas.

O que antes se limitava apenas aos trabalhadores, a reputação da empresa se tornou cada vez mais pública com a popularização da internet.

E isso, ao contrário do que alguns empreendedores pensam, é altamente benéfico para qualquer bom negócio.

A medida em que colaboradores compartilham boas experiências profissionais, o público começa a observar a empresa como uma lovemark.

Ou seja, agrega valor à marca, que mostra realmente se importar com sua atuação interna e externa.

Além disso, na equipe, o EVP ajuda nas novas relações de trabalho no mercado.

Enquanto anteriormente os funcionários exerciam atividades motivados por ordens, hoje, é interessante que sua motivação seja interna.

Ou seja, que ele não faça seu trabalho apenas pelo dinheiro, mas porque realmente acredita na importância do seu serviço e de toda a empresa.

Por fim, ao mostrar que, além de cobrar, a empresa oferece valor aos funcionários, ela se torna uma ótima fonte de prazer e desenvolvimento.

Qual a diferença entre employer branding e employee value proposition?

O employer branding é construção da imagem da marca para todo o público, mostrando que ela é um bom local para se trabalhar.

Entre seus diversos benefícios, estão:

  • Aprimoração do recrutamento e seleção de talentos;
  • Diminuição da rotatividade de funcionários (turnover);
  • Aumento no nível de produção e engajamento dos empregados;
  • Melhoria de relação com o consumidor.

Já o employee value proposition é, literalmente, a proposta de valor ao colaborador. Ou seja, os diferenciais que o fazem querer trabalhar naquele local, e não em outras organizações.

Apesar de semelhantes, o branding é uma construção de valor mais geral, sendo consequência direta do value proposition.

Como melhorar o employee value proposition dentro de uma empresa?

O EVP funciona dentro das empresas em 5 categorias diferentes, que são:

  1. Recompensas:  remuneração, plano de saúde, férias, aposentadoria etc;
  2. Oportunidades: plano de carreira, estruturação de meritocracia etc;
  3. Organização: responsabilidade social  e estruturação da empresa;
  4. Pessoas: construção de um ambiente descontraído, com um bom nível de networking;
  5. Trabalho: reconhecimento de conquistas, viagens corporativas e premiações.

Cada uma dessas áreas precisa ser desenvolvida para que a empresa consiga oferecer uma boa condição de trabalho a seus funcionários.

Para isso, identifique primeiro a opinião dos seus colaboradores sobre a realidade da empresa. Isso inclui informações sobre a percepção da equipe sobre:

  • Condições de trabalho;
  • Qualidade do serviço prestado;
  • Relevância da empresa.

Além disso, fazer questionários com perguntas sobre o que pode ser melhorado pode ajudar o gestor a entender os desejos de seu time.

Com esses dados em mão, comece a criar uma proposta de valor que acompanhe as expectativas e necessidades percebidas. Sempre lembrando, é claro, de criar metas que possam ser aplicadas na empresa e também um plano de ação.

No momento da implementação, é preciso assegurar seu alcance em todos os setores da empresa. Assim, fazendo com que todos sejam beneficiados pelas inovações na organização.

Vale a pena divulgar para o público as mudanças positivas aplicadas dentro da empresa. Por isso, incentive o compartilhamento dessas informações com os amigos dos colaboradores etc.

Lembre-se que a proposta de valor precisa ser única e alinhada às metas da instituição, sendo assim, sustentável. Para isso, é preciso que todos estejam engajados e acreditem na real motivação da empresa no benefício dos seus colaboradores.

Isso só será possível se o employer value proposition estiver oferecendo aos colaboradores benefícios reais, que vão muito além do salário. Assim, garantindo o sucesso da empresa e de toda sua equipe ao longo do tempo. Acompanhe a nossa carta do fundador, com conteúdos diários e gratuitos!

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos