Home Blog IGP-M: Como esse índice de preços influência seus investimentos?

IGP-M: Como esse índice de preços influência seus investimentos?

igpm

O preço dos serviços e dos bens de consumo estão sempre sofrendo alterações. Para isso, índices de preços, como o IGP-M, são periodicamente calculados.

Ao registrar o IGP-M de um período, os institutos de pesquisa demonstram para o consumidor e investidor como foi a flutuação dos preços em determinado período.

O que é o IGP-M?

igp-m

O IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado) é um importante indicador macroeconômico brasileiro, que pode ser usado para analisar a inflação de determinado período.

Portanto, o índice IGPM é extremamente relevante para os consumidores e investidores, que podem se proteger do efeito inflacionário.

Este índice é calculado pela FGV, e é muito eficiente por ser composto por 3 outros índices de preços.

  • 60% IPA;
  • 30% IPC;
  • 10% INCC.

Além de ser muito útil para a correção monetária dos aluguéis, o IGP-M é muito usado como referencial para algumas aplicações financeiras.

Mas, para entender melhor o próprio IGP-M e seu impacto nos preços dos produtos (financeiros ou não), é necessário entender primeiramente a inflação.

Entendendo o que é a inflação?

A inflação é o aumento geral dos preços de produtos e serviços da economia.

Ela pode ocorrer de diversas formas, como por exemplo, sendo consequência de uma política monetária expansionista ou um aumento de demanda por produtos não acompanhada pela oferta.

Quando há uma inflação acelerada, o investidor deve adaptar seus investimentos para que seu poder de compra não seja diminuído.

Através do IGP-M, é possível acompanhar a situação atual da inflação e, a partir disso, tomar as decisões financeiras mais inteligentes.

Além do IGP-M, existe outros indicadores que podem ser considerados entre os principais índices de preços:

Como a inflação impacta os seus investimentos?

Quem investe, normalmente, deseja ganhos acima da inflação para aumentar o seu poder de compra e ter uma rentabilidade real.

Afinal, se a rentabilidade de sua aplicação for menor que a inflação do período de investimento, no fim das contas, você não terá um retorno positivo.

Portanto, rentabilidades que superam a inflação, além de corrigir monetariamente o valor investido, oferecem ganhos reais ao investidor.

No entanto, o problema é: em períodos de alta inflação, conseguir uma rentabilidade maior que o índice IGP-M, por exemplo, pode ser uma tarefa difícil.

Por isso, para a sua estratégia financeira de longo prazo, é interessante ter uma parte do seu patrimônio pecuniário direcionada para investimentos com garantia de rentabilidade real.

Investir em aplicações atreladas a algum índice de inflação é uma boa forma de garantir esta rentabilidade.

Dessa forma, você irá proteger parte dos seus recursos da perda de poder de compra.

É interessante alocar seu capital da maneira que mais fizer sentido para você, em aplicações atreladas à inflação e outras mais arrojadas, com maior risco e maior potencial de rentabilidade.

Quais investimentos estão atrelados ao IGP-M?

Portanto, para investir protegendo seu poder de compra, é interessante conhecer os principais investimentos atrelados ao IGP-M.

  • Tesouro IGP-M;
  • LCI;
  • LCA.

Tesouro IGP-M

Além do conhecido Tesouro IPCA, uma ótima opção de título híbrido do tesouro nacional é o Tesouro IGP-M.

Como todos títulos híbridos, a rentabilidade do Tesouro IGP-M é a soma da taxa de juros pré-fixada com a variação do índice de preços.

Assim, esse investimento costuma apresentar, na grande maioria das vezes, rentabilidades acima da inflação.

Outro ponto positivo desse investimento é a alta liquidez e possibilidade de solicitar o resgate antes do fim do prazo.

Mas, claro, quanto antes você resgatar, maior será o Imposto de Renda cobrado. Confira a tabela regressiva do IR:

Até 180 dias22,50%
181 até 360 dias20,00%
361 até 720 dias17,50%
Acima de 720 dias15,00%

LCI

Assim como os títulos do Tesouro Nacional, a Letra de Crédito Imobiliária possui a alternativa híbrida, parte atrelada a inflação.

É mais comum encontrar LCIs atrelados ao IPCA, entretanto algumas corretoras também disponibilizam opções ligadas ao IGP-M.

Esse investimento possuí algumas vantagens em relação ao Tesouro IGP-M:

  • Conta com o Fundo Garantidor de Crédito (FGC);
  • Aplicação está isenta da cobrança de IR.

No entanto, as opções de LCI tendem a ter ticket mínimo de aproximadamente R$5 mil, enquanto é possível começar a investir no tesouro direto com apenas R$30,00.

LCA

A Letra de Crédito do Agronegócio (LCA) funciona de forma muito semelhante ao investimento em LCI.

Também possui a opção híbrida atrelada ao IGP-M, contando com FGC e isenta do Imposto de Renda.

Mas, assim como no LCI, o preço de entrada pode ser alto para quem está começando a investir.

Além disso, mesmo sem o FGC e com a cobrança do IR, o Tesouro Direto pode ser tão seguro e rentável quanto o LCI e LCA.

Para quem não tem uma grande disponibilidade financeira ou ainda está aportando pequenos valores, o Tesouro IGP-M é mais recomendado.

Quais vantagens dos investimentos ligados ao IGP-M?

Existem muitas vantagens nesse tipo de investimento para quem está começando a desenvolver seus investimentos.

Entre as principais vantagens dos investimentos ligados ao IGP-M, estão:

  • Manutenção do poder de compra;
  • Garantia de rentabilidade real;
  • Prevenção em casos de instabilidade na inflação.
  • Se tiver alta liquidez, pode ser ótimo para montar uma reserva de emergência;

Além disso, com parte dos seus recursos atrelados ao IGP-M, é possível destinar outra parte do capital para investimentos com maior potencial de rentabilidade.

Mas, para isso, é preciso se dedicar ao estudo de investimentos de renda variável, como as ações e os fundos imobiliários.

Por fim, é importante que o investidor sempre esteja atento ao IGP-M, já que ele indica como anda a inflação no país, o que é extremamente relevante para sua vida financeira, seja como consumidor ou como investidor.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *