Home Blog Empréstimo para pequenas empresas: onde encontrar crédito para PMEs?

Empréstimo para pequenas empresas: onde encontrar crédito para PMEs?

emprestimo para pequenas empresas

Quem quer abrir uma empresa precisa lidar com diversas etapas para efetivação do sonho. Muitas vezes, o problema da falta de dinheiro para o investimento inicial surge como uma limitação para a não abertura do negócio. Por isso, alguns recorrem ao empréstimo para pequenas empresas.

Mas assim como a maioria das linhas de crédito, o empréstimo para pequenas empresas também precisa estar dentro de alguns pré-requisitos. Além disso, avaliar se essa opção é a melhor escolha para o momento do negócio é crucial para não adquirir dívidas ruins.

De forma geral, o empréstimo para pequenas empresas surge com a proposta de facilitar que o empreendedor possa realizar a abertura do negócio ou até mesmo investir em equipamentos que realizam o produto ou facilitam a prestação de serviços, por exemplo.

Quais são as linhas de crédito para pequenas empresas?

emprestimo-para-pequenas-empresas

Antes de solicitar o empréstimo empresarial, é preciso ter certeza de que essa é a opção mais inteligente para conseguir recursos para o negócio. O financiamento para pequenas empresas pode ter bastante acréscimo de juros, com o agravante da burocracia.

Ou seja, obter empréstimo para pequena empresa não é uma tarefa muito simples e nem sempre vantajosa. Em algumas vezes, a necessidade financeira pode ser suprida por amigos e familiares que emprestam dinheiro sem juros ou até com uma cobrança menor do que as “linhas oficiais”.

Fazer uma análise detalhada sobre a necessidade do dinheiro no período inicial da empresa é essencial para não entrar em uma bola de neve financeira. Por exemplo, alguns recursos podem ser adiados para serem adquiridos quando o negócio já estiver dando lucros.

É essencial entender antes de solicitar o empréstimo, para qual finalidade será utilizado.

  • Aquisição de equipamentos;
  • Compra ou locação do espaço para o negócio;
  • Capital de giro;
  • Projeto de ampliação.

São alguns dos principais motivos que empreendedores solicitam crédito para PMEs.

Mas caso mesmo depois de fazer um estudo sobre a necessidade do empréstimo e essa for a melhor opção, é preciso conhecer quais são as linhas de crédito e como funcionam na prática.

O BNDES e as pequenas empresas

O Governo Federal atua como linha de financiamento através do BNDES. Para micro, pequenas e médias empresas, o atendimento é considerado prioritário e além disso, possui condições especiais para acesso ao crédito.

Dentro do BNDES existem diversas linhas de financiamento, algumas delas são:

  • BNDES Giro: financiamento para capital de giro de uma empresa.
  • BNDES Microcrédito: financiamento de até R$ 20 mil a microempreendedores, sejam informais ou formais.
  • FINAME BK Produção: financiamento específico para indústrias que fabricam equipamentos voltados para produção de bens de informática, automação ou demais máquinas.

No entanto, um dos pré-requisitos é que os produtos já estejam sendo negociados com o comprador.

  • Cartão BNDES: funciona como uma linha de crédito pré-aprovado para que o empreendedor possa adquirir bens e serviços credenciados ao Portal de Operações do Cartão BNDES.

Além do Governo Federal, a FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos) também viabiliza o acesso empréstimo para empresas. Também com a funcionalidade de trazer mais possibilidades com juros baixos.

Um dos pré-requisitos para adquirir o crédito para empresas através da FINEP é de que o projeto precisa estar voltado para inovações.

No entanto, não existem apenas duas opções para adquirir empréstimo para pessoa jurídica ou física, em alguns casos. O ideal é pesquisar no mercado quais são as condições para adquirir o empréstimo para microempresa ou pequena empresa e solicitar a que oferecer a menor taxa de juros.

O empréstimo para pequenas empresas pode ser válido em alguns casos, mas tudo precisa ser avaliado com profundidade. Por isso, estudar as necessidades e a diversificação de opções é crucial para tomar uma atitude financeiramente inteligente. Para mais dicas como essa, assine nossa newsletter no WhatsApp e receba ainda mais conteúdos gratuitos!

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *