Home Blog Entenda a importância da gestão patrimonial para seu negócio

Entenda a importância da gestão patrimonial para seu negócio

gestao patrimonial

Devido ao descontrole nas finanças empresas tendem a ruir economicamente. Por isso, é crucial que a gestão patrimonial aconteça de forma eficiente. Assim, auxiliar a empresa a reduzir os gastos e consequentemente, lidar melhor com o descontrole financeiro gerado pelas dívidas.

A gestão patrimonial funciona por meio da avaliação, revisão, checagem e manutenção de todos os ativos de uma empresa. Geralmente, é difundida pelo cálculo da capacidade de geração econômica que cada ativo respectivo equivale ou impacta a empresa.

Então, a gestão patrimonial é uma forma de catalogar questões relacionadas ao patrimônio ativo e passivo de uma empresa. O patrimônio abarca tudo aquilo que constitui fielmente os negócios, desde o controle interno de softwares, maquinário, mobília, capital e outros.

O que é patrimônio?

O patrimônio da empresa é composto por todos os bens ativos e passivos que possam servir para venda numeração, consumo e uso. São classificados como bens patrimoniais:

  • Imóveis: sede, locações e bens que não podem ser removidos do seu local;
  • Móveis: veículos, máquinas e outros;
  • Tangíveis: são os bens que possuem forma física;
  • Intangíveis: não físicos, por exemplo, marcas, patentes e direitos autorais.

Portanto, o patrimônio é o conjunto de obrigações, bens e direitos de uma pessoa ou empresa. Dessa maneira, o controle patrimonial permite não somente o controle sobre o patrimônio, mas também, a quantificação líquida e temporal daquele ativo.

Por exemplo, impressora consegue fazer mil fotocópias e a partir daí, ela tem um desgaste, ou seja, necessita manutenção.

Porém, até o momento de desgaste essa impressora gerou rendimentos suficientes para obter lucro. Sob essa perspectiva, tanto o desgaste quanto a manutenção e o valor gerado, são inseridos no orçamento patrimonial, com os ganhos e perdas.

Como fazer a gestão patrimonial?

A gestão financeira e controle patrimonial são partes fundamentais de uma empresa, principalmente, para auxiliar a manter os custos e obrigações em dia.

Além disso, a gestão empresarial facilita a administração dos direitos do negócio e permite a mensuração mais próxima da realidade sobre estoques. Ainda por cima, o balanço patrimonial permite medir os níveis de:

  • Obsolescência;
  • Defasagem;
  • Depreciação dos bens.

A importância da gestão patrimonial também representa a credibilidade que determinada empresa tem. Já que ao realizar a gestão patrimonial, a empresa demonstra sabedoria sobre seu próprio negócio e sobre as estimativas de longo, médio e curto prazo.

Portanto, para fazer gestão patrimonial é preciso:

  • Adotar sistemas de apoio: é possível utilizar ferramentas tecnológicas e programas para auxiliar o processo de controle patrimonial. Servindo para averiguar baixas, relatórios, listagens e balancetes;
  • Levantar o inventário de bens: é preciso listar todos os ativos e bens da empresa, com as respectivas identificações;
  • Analisar, dos ativos existentes, qual é o seu valor e qual é a sua obsolescência;
  • Avaliar a vida útil dos bens: além da obsolescência, cada bem ou ativo pode ter um período de vida útil. Ou seja, após aquele momento, o bem deixa de atuar e isso pode impactar a vida da empresa se não for levado em consideração;
  • Atualizar os bens do inventário: mesmo após a listagem o processo de verificação e atualização, é constante, isso permite monitorar se os bens estão condizentes com aquilo que foi planejado, se houve defasagem ou depreciação não prevista.

É evidente, então, que a gestão patrimonial serve para:

  • Aperfeiçoar a gestão de inventário empresarial;
  • Estabelecer o manual de procedimentos;
  • Localizar os ativos e bens da empresa.

Por fim, a gestão patrimonial melhora a tomada de decisões e fornecem para os gestores informações preciosas que auxiliam a melhor conduzir uma empresa.  Por isso, é crucial gerenciar os recursos e ativos, para assim, conseguir traçar caminhos e aumentar as chances de chegar aos resultados desejados.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *