Como funciona a gestão participativa?

gestao participativa 2

Existem muitas formas de gerir uma empresa. Mas, nos últimos tempos, a gestão participativa vem sendo popularizando entre os negócios que buscam fugir da centralização na sua atividade produtiva.

Portanto, o modelo de gestão participativa pode ser uma alternativa para empresas que tem suas atividades engessadas e necessitam agilizar processos e torná-los mais eficazes.

O que é a gestão participativa?

gestao participativa

A gestão participativa ou administração participativa é um modelo de gestão que incentiva a tomada de decisão descentralizada.

Neste modelo de gestão do negócio, os níveis hierárquicos da empresa não são tão levados em consideração, já que o objetivo é que as decisões estratégicas sejam compartilhadas entre os colaboradores.

Quanto mais as empresas valorizam o seu capital humano, mais esse tipo de gestão faz sentido.

Desta forma, esta gestão colaborativa tende a trazer para o negócio:

Como implementar a gestão participativa?

Para funcionar bem, este modelo de gestão demanda uma série condições organizacionais, comportamentos gerenciais e coerência nos processos da empresa.

Isso pode tornar a implementação complexa, a depender da organização corrente do negócio.

Portanto, é necessária uma adaptação completa, desde das posições de maior escalão até os demais colaboradores.

Não quer dizer que a empresa não terá mais um líder. Entretanto, este líder atuará de forma menos autoritárias e mais eficientes para a empresa como um todo.

Na verdade, o líder será fundamental para o processo de transição de um modelo de gestão centralizada para um modelo descentralizado.

Ele deverá incentivar o envolvimento de todos colaboradores nos diversos setores e projetos do negócio.

Assim, naturalmente, os colaboradores irão se posicionar para as atividades que executam com mais eficiência e interesse.

Desta forma, também não haverá uma lentidão nas decisões do negócio, já que o envolvimento da equipe em cada projeto acontecerá de forma espontânea.

Vantagens da gestão participativa

Existem várias vantagens da gestão participativa que vão desde o relacionamento entre os colaboradores até a eficiência do trabalho.

Competitividade saudável

Quando os colaboradores têm autonomia, eles se sentem mais estimulados a mostrar resultados acima do esperado.

Entretanto, quando isso acontece com a maioria dos colaboradores, o resultado esperado acaba sendo maior. O que pode fazer que a cobrança pessoal dos trabalhadores seja ainda maior.

Crescimento pessoal dos colaboradores

Como os colaboradores têm maior autonomia, são estimulados a ser mais proativos e resolver todos os problemas sozinhos.

No longo prazo, isso proporcionará uma grande evolução entre todos. Afinal, maiores responsabilidades trazem maiores aprendizados.

Comunicação mais eficiente

Quando há forte centralização e hierarquia, é comum que o “chefe” e os colaboradores não falem a mesma língua e não possuam a mesma cultura.

Com a administração colaborativa, há uma convergência entre todas pessoas que participam do negócio, o que torna a comunicação da equipe muita mais eficiente.

Crescimento constante

Por consequência de todos os demais benefícios, a empresa terá um crescimento constante de longo prazo.

A partir que os colaboradores crescem, a empresa cresce concomitantemente. Por isso, é essencial valorizar o capital humano.

É necessário lembrar que a gestão participativa foca em descentralizar as atividades de um negócio, para assim ampliar a eficiência da empresa. Mais conteúdos de empreendedorismo? Inscreva-se no nosso WhatsApp!

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos