Gestão centralizada: entenda como funciona!

gestao centralizada

Toda empresa apresenta uma cultura organizacional e valores, isso contribui para a forma como ela é vista pela sociedade e como ela age com seus colaboradores. Além disso, o tipo de gestão que ela emprega: a gestão centralizada ou descentralizada.

A gestão centralizada funciona por meio da concentração de poder em um segmento da organização, geralmente, é delimitado uma parte que faz a liderança de um todo. Por isso, é comum que modelo de gestão aplique uma padronização de processos e da sua comunicação.

Então, a gestão centralizada é um modelo de gestão pautado em uma forma de concentrar o poder decisório e estratégico no tomo ou na cúpula de um negócio. Nessa perspectiva, que ela se caracteriza por decisões e procedimentos uniformes no empreendedorismo.

Como funciona a gestão centralizada?

Gestão centralizada como funciona?

A administração centralizada atua de forma totalizante, pois, busca um modelo de tomada de decisões pautado na verticalidade. Ela impacta na forma em que os gestores e funcionários interagem, na organização da empresa e execução de tarefas.

Além disso, existe um outro modelo gerencial baseado na descentralização do poder, essa perspectiva é a parte chave para entender a diferença entre a gestão centralizada e descentralizada. Sendo sua diferença:

  • A gestão centralizada nas organizações tem por definição concentrar o poder gerencial, ter maior controle das decisões e procedimentos, possibilitando assim, evitar desperdícios e duplicação de processos;
  • Na gestão descentralizada as decisões são tomadas dentro do ambiente em que se ocorre o problema ou a demanda, permitindo assim, uma argumentação mais criativa e possivelmente mais assertividade.

Portanto, optar pela gestão centralizada ou descentralizada, dependerá de diversos fatores, desde a própria cultura da empresa, seus valores e até mesmo o seu sistema comercial.

Por isso, a empresa deverá escolher aquilo que é mais aplicável tanto para a questão do social quanto do comercial. Afinal, independentemente da gestão, toda empresa busca formas de se sobressair comercialmente e gerar cada vez mais resultados.

Quais são as vantagens da gestão centralizada?

A gestão participativa e gestão centralizada, apresentam algumas diferenças quanto as suas vantagens e desvantagens gerenciais.

É comum enfrentar em uma gestão empresarial problemas como, a falta de histórico e registro e acompanhamento das informações, definição das atividades, padronização, alta rotatividade dos funcionários, ociosidade e subtilização dos sistemas.

Todos esses fatores implicam comercialmente na empresa e podem derivar também do estilo de gestão da organização.

Portanto, para melhor escolher entre o modelo gerencial, é válido averiguar as vantagens de uma gestão centralizada ou descentralizada:

Vantagens da gestão centralizada

  • Maior controle organizacional;
  • Uniformidade nas decisões;
  • Comunicação vertical;
  • Maior facilidade de avaliar determinadas decisões;
  • Evitar alguns prejuízos e desperdícios;
  • Evitar duplicação de processos e tarefas.

Vantagens da gestão descentralizada

  • Maior autonomia;
  • Agilidade na decisão frente ao problema (já que é resolvido “de prontidão”);
  • Possibilita maior criatividade e disponibilidade para resolução de problemas;
  • Menor dependência entre as áreas da empresa;
  • Otimização do tempo para realização de tarefas;
  • Utilização de conhecimentos específicos e diminuição de turnover (rotatividade) da empresa;
  • Assertividade em lidar com clientes, por ser uma gestão mais ligada ao processo e contato direto, e não, de planejamento inicial e partir para o processo.

Desvantagens da gestão centralizada

  • Tomada de decisão longe do cerne do problema ou da área envolvida;
  • Relativa demora na tomada de decisão;
  • Dependência de uma base gerencial ou cúpula administrativa;
  • Diminuição do exercício criativo entre áreas da empresa;
  • Possibilidade de usar os recursos de forma ineficiente (por exemplo, usar apenas parte de um todo ou então, usar mais do que deveria).

Desvantagens da gestão descentralizada

  • Não uniformidade nas decisões;
  • Possibilidade de desperdício e duplicação de atividades;
  • Esse tipo de gestão dificulta do controle;
  • Dificuldade em avaliar processos e responsabilidades.

Por fim, a gestão centralizada é uma alternativa viável para determinados tipos de negócio. Principalmente, os que demandam uma estruturação bem definida e uma comunicação mais unificada. Contudo, a decisão entre um e outro modelo ou até mesmo um modelo misto de gestão, dependerá unicamente da empresa.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos