Home Blog Financiamento estudantil: entenda como funciona!

Financiamento estudantil: entenda como funciona!

financiamento estudantil 2

O melhor tipo de investimento é, sem dúvidas, em educação. Existem diversos tipos de financiamento estudantil disponíveis. Porém, entre tantas opções, é fácil se confundir.

Um profissional graduado tem muito mais chances de construir uma carreira consistente. Por isso, o financiamento estudantil é uma opção para aqueles que não conseguiram uma vaga nas universidades públicas.

O que é o financiamento estudantil?

O financiamento estudantil busca facilitar o acesso dos estudantes a universidade através do empréstimo e parcelamento da dívida.

Assim, o aluno que não possui condições para pagar as mensalidades do curso que escolheu pode ser ajudado.

Durante o período do curso, o crédito estudantil se responsabiliza pelas parcelas. Ao mesmo tempo, o valor total é dividido em parcelas que vão além da graduação. Essa estratégia diminui drasticamente o pagamento mensal.

Para aqueles alunos que estão em busca de empréstimo para a faculdade, o financiamento estudantil pode ser uma alternativa melhor.

Mas, antes de obter esse tipo de crédito: é preciso estudar as possibilidades disponíveis no mercado e buscar as menores taxas de juros efetivas, e assim, evitar um descontrole financeiro.

Tipos de financiamento estudantil

Antes de entender como fazer um financiamento estudantil, o estudante precisa pesquisar o tipo de financiamento mais adequado às suas condições e exigências.

FIES: Fundo de financiamento estudantil

O FIES é um programa de financiamento criado pelo Ministério da Educação. Com ele, o estudante tem o poder de estender o pagamento até três vezes o tempo de duração do curso escolhido.

Pessoas com renda familiar de até três salários mínimos, desde 2018, podem fazer o financiamento do curso superior sem juros.

Quem possui bolsa parcial do ProUni também pode parcelar a outra metade da mensalidade com o FIES.

Entre as exigências do FIES, estão:

  • Ter feito prova do ENEM com nota mínima de 450 pontos;
  • Nota maior que zero na redação;
  • Financiamento nos bancos Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil.

Financiamento estudantil privado

Disponível como uma alternativa para o FIES. Nesse tipo de financiamento cada instituição financeira possui suas taxas, juros e condições específicas.

  • Bradesco;
  • Caixa;
  • Santander;
  • Itaú.

No crédito estudantil privado, a instituição repassa o valor mensalmente à faculdade. O estudante, portanto, faz o pagamento parcelado acrescido de juros e correção monetária.

Para o estudante que não consegue se adequar às regras do FIES as instituições privadas são uma solução. Com taxas em níveis próximos ao do programa público, o crédito privado mantém as chances de formação do estudante.

Programas de financiamento estudantil privado

Além dos bancos, existem outras instituições privadas que possibilitam o financiamento.

PEP: Parcelamento Estudantil Privado

O estudante tem a possibilidade de parcelar até 70% do seu curso sem juros. Além disso, não é necessário ter conta no banco ou ter feito a prova do ENEM.

EDUCRED

O credor só começa o pagamento do financiamento 30 dias após a conclusão ou cancelamento do curso.

PRAVALER

A contratação é semestral e cada semestre é pago em, no mínimo, um ano. Caso o aluno parcele todos os semestres de um curso de quatro anos, terá oito anos para terminar de pagar.

Vale a pena fazer um financiamento estudantil?

Vários estudantes possuem condições de passar mais um ano em busca de uma vaga nas universidades públicas. Entretanto, uma grande parcela dos alunos não conseguem a desejada aprovação.

Para esses, o financiamento estudantil é uma boa opção quando adequado às condições de pagamento do estudante. Para mais conteúdos: acompanhe a nossa carta, com diversos insights valiosos!

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *