Home Blog Empowerment: a descentralização de poderes como método de gestão

Empowerment: a descentralização de poderes como método de gestão

empowerment2

O termo empowerment vem se tornando cada vez mais popular nos ambientes empresariais e pode ser livremente traduzido como “empoderamento”.

Portanto, é interessante que gestores e colaboradores entendam o que significa o empowerment dentro de um negócio e quais benefícios esse método de gestão no empreendedorismo pode trazer.

O que é empowerment?

O empowerment é uma estratégia de gestão descentralizada, onde os colaboradores são empoderados e incentivados a serem proativos.

Significa tornar o ambiente de trabalho propício ao crescimento pessoal dos trabalhadores e, por consequência, do negócio.

As empresas tradicionais tendem a cultivar um ambiente onde todas decisões estratégicas devem passar pelo chefe da empresa.

Entretanto, muitas empresas vêm adotando a estratégia de delegação de responsabilidades, onde várias pessoas assumem frentes estratégicas do negócio, tornando o ambiente mais dinâmico e descentralizados.

Importância do empowerment em uma empresa

Como demonstrados anteriormente, um dos principais pilares do empowerment é estimular a descentralização na tomada de decisões através do empoderamento dos colaboradores dentro do negócio.

Existem diversas vantagens do empowerment como método de gestão de um negócio, como:

  • Tornar funcionários mais produtivos e confortáveis dentro do ambiente de trabalho;
  • Aumentar a confiança entre os colaboradores e lideranças da empresa;
  • Melhorar a comunicação dentro do negócio;
  • Alinhar melhor objetivos e metas da empresa;
  • Flexibilizar atuação da equipe de acordo com as necessidades correntes do negócio.

4 Dicas para incentivar o empowerment no seu negócio

Portanto, fica fácil perceber que o empoderamento dos funcionários e da equipe como um todo pode ser uma ótima estratégia para melhorar os resultados dos negócios.

Entretanto, para migrar de um ambiente centralizado incentivando a divisão de lideranças, é necessário estar atento a algumas dicas de como tornar o empoderamento um hábito dentro da empresa.

1. Demonstração de confiança

Se você é um gestor ou está sobre a liderança de um negócio, a sua demonstração de confiança e de valorização de cada pessoa envolvida no negócio é muito importante.

Desta forma, o nível de empowerment do seu negócio será elevado, tornando a confiança como parte da cultura da empresa.

É importante lembrar que, ao delegar responsabilidades, nem sempre as pessoas vão executar as atividades da maneira planejada, mas tudo isso é um processo que no longo prazo aumentará a eficiência da sua empresa.

2. Encorajar a qualificação e desenvolvimento pessoal

É muito importante que oportunidades externas de desenvolvimento pessoal e melhor qualificação, para a equipe como um todo, sejam amplamente incentivadas.

Assim, cada pessoa será estimulada a estar constantemente melhorando e aprendendo mais, trazendo mais conhecimento para o ambiente de trabalho.

É importante lembrar que quando um colaborador aprende algo novo ou desenvolve alguma habilidade, todo a empresa acaba sendo beneficiada.

3. Compartilhar objetivos e metas para o negócio

É muito importante que toda a empresa esteja ciente dos objetivos e metas para o negócio como um todo.

Desta forma, dificilmente alguém se sentirá desestimulado por não entender o propósito das atividades que vêm executando.

Além disso, todos os colaboradores compartilham um objetivo final para a empresa, não dando margem a competitividades entre setores e pessoas.

4. Flexibilizar o trabalho

Todos os colaboradores são pessoas que têm suas próprias vidas, realidades, necessidades e horários.

Portanto, tornar o trabalho flexível, será uma atitude importante para que o ambiente de trabalho e as atividades sejam enxergados de forma mais positiva.

Ambientes de trabalho flexíveis, além de serem mais confortáveis para todos os funcionários, estimula o crescimento e a proatividade de todos envolvidos na empresa.

Por fim, é interessante lembrar que o empowerment como forma de gestão, torna cada pessoa envolvida no processo produtivo de um negócio mais empoderada e, consequentemente, mais determinada a alcançar o sucesso junto à empresa.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *