Home Blog GGBR4: descubra tudo sobre as ações da Gerdau!

GGBR4: descubra tudo sobre as ações da Gerdau!

ggbr4

A Gerdau S.A (GGBR4) é uma empresa que centraliza suas atividades na produção de aço, além disso, a Gerdau atua fornecendo aços longos e aços especiais.

Além do mais, as ações da Gerdau (GGBR4) constituem a bolsa de valores brasileira ou B3, assim, as ações da empresa podem ser negociadas por investidores que percebem no setor siderúrgico, oportunidades benéficas.

O que é a Gerdau (GGBR4)?

A Gerdau (GGBR4) direciona suas atividades para o desenvolvimento de produtos metalúrgicos industriais. A empresa é brasileira e pode ser considerada uma das maiores companhias fornecedoras de aços especiais no mundo e de aços longos nas Américas, além do mais, os ativos da Gerdau são negociados na B3 (Brasil, Bolsa e Balcão), mediante a utilização do ticker GGBR4.

Em suma, a Gerdau atua no setor siderúrgico, desde o ano de 1901, realizando operações no mercado nacional e internacional. A empresa possui mais de 1.719.658.728 bilhões de ações, sendo 79,4% destas em free float.

Além disso, outras companhias constituem o mercado siderúrgico do Brasil, dentre essas empresas estão a CSN (CSNA3) e a Arcelor Mittal (ARMT34).

  1. CSN: a companhia siderúrgica nacional direciona suas operações para o setor de mineração, siderurgia, cimento, logística e energia. A companhia possui uma produção integrada do aço, realizando extrações do minério de ferro, além da produção e comercialização de seus produtos.
  2. Arcelor Mittal: a empresa está presente em mais de 60 países, sendo uma companhia de mineração e produção de aço. Além disso, a empresa também possui atividades relacionadas a geração de energia, tecnologia de informação e produção de biorredutor renovável.

Dessa maneira, diante da relevância da Gerdau S.A no mercado brasileiro e sua participação na bolsa de valores, é de suma importância compreender sua trajetória e seu modelo de atuação.

Logo, mediante o acesso às informações, os investidores poderão realizar seus investimentos de forma ponderada e efetiva.

História da Gerdau (GGBR4)

Em 1901, João Gerdau em parceria com seu filho Hugo, lançaram a Fábrica de Pregos Pontas de Paris, a fábrica é considerada uma das bases da siderúrgica do Grupo Gerdau, localizada em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

Posteriormente, em 1907, João Gerdau começou a expandir os negócios da companhia, realizando a abertura de uma nova fábrica, assim, a administração do Grupo Gerdau foi entregue ao seu filho Hugo.

Foi em 1946, que o genro de Hugo Gerdau, Curt Johannpeter, assumiu a direção do Grupo Gerdau, além de direcionar sua implantação no setor siderúrgico.

Logo após, em 1947, a companhia se tornou uma empresa de capital aberto. No ano seguinte, foi iniciada a produção de aço na cidade de Porto Alegre.

Em 1957, entrou em funcionamento a segunda empresa de fornecimento de aço da companhia, a Siderúrgica Riograndense.

Posteriormente, em 1964, Germano, Klaus e Jorge Gerdau Johannpeter, começam a assumir alguns postos de liderança na empresa.

Assim, em 1969, o Grupo Gerdau começa a expandir seus negócios, levando a produção de aço para o Nordeste e Sudeste do Brasil, além disso, durante este período a companhia ingressou no segmento de distribuição de aço.

Internacionalização da Gerdau

Além do mais, em 1980, a empresa começa sua internacionalização, através da aquisição de uma usina siderúrgica no Uruguai.

Posteriormente, no ano de 1983, a companhia realizou mudanças na liderança executiva, passando a ser conduzida pelos irmãos Gerdau.

Logo, em 1989, o processo de internacionalização é expandido, e a empresa dá início a produção de aço na América do Norte, no Canadá.

Em 1992, o Grupo Gerdau iniciou a produção de aços especiais no Brasil e logo após, em 1998, a companhia adquiriu parte do capital social de uma laminadora na Argentina.

Dessa forma, no ano de 1999, as ações da empresa começam a integrar a Bolsa de Valores de Nova York (NYSE).

Assim, em 2001, a companhia celebrou 100 anos de existência e posteriormente, no ano de 2004, a empresa deu início a produção de aço na Colômbia.

Foi em 2005, que o Instituto Gerdau foi criado, desse modo, em 2007, a empresa decidiu criar um Comitê Executivo (CEG).

No ano de 2009, o Grupo Gerdau iniciou sua produção própria de minério de ferro, assim, em 2013, foi iniciada a produção de aços planos no Brasil.

Foi em 2016, que a companhia começou a expandir seu catálogo de produtos, iniciando a produção de chapas grossas, na usina de Ouro Branco.

Dessa maneira, em 2018, a empresa divulga seu novo CEO, Gustavo Werneck, assim, os integrantes da família Gerdau, começam a se dedicar inteiramente aos conselhos de administração.

Linha do tempo da Gerdau (GGBR4)

  • 1901 – Lançamento da Fábrica de Pregos Pontas de Paris;
  • 1907 – Os negócios do Grupo Gerdau começam a ser expandidos;
  • 1946 – Curt Johannpeter assume a direção da companhia;
  • 1947 – O Grupo Gerdau torna-se uma empresa de capital aberto;
  • 1948 – A produção de aço é iniciada em Porto Alegre;
  • 1957 – A Siderúrgica Riograndense entra em funcionamento;
  • 1964 – Os irmãos Gerdau assumem postos de liderança na empresa;
  • 1969 – Os negócios da companhia começam a ser expandidos para o Nordeste e Sudeste brasileiro;
  • 1980 – A internacionalização da empresa é iniciada, mediante a aquisição de uma usina siderúrgica no Uruguai;
  • 1983 – Mudanças na liderança executiva começam a ser realizadas;
  • 1989 – A companhia dá início a produção de aço na América do Norte;
  • 1992 – O Grupo Gerdau inicia a produção de aços especiais no Brasil;
  • 1998 – A companhia adquire capital social de uma laminadora na Argentina;
  • 1999 – As ações da Gerdau, começam a ser negociadas na bolsa de valores de Nova York;
  • 2001 – É comemorado 100 anos de existência da empresa;
  • 2004 – A empresa inicia a produção de aço na Colômbia;
  • 2005 – O Instituto Gerdau é criado;
  • 2007 – A empresa cria um comitê executivo;
  • 2009 – O Grupo Gerdau iniciou sua produção própria de minério de ferro;
  • 2013 – A produção de aços planos é iniciada no Brasil;
  • 2016 – A companhia inicia a produção de chapas grossas;
  • 2018 – Gustavo Werneck é divulgado como novo CEO da empresa.

Como atua a Gerdau (GGBR4)?

A Gerdau (GGBR4) é vista como uma das maiores produtoras e distribuidoras de aço do Brasil.

Dessa forma, o Grupo Gerdau possui, em média, 30 mil colaboradores e operações de negócios em 10 países.

Além do mais, a Gerdau atua em diversos mercados, assim, dentre os seus principais compradores, estão os setores de:

  1. Construção;
  2. Energia elétrica;
  3. Automotivo;
  4. Implementos rodoviários;
  5. Óleo e gás.

Portanto, observa-se que a companhia busca expandir e diversificar seus produtos para alcançar diversos mercados.

Características das ações da Gerdau (GGBR4)

As ações da Gerdau (GGBR4) são negociadas na B3 e possuem as seguintes características:

A classificação setorial da Gerdau (GGBR4) segundo informações disponibilizadas na B3 é: materiais básicos, siderurgia e metalurgia.

Além disso, seu segmento de listagem na bolsa de valores é o Nível 1.

As ações da empresa oferecem Tag Along de 100% ON e 100% PN, além de free float de 79,4%.

O que faz a Metalúrgica Gerdau (GGBR4)?

A atividade principal da Gerdau S.A está centralizada na produção e fornecimento de aço.

Dessa forma, a companhia busca diversificar seu catálogo de produtos, dentre os produtos oferecidos pela empresa, estão:

  • Arames;
  • Barras;
  • Blocos de construção;
  • Placas;
  • Treliças;
  • Vergalhão.

Em síntese, percebe-se a busca por diversificação e inovação de produtos, para atingir diversos segmentos.

Ações da Gerdau (GGBR4): onde e como são negociadas?

O ticker da Gerdau é GGBR4, para negociações realizadas na bolsa de valores brasileira.

Suas negociações podem ser realizadas em sistemas digitais, proporcionando agilidade e praticidade aos investidores, além de tornar o acesso mais descomplicado e seguro.

A Gerdau possui ações ordinárias (GGBR3), que oferecem direito ao voto durante as assembleias executivas, e ações preferenciais (GGBR4), fornecendo prioridade no recebimento de dividendos.

Além disso, suas ações podem ser negociadas na bolsa de valores de Nova York (NYSE) e na bolsa de valores da Espanha (LATIBEX).

Dessa maneira, para iniciar seus investimentos em ações, é de relevante importância abrir uma conta numa corretora de valores, que esteja credenciada pela Comissão de Valores Imobiliários (CVM).

Logo após, o acionista deverá realizar uma transferência TED com o valor desejado para realizar o investimento.

Portanto, posteriormente, o investidor deverá escolher as ações da Gerdau que são representadas pelo ticker GGBR3 e GGBR4.

Como ganhar dinheiro com as ações da Gerdau (GGBR4)?

Primeiramente, é de suma importância entender que existem diversas formas de adquirir lucros com as ações da Gerdau (GGBR4) na B3 (Brasil, Bolsa e Balcão).

Dentre essas formas, pode-se incluir o faturamento de dividendos, dado que, a Gerdau paga dividendos de forma recorrente.

Além disso, o investidor poderá adquirir múltiplos vantajosos (lucros), através da venda de ações, por um preço mais elevado que o adquirido.

Uma vez que, algumas precauções podem proporcionar investimentos mais seguros aos investidores, dentre essas formas de precauções, é válido destacar a diversificação da carteira de ativos, criando uma carteira que possua renda fixa e renda variável.

Dessa maneira, é importante se atentar a liquidez, segurança e rentabilidade antes de realizar a aquisição de ações.

Assim, mediante seu perfil investidor e objetivos financeiros, obter uma boa rentabilidade, poderá ser mais rentável, em comparação, a busca por uma alta liquidez.

Porém, a priorização entre liquidez ou rentabilidade, irá depender dos objetivos do investidor, dado que, o investidor poderá realizar investimentos com objetivos para médio e longo prazo.

Vale a pena investir na Gerdau (GGBR4)?

A Gerdau (GGBR4) é uma das grandes empresas produtoras de aço do Brasil. Isso porque, a empresa busca diversificar seus negócios geograficamente, dessa forma, a diversificação proporciona uma maior estabilidade e distribuição nos resultados da companhia.

Entretanto, é importante ressaltar que, a ciclicidade do setor que a Gerdau está incluída, composto por bens duráveis e bens de capitais, são afetadas durante períodos de crise, dessa forma, os resultados da empresa podem apresentar algumas oscilações ao longo dos anos e dependerá diretamente da sua matéria prima.

Portanto, antes de selecionar qual ação você destinará seu capital, é importante realizar uma análise fundamentalista, com o intuito de verificar se o investimento está sendo realizado de forma prudente, seja com a Gerdau (GGBR4) ou com outra empresa que integre a bolsa de valores.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *