Home Blog Gestão centralizada: entenda como funciona!

Gestão centralizada: entenda como funciona!

gestao centralizada

Toda empresa apresenta uma cultura organizacional e valores, isso contribui para a forma como ela é vista pela sociedade e como ela age com seus colaboradores. Além disso, o tipo de gestão que ela emprega: a gestão centralizada ou descentralizada.

A gestão centralizada funciona por meio da concentração de poder em um segmento da organização, geralmente, é delimitado uma parte que faz a liderança de um todo. Por isso, é comum que modelo de gestão aplique uma padronização de processos e da sua comunicação.

Então, a gestão centralizada é um modelo de gestão pautado em uma forma de concentrar o poder decisório e estratégico no tomo ou na cúpula de um negócio. Nessa perspectiva, que ela se caracteriza por decisões e procedimentos uniformes no empreendedorismo.

Como funciona a gestão centralizada?

Gestão centralizada como funciona?

A administração centralizada atua de forma totalizante, pois, busca um modelo de tomada de decisões pautado na verticalidade. Ela impacta na forma em que os gestores e funcionários interagem, na organização da empresa e execução de tarefas.

Além disso, existe um outro modelo gerencial baseado na descentralização do poder, essa perspectiva é a parte chave para entender a diferença entre a gestão centralizada e descentralizada. Sendo sua diferença:

  • A gestão centralizada nas organizações tem por definição concentrar o poder gerencial, ter maior controle das decisões e procedimentos, possibilitando assim, evitar desperdícios e duplicação de processos;
  • Na gestão descentralizada as decisões são tomadas dentro do ambiente em que se ocorre o problema ou a demanda, permitindo assim, uma argumentação mais criativa e possivelmente mais assertividade.

Portanto, optar pela gestão centralizada ou descentralizada, dependerá de diversos fatores, desde a própria cultura da empresa, seus valores e até mesmo o seu sistema comercial.

Por isso, a empresa deverá escolher aquilo que é mais aplicável tanto para a questão do social quanto do comercial. Afinal, independentemente da gestão, toda empresa busca formas de se sobressair comercialmente e gerar cada vez mais resultados.

Quais são as vantagens da gestão centralizada?

A gestão participativa e gestão centralizada, apresentam algumas diferenças quanto as suas vantagens e desvantagens gerenciais.

É comum enfrentar em uma gestão empresarial problemas como, a falta de histórico e registro e acompanhamento das informações, definição das atividades, padronização, alta rotatividade dos funcionários, ociosidade e subtilização dos sistemas.

Todos esses fatores implicam comercialmente na empresa e podem derivar também do estilo de gestão da organização.

Portanto, para melhor escolher entre o modelo gerencial, é válido averiguar as vantagens de uma gestão centralizada ou descentralizada:

Vantagens da gestão centralizada

  • Maior controle organizacional;
  • Uniformidade nas decisões;
  • Comunicação vertical;
  • Maior facilidade de avaliar determinadas decisões;
  • Evitar alguns prejuízos e desperdícios;
  • Evitar duplicação de processos e tarefas.

Vantagens da gestão descentralizada

  • Maior autonomia;
  • Agilidade na decisão frente ao problema (já que é resolvido “de prontidão”);
  • Possibilita maior criatividade e disponibilidade para resolução de problemas;
  • Menor dependência entre as áreas da empresa;
  • Otimização do tempo para realização de tarefas;
  • Utilização de conhecimentos específicos e diminuição de turnover (rotatividade) da empresa;
  • Assertividade em lidar com clientes, por ser uma gestão mais ligada ao processo e contato direto, e não, de planejamento inicial e partir para o processo.

Desvantagens da gestão centralizada

  • Tomada de decisão longe do cerne do problema ou da área envolvida;
  • Relativa demora na tomada de decisão;
  • Dependência de uma base gerencial ou cúpula administrativa;
  • Diminuição do exercício criativo entre áreas da empresa;
  • Possibilidade de usar os recursos de forma ineficiente (por exemplo, usar apenas parte de um todo ou então, usar mais do que deveria).

Desvantagens da gestão descentralizada

  • Não uniformidade nas decisões;
  • Possibilidade de desperdício e duplicação de atividades;
  • Esse tipo de gestão dificulta do controle;
  • Dificuldade em avaliar processos e responsabilidades.

Por fim, a gestão centralizada é uma alternativa viável para determinados tipos de negócio. Principalmente, os que demandam uma estruturação bem definida e uma comunicação mais unificada. Contudo, a decisão entre um e outro modelo ou até mesmo um modelo misto de gestão, dependerá unicamente da empresa.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *