Você conhece a importância da empregabilidade?

empregabilidade 2

O mercado atual exige cada vez mais profissionais competentes, atualizados e preparados. E isso só pode ser alcançado através do desenvolvimento da empregabilidade.

Essa empregabilidade está relacionada a todas as modalidades de trabalho, seja na montagem de um negócio ou na prestação de serviços. Por isso, esse tema é relevante para qualquer tipo de profissional.

Mas o que significa empregabilidade, afinal?

empregabilidade

O termo empregabilidade corresponde à capacidade de adequação de um profissional às exigências do mercado de trabalho. Ou seja, quando maior sua empregabilidade, maiores as chances de uma contratação.

Esse conceito surgiu a partir das constantes mudanças no mercado, que exigiram que os trabalhadores se adaptassem às novas vagas.

Fazendo, assim, que fosse desenvolvido um novo perfil profissional, caracterizado pela multifuncionalidade.

Qual a importância da qualificação profissional?

Atualmente, o mercado de trabalho vem aumentando seu nível de exigência. Devido às novas tecnologias e demandas consequentes, os profissionais precisam estar bem mais preparados.

Para se adequar aos novos padrões do mercado e ser um profissional de sucesso, é preciso ir muito além do diploma.

Por isso, cabe ao profissional a busca constante pelo desenvolvimento de habilidades e competências que o tornem mais preparado.

Assim, conseguindo um certo nível de multifuncionalidade, deixando-o apto à alcançar oportunidades que possam surgir.

Mas o que seria um profissional qualificado?

Hoje em dia não adianta ser apenas um especialista. É claro que todos nós temos nossas habilidades principais, que nos fazem trabalhar com excelência em certos setores.

No entanto, é necessário também ser um profissional generalista, que conheça bem o mercado em que atua.

Isso significa estar atento às diversas habilidades relacionadas à um setor e se atualizar nos sistemas e novidades a ele relacionados.

Vejamos alguns exemplos de habilidades relacionadas à empregabilidade:

  • Autoconhecimento e autodesenvolvimento;
  • Bom histórico profissional (por experiência ou profissionalização);
  • Possuir conhecimentos do mundo digital;
  • Dominar ao menos uma língua estrangeira;
  • Capacidade de comunicação;
  • Saber trabalhar em equipe;
  • Pensamento empreendedor;
  • Liderança.

Caso você perceba que não possui a maioria ou algumas dessas habilidades, não se desespere! Sempre há tempo para melhorar o nível de empregabilidade.

Aos poucos, com um bom planejamento e compromisso, você consegue investir na carreira e alcançar novos objetivos.

Como desenvolver a empregabilidade?

Seja para conseguir o primeiro emprego ou para a requalificação profissional, melhorar sua empregabilidade é indispensável. Afinal, a grande maioria da população precisa trabalhar para alcançar suas metas.

Por isso, confira algumas 5 dicas para melhorar a empregabilidade:

1. Desenvolva suas habilidades digitais

A tecnologia não pode ser um obstáculo para nenhum trabalhador, mas sim uma grande oportunidade de desenvolvimento profissional.

No entanto, quando se fala sobre habilidades digitais, muitas pessoas acham que elas se resumem ao uso de redes sociais ou e-mail.

Na verdade, essas habilidades representam as competências que ajudam as empresas a se posicionar melhor no mercado, como:

  • Programação;
  • Análise de dados;
  • Estratégias de marketing digital.

Com elas,  o profissional já se vê apto a oferecer um trabalho estratégico e inovador para as empresas.

2. Saiba se adaptar à mudanças

A ausência de capacidade de adaptação às rápidas e constantes mudanças no mercado têm acabado com várias grandes empresas.

Ao saber expandir os horizontes e analisar novas possibilidades, o trabalhador ou empresário consegue se diferenciar em sua área.

3. Tenha iniciativa

Para as empresas, um bom profissional não é aquele que faz somente o que lhe é solicitado e depois vai embora.

Na verdade, é o trabalhador que se antecipa e tem atitudes positivas e inovadoras para o crescimento do negócio que se destaca.

Por isso, seja responsável pelas suas próprias ações, peça ajuda somente quando necessário e busque fazer sempre um pouco mais.

4. Melhore o seu trabalho em equipe

A vida em sociedade já nos cobra bastante a habilidade de convivência com outros seres, não é mesmo?

Mas dentro de um negócio, essa é uma habilidade fundamental e extremamente decisiva. Isso porque é a equipe que constrói todos os resultados obtidos pela empresa.

Por isso, ela precisa estar bem alinhada e integrada, com o compartilhamento de recursos e experiências.

Caso você seja retraído demais ou tenha problemas com certos indivíduos, busca desenvolver sua oratória e resolver questões antigas.

Dessa forma, todos estarão trabalhando para um mesmo objetivo, que deve ser o crescimento da empresa.

5. Organize o seu tempo

Não adianta saber fazer várias coisas e querer fazer tudo ao mesmo tempo. Isso, além de prejudicar a produtividade, impacta também na qualidade do trabalho oferecido.

Por isso, é preciso estar sempre em busca de estratégias de planejamento e gerenciamento do tempo.

Assim, você consegue melhorar sua criação de prioridades, planos e metas e estabelece as ações necessárias a cada uma delas.

6. BÔNUS: Não pare de estudar!

Um erro muito comum dos profissionais é, logo após conseguir um emprego, entrarem na zona de conforto e pararem de buscar conhecimento.

Isso faz com que eles sejam ultrapassados ao longo do tempo penas novidades e mudanças do mercado de trabalho.

Por isso, o ponto principal da empregabilidade é a busca por conhecimento. Com ela, você conseguirá desenvolver cada uma das outras habilidades citadas com qualidade e personalidade. Acompanhe a nossa carta do fundador, com conteúdos diários e gratuitos!

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos