Home Blog Fundo espelho: confira como funciona esse investimento

Fundo espelho: confira como funciona esse investimento

fundo espelho 2

Você sabe o que é um fundo espelho? Essa modalidade de investimento pode ser uma boa opção para quem deseja investir em produtos distintos.

Com risco de atuação mais baixo que os fundos de ações, o fundo espelho é uma opção para quem deseja obter rendimentos consistentes com uma carteira mais arrojada.

O que é fundo espelho

O fundo espelho é um conceito que é usado quando existem dois fundos que aplicam no mesmo fundo master, em outras palavras, no mesmo ativo financeiro. Ou seja, ele é basicamente o reflexo que mostra o desempenho de outro fundo de investimento.

Derivado do fundo multimercado, que é um fundo de investimento no qual se pode misturar várias categorias de investimentos na tentativa de obter uma rentabilidade melhor que quando se aplica em um único tipo.

Como se pode misturar tipos de investimento, esse fundo consegue obter títulos de renda fixa e variável. Assim, o fundo multimercado tem um nível de risco alto, pois no mesmo mês todas as categorias dentro do fundo podem ter performance baixa.

Mas, como gestores profissionais são as pessoas que lidam com esse tipo de investimento, através da experiência de mercado ele pode render para seus cotistas bons lucros e controlar os riscos. Então, o gestor pode ter mais liberdade para estudar em quais ativos distintos valerá a pena inserir na carteira.

No entanto, o fundo espelho é um método de investimento que se torna mais “fácil” para cotistas investirem. Pois, ao invés de realizarem aplicações diretas no fundo de mercado, que geralmente, funcionam través de traders profissionais, o mais indicado para cotistas é optar por fundo espelho.

Este, poderá ser administrado por empresas que possuem gestores que se responsabilizarão por intermediar quaisquer tipos de conflitos que possa existir entre os cotistas do fundo, para conseguir organizar os títulos no fundo principal.

Mas, para melhor entendimento de como funciona esta categoria, é preciso compreender o que são fundos de investimentos.

O que são fundos de investimentos?

Fundo de investimento é uma modalidade formada por uma carteira de ativos financeiros diversificada. Esta, é ofertada por empresas que dispõe cotas para conseguir captar recursos. Então, pessoas podem adquirir cotas pagando um determinado valor.

Contudo, como a carteira pode ter participação de diferentes pessoas, é necessário que o investidor siga algumas regras preestabelecidas.

É um método mais acessível para quem deseja iniciar investimentos que incluem renda variável. Pois, como a carteira pode ser diversificada, o investidor consegue obter rendimentos tanto com os títulos de renda fixa quanto os de renda variável numa mesma carteira.

Como fundo espelho funciona?

Por ser a reprodução de uma mesma carteira de ativos do fundo principal, o fundo espelho pode ser uma boa opção para quem deseja investimentos mais consolidados.

Como seu valor unitário é diferente do valor de um fundo subjacente, ele é lançado em outra data com o preço inicial alterado.

Ao atingir um patrimônio muito alto, a gestão do fundo multimercado se torna complexa. Portanto, é neste momento que os gestores iniciam a abertura do fundo espelho.

Com essa estratégia é possível alavancar a janela de resgate, porém, existem vantagens e desvantagens nessa operação.

Quando se replica uma carteira de investimentos, o investidor que decidir encerrar sua participação pode perder o valor do resgate, devido à tributação de fundos.

Vantagens e desvantagens desse tipo de investimento

Para determinar se será uma boa opção realizar investimentos em fundo espelho, o investidor deve estar atento as suas vantagens e desvantagens.

Vantagens do fundo espelho:

  • Investir em ativos diferentes, sem ter a necessidade de compra-los separadamente;
  • Diversidade em uma mesma carteira de investimentos;
  • Retorno com renda fixa;
  • Oportunidade de ter um produto similar ao principal;
  • Acesso a fundos no exterior sem custo de entrada e saída;
  • Gestores especializados para gerir o investimento.

Desvantagens do fundo espelho:

  • Apresentação de taxas mais altas que outros fundos;
  • Demora no resgate do valor devido a menor liquidez;
  • Queda do valor unitário devido à flutuação nas taxas de câmbio;
  • Pode demorar até 60 dias para ser resgatado

Portanto, como em qualquer outro tipo de aplicação financeira, o fundo espelho pode ser uma vantagem ou não. Tudo irá depender das necessidades do investidor. Então, é importante que se tenha minimamente o conhecimento sobre o mercado financeiro, mesmo tendo os gestores à frente da administração de seus recursos.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *