Empreendedor brasileiro: conheça mais características deste perfil!

empreendedor brasileiro 1

Com o passar dos anos tem se falado mais sobre empreendedorismo no Brasil. E além disso, tem crescido significativamente o número de pessoas que começam a empreender. De maneira geral, o empreendedor brasileiro tem a vontade algumas características marcantes.

O perfil do empreendedor brasileiro se diferencia dos outros tipos de empreendedores porque uma das característica do empreendedorismo brasileiro é a vontade de fazer algo maior e se realizar profissionalmente.

Ou seja, o empreendedor brasileiro cria inspiração das adversidades e aprende com os erros. O empreendedor no Brasil tem a perspectiva da oportunidade, ponto essencial para quem deseja montar um negócio de sucesso.

Quais são os principais problemas e as características do empreendedor brasileiro?empreendedor-brasileiro-2

Os empreendedores brasileiros, assim como os demais empreendedores, precisam lidar com diversos obstáculos no decorrer do processo. No entanto, cada país possui determinadas características que beneficiam ou não quem quer empreender.

No Brasil, alguns pontos podem ser decisivos para quem não buscar informações sobre o que envolve o mundo do empreendedorismo. Por exemplo, tópicos relacionados a questões:

  • Cultura;
  • Burocracia;
  • Controle financeiro;
  • Tributação;
  • Capacitação profissional;
  • Oscilação do mercado;
  • Gestão empresarial.

O ponto principal é a cultura. Os empreendedores brasileiros precisam lutar contra a própria cultura para estabelecer um pensamento de inovação. Constantemente é estimulado o medo da “incerteza do empreendedorismo”.

No entanto, o potencial empreendedor brasileiro precisa pensar que nem mesmo o mercado de trabalho com a possibilidade de carteira assinada é algo concreto. Tudo é baseado em desenvolvimento de oportunidades, capacitação e geração de novos meios de crescimento.

Ou seja, para aprender a lidar com todos os outros problemas, o empreendedor precisa antes de tudo, mudar o mindset. Ter uma nova percepção sobre si mesmo e sobre o mercado é essencial para trazer força e confiança para empreender.

Características do empreendedor brasileiro

São algumas das características do empreendedor brasileiro:

  • Protagonismo;
  • Resiliência;
  • Autoconfiança;
  • Otimismo.

Mas, além de saber as características e o perfil do empreendedor brasileiro, é preciso entender quais são os tipos de empreendedores.

Conheça alguns tipos de empreendedores no Brasil

Empreendedor Informal

O empreendedor informal geralmente empreende por necessidade de suprir as necessidades básicas. Na maioria dos casos, acaba não pensando a longo prazo e por isso, o rendimento pode ser considerado abaixo do esperado.

Empreendedor Individual

O empreendedor individual é aquele que se formaliza e deseja garantir alguns direitos sociais trazidos através da abertura de uma empresa.

Apesar do nome, o empreendedor individual, a depender da modalidade de abertura de empresa, pode contar com até um colaborador.

Empreendedor por Franquias

O empreendedor por franquia utiliza um modelo pronto para se posicionar no mercado. Aparentemente o empreendedorismo por franquias é encarado como um dos mais simples, já que não exige posicionamento da marca.

No entanto, ainda é preciso manter o padrão de qualidade do empreendimento e gerenciar o negócio.

No final das contas, não é diferente dos outros tipos de empreendedorismo.

Empreendedor Digital

O empreendedor digital tem ganhado cada vez mais espaço. Uma de suas vantagens é a não necessidade de uma sede física para receber os clientes. O que pode causar uma redução considerável nos custos da comercialização.

Ou seja, o empreendedor brasileiro está se desenvolvendo e se reinventando. O que é necessário para a continuidade é ter persistência e sempre investir em conhecimento para alavancar ainda mais o negócio.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

31 respostas

  1. Sou empreendedora digital e adquirir conhecimento é fundamental realmente. Para empreender na internet tenho estudado muito e tem dado certo!

    1. É real Manu, tem muito conteúdo bom na internet, apesar da famosa infobesidade, se souber filtrar vai achar um acervo imprescindível.

  2. Bom dia,

    Muito rico em todas as formas, o Empreendedorismo, E muito encorajador, a desenvoltura do conteúdo, faz a pessoa se capacitar, nós ensinamentos oferecidos . Tem que sonhar alto, para prosseguir inovando, e, adquirir, expectativa positivas. Soltar a imaginação.

    Atenciosamente,

    MARILENE Targino

  3. fui vendedora de um rede de cosmético mais não fui adiante mais hoje parei para pensar que faltou mais experiência na área.

    1. Compreendo, Giovana! A internet oferece muito conteúdo de valor, se você souber filtrar vai conseguir desenvolver suas habilidades e ter melhores experiências.

  4. Aos 20 anos de idade pensei em abrir meu próprio negócio pois tinha conhecimento na área em que atuava, porem o destino acabou me levando para o mercado corporativo.
    Hoje com conteúdo estudado sobre empreendedorismo, fiquei mais confiante pois aprendi o passo a passo para a abertura da empresa sonhada de 20 anos atrás.
    Muito bom, bora colocar em prática e planejar meu negócio!

  5. “Ser um empreendedor é executar os sonhos, mesmo que haja riscos. É enfrentar os problemas, mesmo não tendo forças. É caminhar por lugares desconhecidos, mesmo sem bússola. É tomar atitudes que ninguém tomou. É ter consciência de que quem vence sem obstáculos triunfa sem glória.” – Augusto Cury. Essa frase do Augusto Cury é muito inspiradora, mas não adianta ter ambição de executar sem seus sonhos, assumir riscos sem habilidades, estratégias e acima de tudo sem o conhecimento mínimo do mercado e do trabalho para a sua execução de uma forma geral.

  6. A ALGUNS ANOS ENTREI NO RAMO DE BELEZA, ABRI UM SALÃO DE BELEZA, NÃO ENTENDIA NADA DO ASSUNTO, ABRI COM UM SOCIO QUE JA ERA CABELEREIRO, ENTENDIA, POREM NÃO ENTENDIA DE FINANCUAS, NA QUESTA DA AVALIAÇÃO DO MERCADO, SO TINHA INTUSIASMO E NESSECIDADE DE GANHAR DINHEIRO, POREM, EXPERIÊNCIA , NENHUMA, O RESULTADO NÃO PODERIA SER OUTRO DIVIDAS E FIM DA SOCIEDADE.

    1. Lamento pela sua experiência negativa Rosangela! Hoje é bem mais fácil encontrar na internet bons conteúdos que podem te auxiliar caso você ainda possua o desejo de empreender.

  7. Tive uma experiência negativa com empreendedorismo, pois comprei um negócio pronto, porém não entendia nada do assunto e muito menos da administração, infelizmente o negócio faliu. Agora estou estudando e buscando aprender mais como administrar um negócio, e assim abrir um novo negócio, agora capacitada. Sou brasileira não desisto nunca.

  8. desde que me conheço por gente, tenho espirito empreendedor, já vendi salgado, vendi sorete, roupas hoje sou design de sobrancelhas e extencionista de cílios e pretende expandir mais nessa área

  9. Sou educador físico (personal trainer) por formação, durante a pandemia perdi a maioria dos meus alunos, aproveitei que minha esposa já tinha uma consultoria financeira e administrativa, estou me especializando e entrei na sociedade com ela da empresa.
    Uma mudança enorme mas estou me saindo bem… todos os dias procuro estudar e me aperfeiçoar cada vez mais.

  10. sou autônoma e com a pandemia tive que correr atrás de coisas novas para não para de ganhar meu dinheiro diminuiu mas estamos na luta.

  11. Artur Dantas , trabalho 20 anos no comercio de vendas hoje sou gestora comercial,
    estou estudando para abrir e administrar meu próprio negocio.

  12. Estou estudando o Empreendedorismo e estou muito interessada no ramo, vejo tantas pessoas com resultados e pensamentos positivos. isso é muito motivador e encorajador para um iniciante.
    Estou desempregada e vejo a possibilidade de empreender em vida. É maravilhoso ver matérias como a sua, Arthur.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos