GGBR4: descubra tudo sobre as ações da Gerdau!

GGBR4

A Gerdau S.A (GGBR4) é uma empresa que centraliza suas atividades na produção de aço, além disso, a Gerdau atua fornecendo aços longos e aços especiais.

Além do mais, as ações da Gerdau (GGBR4) constituem a bolsa de valores brasileira ou B3, assim, as ações da empresa podem ser negociadas por investidores que percebem no setor siderúrgico, oportunidades benéficas.

O que é a Gerdau (GGBR4)?

A Gerdau (GGBR4) direciona suas atividades para o desenvolvimento de produtos metalúrgicos industriais. A empresa é brasileira e pode ser considerada uma das maiores companhias fornecedoras de aços especiais no mundo e de aços longos nas Américas, além do mais, os ativos da Gerdau são negociados na B3 (Brasil, Bolsa e Balcão), mediante a utilização do ticker GGBR4.

Em suma, a Gerdau atua no setor siderúrgico, desde o ano de 1901, realizando operações no mercado nacional e internacional. A empresa possui mais de 1.719.658.728 bilhões de ações, sendo 79,4% destas em free float.

Além disso, outras companhias constituem o mercado siderúrgico do Brasil, dentre essas empresas estão a CSN (CSNA3) e a Arcelor Mittal (ARMT34).

  1. CSN: a companhia siderúrgica nacional direciona suas operações para o setor de mineração, siderurgia, cimento, logística e energia. A companhia possui uma produção integrada do aço, realizando extrações do minério de ferro, além da produção e comercialização de seus produtos.
  2. Arcelor Mittal: a empresa está presente em mais de 60 países, sendo uma companhia de mineração e produção de aço. Além disso, a empresa também possui atividades relacionadas a geração de energia, tecnologia de informação e produção de biorredutor renovável.

Dessa maneira, diante da relevância da Gerdau S.A no mercado brasileiro e sua participação na bolsa de valores, é de suma importância compreender sua trajetória e seu modelo de atuação.

Logo, mediante o acesso às informações, os investidores poderão realizar seus investimentos de forma ponderada e efetiva.

História da Gerdau (GGBR4)

GGBR4 1

Em 1901, João Gerdau em parceria com seu filho Hugo, lançaram a Fábrica de Pregos Pontas de Paris, a fábrica é considerada uma das bases da siderúrgica do Grupo Gerdau, localizada em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

Posteriormente, em 1907, João Gerdau começou a expandir os negócios da companhia, realizando a abertura de uma nova fábrica, assim, a administração do Grupo Gerdau foi entregue ao seu filho Hugo.

Foi em 1946, que o genro de Hugo Gerdau, Curt Johannpeter, assumiu a direção do Grupo Gerdau, além de direcionar sua implantação no setor siderúrgico.

Logo após, em 1947, a companhia se tornou uma empresa de capital aberto. No ano seguinte, foi iniciada a produção de aço na cidade de Porto Alegre.

Em 1957, entrou em funcionamento a segunda empresa de fornecimento de aço da companhia, a Siderúrgica Riograndense.

Posteriormente, em 1964, Germano, Klaus e Jorge Gerdau Johannpeter, começam a assumir alguns postos de liderança na empresa.

Assim, em 1969, o Grupo Gerdau começa a expandir seus negócios, levando a produção de aço para o Nordeste e Sudeste do Brasil, além disso, durante este período a companhia ingressou no segmento de distribuição de aço.

Internacionalização da Gerdau

Além do mais, em 1980, a empresa começa sua internacionalização, através da aquisição de uma usina siderúrgica no Uruguai.

Posteriormente, no ano de 1983, a companhia realizou mudanças na liderança executiva, passando a ser conduzida pelos irmãos Gerdau.

Logo, em 1989, o processo de internacionalização é expandido, e a empresa dá início a produção de aço na América do Norte, no Canadá.

Em 1992, o Grupo Gerdau iniciou a produção de aços especiais no Brasil e logo após, em 1998, a companhia adquiriu parte do capital social de uma laminadora na Argentina.

Dessa forma, no ano de 1999, as ações da empresa começam a integrar a Bolsa de Valores de Nova York (NYSE).

Assim, em 2001, a companhia celebrou 100 anos de existência e posteriormente, no ano de 2004, a empresa deu início a produção de aço na Colômbia.

Foi em 2005, que o Instituto Gerdau foi criado, desse modo, em 2007, a empresa decidiu criar um Comitê Executivo (CEG).

No ano de 2009, o Grupo Gerdau iniciou sua produção própria de minério de ferro, assim, em 2013, foi iniciada a produção de aços planos no Brasil.

Foi em 2016, que a companhia começou a expandir seu catálogo de produtos, iniciando a produção de chapas grossas, na usina de Ouro Branco.

Dessa maneira, em 2018, a empresa divulga seu novo CEO, Gustavo Werneck, assim, os integrantes da família Gerdau, começam a se dedicar inteiramente aos conselhos de administração.

Linha do tempo da Gerdau (GGBR4)

  • 1901 – Lançamento da Fábrica de Pregos Pontas de Paris;
  • 1907 – Os negócios do Grupo Gerdau começam a ser expandidos;
  • 1946 – Curt Johannpeter assume a direção da companhia;
  • 1947 – O Grupo Gerdau torna-se uma empresa de capital aberto;
  • 1948 – A produção de aço é iniciada em Porto Alegre;
  • 1957 – A Siderúrgica Riograndense entra em funcionamento;
  • 1964 – Os irmãos Gerdau assumem postos de liderança na empresa;
  • 1969 – Os negócios da companhia começam a ser expandidos para o Nordeste e Sudeste brasileiro;
  • 1980 – A internacionalização da empresa é iniciada, mediante a aquisição de uma usina siderúrgica no Uruguai;
  • 1983 – Mudanças na liderança executiva começam a ser realizadas;
  • 1989 – A companhia dá início a produção de aço na América do Norte;
  • 1992 – O Grupo Gerdau inicia a produção de aços especiais no Brasil;
  • 1998 – A companhia adquire capital social de uma laminadora na Argentina;
  • 1999 – As ações da Gerdau, começam a ser negociadas na bolsa de valores de Nova York;
  • 2001 – É comemorado 100 anos de existência da empresa;
  • 2004 – A empresa inicia a produção de aço na Colômbia;
  • 2005 – O Instituto Gerdau é criado;
  • 2007 – A empresa cria um comitê executivo;
  • 2009 – O Grupo Gerdau iniciou sua produção própria de minério de ferro;
  • 2013 – A produção de aços planos é iniciada no Brasil;
  • 2016 – A companhia inicia a produção de chapas grossas;
  • 2018 – Gustavo Werneck é divulgado como novo CEO da empresa.

Como atua a Gerdau (GGBR4)?

A Gerdau (GGBR4) é vista como uma das maiores produtoras e distribuidoras de aço do Brasil.

Dessa forma, o Grupo Gerdau possui, em média, 30 mil colaboradores e operações de negócios em 10 países.

Além do mais, a Gerdau atua em diversos mercados, assim, dentre os seus principais compradores, estão os setores de:

  1. Construção;
  2. Energia elétrica;
  3. Automotivo;
  4. Implementos rodoviários;
  5. Óleo e gás.

Portanto, observa-se que a companhia busca expandir e diversificar seus produtos para alcançar diversos mercados.

Características das ações da Gerdau (GGBR4)

As ações da Gerdau (GGBR4) são negociadas na B3 e possuem as seguintes características:

A classificação setorial da Gerdau (GGBR4) segundo informações disponibilizadas na B3 é: materiais básicos, siderurgia e metalurgia.

Além disso, seu segmento de listagem na bolsa de valores é o Nível 1.

As ações da empresa oferecem Tag Along de 100% ON e 100% PN, além de free float de 79,4%.

O que faz a Metalúrgica Gerdau (GGBR4)?

A atividade principal da Gerdau S.A está centralizada na produção e fornecimento de aço.

Dessa forma, a companhia busca diversificar seu catálogo de produtos, dentre os produtos oferecidos pela empresa, estão:

  • Arames;
  • Barras;
  • Blocos de construção;
  • Placas;
  • Treliças;
  • Vergalhão.

Em síntese, percebe-se a busca por diversificação e inovação de produtos, para atingir diversos segmentos.

Ações da Gerdau (GGBR4): onde e como são negociadas?

O ticker da Gerdau é GGBR4, para negociações realizadas na bolsa de valores brasileira.

Suas negociações podem ser realizadas em sistemas digitais, proporcionando agilidade e praticidade aos investidores, além de tornar o acesso mais descomplicado e seguro.

A Gerdau possui ações ordinárias (GGBR3), que oferecem direito ao voto durante as assembleias executivas, e ações preferenciais (GGBR4), fornecendo prioridade no recebimento de dividendos.

Além disso, suas ações podem ser negociadas na bolsa de valores de Nova York (NYSE) e na bolsa de valores da Espanha (LATIBEX).

Dessa maneira, para iniciar seus investimentos em ações, é de relevante importância abrir uma conta numa corretora de valores, que esteja credenciada pela Comissão de Valores Imobiliários (CVM).

Logo após, o acionista deverá realizar uma transferência TED com o valor desejado para realizar o investimento.

Portanto, posteriormente, o investidor deverá escolher as ações da Gerdau que são representadas pelo ticker GGBR3 e GGBR4.

Como ganhar dinheiro com as ações da Gerdau (GGBR4)?

GGBR4 2

Primeiramente, é de suma importância entender que existem diversas formas de adquirir lucros com as ações da Gerdau (GGBR4) na B3 (Brasil, Bolsa e Balcão).

Dentre essas formas, pode-se incluir o faturamento de dividendos, dado que, a Gerdau paga dividendos de forma recorrente.

Além disso, o investidor poderá adquirir múltiplos vantajosos (lucros), através da venda de ações, por um preço mais elevado que o adquirido.

Uma vez que, algumas precauções podem proporcionar investimentos mais seguros aos investidores, dentre essas formas de precauções, é válido destacar a diversificação da carteira de ativos, criando uma carteira que possua renda fixa e renda variável.

Dessa maneira, é importante se atentar a liquidez, segurança e rentabilidade antes de realizar a aquisição de ações.

Assim, mediante seu perfil investidor e objetivos financeiros, obter uma boa rentabilidade, poderá ser mais rentável, em comparação, a busca por uma alta liquidez.

Porém, a priorização entre liquidez ou rentabilidade, irá depender dos objetivos do investidor, dado que, o investidor poderá realizar investimentos com objetivos para médio e longo prazo.

Vale a pena investir na Gerdau (GGBR4)?

A Gerdau (GGBR4) é uma das grandes empresas produtoras de aço do Brasil. Isso porque, a empresa busca diversificar seus negócios geograficamente, dessa forma, a diversificação proporciona uma maior estabilidade e distribuição nos resultados da companhia.

Entretanto, é importante ressaltar que, a ciclicidade do setor que a Gerdau está incluída, composto por bens duráveis e bens de capitais, são afetadas durante períodos de crise, dessa forma, os resultados da empresa podem apresentar algumas oscilações ao longo dos anos e dependerá diretamente da sua matéria prima.

Portanto, antes de selecionar qual ação você destinará seu capital, é importante realizar uma análise fundamentalista, com o intuito de verificar se o investimento está sendo realizado de forma prudente, seja com a Gerdau (GGBR4) ou com outra empresa que integre a bolsa de valores.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos