Home Blog Guardar dinheiro em casa: vale a pena ?

Guardar dinheiro em casa: vale a pena ?

guardar dinheiro em casa 2

Muitas pessoas optam por guardar dinheiro em casa por alguns motivos, como, por exemplo, achar que é a forma mais segura de manter seus recursos.

Entretanto, guardar dinheiro em casa pode não ser a maneira mais segura e, muito menos, vantajosa de proteger os seus recursos financeiros. Do ponto de vista da educação financeira, essa não é uma atitude inteligente e veremos o motivo!

Guardar dinheiro em casa é uma boa ideia?

guardar-dinheiro-em-casa

Guardar dinheiro em casa é um hábito desvantajoso para o consumidor, já que o dinheiro, com o passar do tempo, perde o poder de compra por conta da inflação e perde também, a oportunidade de estar direcionar esse dinheiro para aplicações financeiras, que gerem melhores rendimentos.

Para ficar mais claro porque essa prática não é uma boa ideia, é preciso entender todas as desvantagens de guardar dinheiro em casa.

1. Não é a maneira mais segura

Muitos, por não confiar nas instituições financeiras, escolhem guardar dinheiro na sua própria casa.

No entanto, essa, definitivamente, não é a escolha mais segura.

Em casos de assalto, invasão, entre outras situações de risco que podem ocorrer, além de colocar você, sua família e seus bens em risco, adicionalmente o seu dinheiro também estará suscetível a ser perdido.

2. Perder poder de compra

A inflação é comum e, muitas vezes, prevista para todos os setores da economia.

Portanto, ao deixar determinada quantia de dinheiro em casa, você estará “desvalorizando” esse recurso, que não estará acompanhando a inflação.

Portanto, para sua reserva financeira, é interessante procurar ao menos opções que as façam acompanhar a inflação.

3. Dificulta acesso a crédito

Se você guarda o dinheiro em casa, ficará difícil de provar a bancos, por exemplo, a existência desse recurso.

Ou seja, em casos de necessidades de crédito, será difícil alcançar limites altos e juros atrativos, já que o banco não terá muitas garantias sobre sua disponibilidade financeira.

Alternativas melhores do que guardar dinheiro em casa

Geralmente, quem guarda dinheiro em casa tem o objetivo de acumular recursos para gastar em um prazo indeterminado.

Então, para esses casos, seria interessante opções que o dinheiro pudesse ser sacado com facilidade e que rendessem, pelo menos, acima da inflação.

Portanto, algumas opções de onde guardar dinheiro, podem ser:

  • Conta poupança;
  • Títulos do tesouro;
  • Fundos DI;
  • CDB’s.

Conta poupança

Diferente de simplesmente deixar o dinheiro no banco, a conta poupança pode ser uma  forma simples de guardar dinheiro e obter um rendimento mínimo.

Essa opção é muito mais segura do que guardar o dinheiro em casa, e, ainda, apresenta liquidez imediata.

Títulos do tesouro

Os títulos do tesouro são ótimas opções para guardar seu dinheiro rendendo acima da inflação.

Existem diversas opções, como os tesouro Selic pré-fixado e pós fixado, por exemplo, que podem apresentar liquidez diária.

É um título muito seguro e que você consegue, em alguns casos, prever qual será o rendimento obtido ao fim do prazo.

Fundos DI

Os fundos DI são investimentos de renda fixa que são referenciados pela taxa CDI e 95% da sua composição consiste em títulos do tesouro que acompanham a taxa Selic.

Esse é um investimento de alta liquidez e que acompanha a inflação e a taxa de juro, portanto, pode ser uma ótima alternativa para guardar seu dinheiro.

CDB

O Certificado de depósito bancário (CDB) é um título de renda fixa, comumente, emitido por bancos para captar recursos.

Ao obter esse título, você está emprestando dinheiro ao banco que, por sua vez, pagará juros sobre o capital investido.

Este investimento é bastante seguro e, mesmo em caso de perdas, há o FGC (Fundo Garantidor de Crédito) para cobri-las.

Por fim, é relevante destacar que guardar dinheiro em casa não é uma estratégia interessante para suas finanças. Busque entender mais sobre algumas dessas formas de investimento, e cuide bem do seu dinheiro!

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *