Home Blog Fusão de empresas: entenda o que é!

Fusão de empresas: entenda o que é!

fusao de empresas

No mundo do empreendedorismo, existem diversos processos feitos entre organizações em busca de fortalecimento e posicionamento. Entre eles, um bastante popular é a fusão de empresas.

No entanto, mesmo ouvindo falar bastante da fusão de empresas, muitas pessoas ainda não sabem como esse processo funciona efetivamente.

Então, o que é a fusão de empresas?

fusao-de-empresas

A fusão de empresas é um processo que faz com que dois negócios diferentes se unam para formar uma única empresa. Isso significa que, em busca de vantagens para ambas, empresas concorrentes podem deixar de ser rivais no mercado.

Embora simples de entender, o processo de fusão costuma ser bastante complexo para as empresas. Isso porque o acordo firmado entre as partes depende de suas diferentes características e, principalmente, de seu porte.

Mesmo assim, a fusão é um processo cada vez mais frequente tanto no mercado brasileiro quanto no internacional.

Qual a diferença entre fusão de empresas e incorporação de empresas?

É comum que, entre os diferentes tipos de combinação de negócios, as pessoas confundam a fusão com a incorporação.

De modo simples, a fusão de empresas representa uma completa transformação para todas as partes envolvidas no processo.

Nesse processo, duas organizações ou sociedades distintas, fazendo com que elas formem um novo negócio. Ou seja, uma empresa A e outra empresa B se unem, resultando em uma empresa C, diferente das outras duas.

Já na incorporação de empresas, uma das duas empresas deixa de existir, fazendo que a outra se mantenha, só que ainda maior.

E como funciona a fusão de empresas?

Como já dito, a fusão empresarial é um instrumento usado para agregar duas ou mais empresas, por exemplo a joint venture e as combinações de empresas.

Quando feita, os modelos de gerenciamento das organizações são integrados, fazendo com que as equipes trabalhem em conjunto.

Ou seja, os cargos técnicos e administrativos são divididos. Assim, ao longo do tempo, fazendo com que a configuração hierárquica da empresa vá se formando.

Geralmente, o motivo pelo qual sócios e gestores optam pela fusão é a observação desse processo como um bom investimento.

Isso significa que, para eles, essa junção empresarial pode atrair mais rentabilidade impulsionando os processos desenvolvidos. Por isso, mesmo empresas concorrentes no mercado de atuação podem buscar benefícios para si ao optar pela união de forças.

Quais as vantagens da fusão de empresas?

Existem diversos benefícios relacionados à união de empresas. Entre os principais, a possibilidade de diversificação de mercado é a mais percebida.

Isso ocorre, pois é bastante improvável que duas empresas tenham exatamente o mesmo público. Por isso, há um grande aumento no alcance do público.

Além disso, com a fusão, existe uma considerável redução de custos na busca pelos mesmos objetivos.

Como é preciso a reestruturação de todos os processos da empresa, essa reformulação acaba causando uma otimização e eliminação de desperdícios.

Além disso, podemos perceber como benefícios da fusão de empresas:

  • Exposição da marca para um público maior;
  • Aumento na qualidade de produção;
  • Quadro de colaboradores reforçado;
  • União de estratégias e conhecimentos.

Assim, consequentemente, gerando um aumento de receita da nova empresa formada.

Quais as desvantagens da fusão de empresas?

É claro que, apesar dos grandes benefícios, o processo de fusão também inclui algumas dificuldades que precisam ser esclarecidas.

Entre as principais, temos o conflito de diferentes processos e tecnologias das equipes recém unidas. Isso pode causar um certo desconforto entre os integrantes da nova empresa, já que as visões e objetivos podem ser diferentes.

Uma forma de contornar esse problema é estar aberto às oportunidades oferecidas pelos diferentes processos. A soma dessas suas atividades pode resultar em uma terceira que ofereça produtividade e seja confortável para toda a equipe.

No entanto, algo um pouco mais difícil de se alterar é a cultura da empresa. Ela representa a missão, visão e valores da equipe.

Por exemplo, enquanto empresas são mais flexíveis e informais, outras possuem processos mais engessados e formais.

Por isso, quando há a fusão, pode existir um impacto cultural entre as duas partes, demandando um maior tempo de adaptação de todos os integrantes.

Cuidados a serem tomados com a fusão de empresas

Para contornar os riscos oferecidos pela fusão de empresas, é preciso tomar algumas atitudes antes, durante e depois de todo esse processo.

Primeiro, o acordo entre as empresas deve ser bastante claro, incluindo possíveis imprevistos e qual a contribuição de cada empresa na execução dos processos.

Durante a fusão, defina as responsabilidades de cada um dos colaboradores, facilitando o alinhamento da equipe e o ganho de produtividade.

Depois, a comunicação entre as diferentes equipes, até a unificação, deve ser bastante clara e sincera. Isso torna o processo menos estressante para ambas as partes e diminui os riscos para o futuro do negócio.

Uma boa forma de incentivar isso é fazendo com que as diferentes partes se unam para objetivos em comum. Assim, fazendo com que elas consigam se alinhar de maneira eficiente.

Dessa maneira, os riscos e dificuldades são diminuídos, tornando a fusão de empresas um processo cada vez melhor. Acompanhe a nossa carta do fundador, com conteúdos diários e gratuitos!

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *