Especular é uma boa estratégia de investimento?

especular

Ao entrar no mundo dos investimentos, muitas pessoas se confundem entre o conceito de investir e especular.

No entanto, é muito importante que seja definido o que é especular, para que os investidores entendam as diferentes estratégias de investimentos.

Quando falamos em especular na bolsa de valores, normalmente, estamos nos referindo a “apostar” na valorização de curto prazo de um ativo financeiro, para obter rendimento com esta operação.

Claro, existem diferentes níveis de especulação. Os mais experientes com a bolsa, na maioria das vezes, fazem especulações baseadas em mais informações, dados e, até mesmo, sua própria experiência enquanto investidor.

Por outro lado, aqueles que estão começando a investir, ao fazer especulações na bolsa, tendem a fazer análises mais rasas, o que torna a operação ainda mais arriscada.

O que é especular?

Mesmo com a diferença explicitada acima, é necessário firmar que, independente da experiência do especulador, esta operação tende a apresentar maiores riscos.

Isto porque, as flutuações de curto prazo das cotações de preço das ações na bolsa de valores, por exemplo, possuem um caráter especulativo.

Em outras palavras, é muito difícil acertar precisamente quando as ações de uma empresa irão valorizar e, principalmente, quanto irão valorizar no curto prazo.

No curto prazo, diversas variáveis podem ter alta influência nos preços dos ativos financeiros:

Ou seja, é possível concluir que, para saber com um alto grau de confiança quais ações tendem a valorizar no curto prazo, é preciso estar por dentro de todas essas variáveis e entender como elas afetam os preços das ações, por exemplo.

Uma das estratégias mais utilizadas pelos especuladores na bolsa é a análise técnica ou análise grafista de ações.

Este tipo de análise consiste em um acompanhamento aprofundado do movimento dos preços das ações ao longo do tempo, para assim tentar estimar tendências de alta ou queda do ativo.

No entanto, é preciso dizer que na renda variável, uma rentabilidade no passado, não deve ser esperada no futuro.

Então, para fazer esse tipo de análise, é preciso entender bem sobre a técnica, mas sempre levando em consideração o que está acontecendo no mercado real.

Diferença entre especular e investir

especular

Ao ler mais sobre o assunto, você já deve entender um pouco melhor o conceito de especulação.

No entanto, é possível que ainda não tenha ficado claro a diferença de especular e investir.

Investir pode ser definido como o ato de estudo de um determinado ativo, garantindo assim uma segurança maior do capital investido e rentabilidade mais provável.

Como dito anteriormente, muitas pessoas que são experientes com a especulação, como os traders, utilizam a análise técnica para definir seus investimentos.

No entanto, para um bom investimento, especialmente no caso das ações e outros investimentos de renda variável, é extremamente indicado uma análise fundamentalista.

A análise dos fundamentos de uma empresa consiste em um estudo aprofundado sobre a situação financeira do negócio, possibilidade de ganho de mercado e crescimento.

Normalmente, para fazer esse tipo de análise, são utilizados indicadores financeiros, mercadológicos e econômicos.

Principais formas de especular

É interessante que sejam conhecidas também, as principais formas de especular.

No caso do ativos financeiros, 2 casos merecem certo destaque: especulação na bolsa de valores e especulação com criptomoedas.

Daytrade

Quem utiliza o método day trade realiza compra e venda em um mesmo dia.

Esse especulador embasa suas operações através da análise técnica, especulando movimento dos ativos para conseguir obter lucros no curto prazo.

É importante lembrar que esse tipo de operação é extremamente arriscada, e só deve ser aplicada por pessoas que trabalham na área ou tem um alto grau de especialização.

Para os investidores comuns, esse tipo de aplicação tende a render prejuízos no longo prazo.

Swing trade

Assim como o day trade, o swing trade é uma das formas mais comuns de especular na bolsa de valores.

No entanto, diferente do day trade, esse tipo de operação tem uma visão de curto e médio prazo, aproveitando-se de alguns conceitos da análise fundamentalista, além da análise técnica.

Através de especulações, o swing trader também visa o ganho em um curto período de tempo. E assim como qualquer outro tipo de especulação, as chances de ganhar existem, mas de perder também.

E é justamente com as chances de perder que é preciso se preocupar, visto que, quem atua nesse formato costuma fazer grandes aportes e tem menor aversão ao risco.

Especulação em criptomoedas

As criptomoedas chamaram muita atenção do mundo nos últimos anos, sobretudo pelo grande retorno que estava dando para as pessoas que as compraram previamente.

Desta forma, muitas pessoas começaram a ver nas criptomoedas, como o Bitcoin, ótimas oportunidades de ganho no curto prazo.

Sem dúvidas, essa é uma operação que possui caráter altamente especulativo, já que não existem fundamento sobre a precificação dessas moedas virtuais.

Vale a pena especular na bolsa de valores?

Você pode ter percebido que especular, principalmente para iniciantes, é uma operação financeira de alto risco.

Se você é um investidor comum e não pretende atuar no mercado financeiro, é possível argumentar que não vale a pena especular na bolsa de valores.

Isto porque, é mais “fácil” escolher boas empresas para se tornar sócio e mante-las na sua carteira no longo prazo.

Desta forma, você poderá acompanhar o crescimento do negócio ao longo do tempo, conseguir multiplicar seu capital investidor e ainda receber dividendos (divisão de lucro da empresa entre os acionistas).

Ou seja, essa é uma forma mais segura, prática e com alto potencial de valorização ao longo do tempo.

É importante esclarecer que, se você quiser implementar essa estratégia de investimento para lucro de curto prazo, não tem problema nenhum.

Na verdade, é possível até incluir isso a sua estratégia segura e sólida de longo prazo.

O segredo é: direcione uma parcela “irrisória” dos seus recursos para aplicações de altíssimo risco.

Assim, se sua especulação não der certo, seu patrimônio estará protegido. E, caso a especulação funcione bem, você poderá multiplicar consideravelmente o capital investido.

Por isso, antes de especular, é muito importante estudar melhor o mercado financeiro e analisar as melhores opções para o seu bolso, que garanta uma rentabilidade interessante com um bom nível de segurança.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos