Home Blog Fiador profissional é seguro? Entenda como esse serviço funciona!

Fiador profissional é seguro? Entenda como esse serviço funciona!

fiador profissional 2

Na hora de comprar um imóvel, fazer determinados financiamentos ou até mesmo comprar um carro, a figura do fiador pode ser uma peça fundamental para que o contrato seja firmado. Por isso, algumas pessoas oferecem o serviço de fiador profissional.

Como funciona o fiador profissional?

O fiador profissional funciona como um agente concessor de documentos para utilização diversa. O serviço é pago e serve para locações, transações financeiras e até mesmo em compra de determinados bens (veículos, imóveis, financiamentos empresariais, entre outros).

O que é o fiador profissional?

O fiador profissional é aquela pessoa que presta o serviço de fiança para terceiros. Através dele, é possível obter os documentos requisitados e necessários para realizar uma transação como, por exemplo, comprar um imóvel.

O custo do serviço de fiador profissional envolve a concessão de documentos (que em média custa R$50 reais) e o valor pelo serviço (que irá variar de acordo com o tipo de contrato, risco, operação financeira e/ou do bem em questão).

O que é preciso para conseguir um fiador?

O fiador é aquele responsável por assegurar que determinado contrato seja validado e que a parte beneficiada fique acobertada em caso de quebra do contrato.

Uma das formas de conseguir um fiador é através do apelo a um familiar, parente ou amigo. Nesse caso, o compromisso de ser fiador é algo que a longo prazo e a depender das circunstancias pode ser penoso.

Outra forma de conseguir um fiador é através do pagamento de um serviço ou contrato de fiador profissional. Através desse serviço, se for em um fiador profissional e assim, é possível dar andamento ao contrato.

Contudo, quando é a hora de assinar um contrato, geralmente, os documentos exigidos para fiador são:

  • RG e CPF;
  • Comprovante de renda (deve se enquadrar no tipo de contrato e transação que irá ocorrer);
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de declaração do Imposto de Renda (mais atual);
  • Declaração de estado civil (certidão de nascimento, divórcio ou casamento);
  • Se o fiador possuir bens que possam ser destinados como garantia, deve-se apresentar a documentação respectiva aos mesmos.

Quais são os riscos e cuidados ao contratar um fiador profissional?

O fiador é uma opção alternativa a outras modalidades de financiamento. Ao contratá-lo, primeiramente, o consumidor deve usar sua educação financeira e avaliar se não há outra opção mais interessante para suas finanças.

Além disso, na hora de fazer um contrato sem fiador conhecido, seja ele para compra ou locação, o risco eminente é a fraude.

Nessa perspectiva, o golpe do fiador de aluguel consiste em apresentar documentação falsa e até mesmo garantias sem fundos (ex. imóveis inexistentes).

Por isso, o serviço de fiança profissional pode ocasionar algumas penalidades e riscos para o cliente, tais quais:

  • Desconhecimento do fiador de aluguel em questão: isso implica que não será possível rastreá-lo e não há garantias de que os dados informados condizem com a realidade;
  • Não há garantia de que o contrato será reavaliado ou renovado: mesmo para aquelas pessoas que foram “enganadas”, por lei, a imobiliária tem direito ao despejo dentro do prazo cabível;
  • Perda do direito ao bem: tanto na compra quanto no aluguel;
  • Acusações na justiça e processos por falsificação de documentos: subentende-se que o locatário (pessoa que usufrui do bem) seria cúmplice do fiador.

Por fim, o fiador profissional pode ser a figura desejada por alguns, devido ao seu serviço e por se a única saída para alguns. Mas, em contrapartida, apesar dele um profissional legalmente aprovado, este serviço pode figurar sérios riscos ao cliente, principalmente por conta dos golpistas e estelionatários que atuam no ramo.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *