Investidoras: conheça 11 mulheres que se destacam nos investimentos

Investidoras 1

Assim como em diversas áreas profissionais, as mulheres ainda são detentoras de um percentual pequeno de participação no mercado financeiro e operações na Bolsa de Valores. No entanto, a passos curtos, as investidoras começam a surgir e aumentar os índices sobre a atuação feminina em lugares predominantemente masculinos.

Apesar de serem minoria no mercado de investimentos, quando comparada a quantidade de homens atuantes no universo dos investimentos com a de mulheres investidoras, há alguns anos as mulheres vêm conseguindo abrir espaços e se estabelecer no ramo dos investimentos.

Mulheres Investidoras ganham espaço no mercado financeiro

É válido ressaltar que até os dias atuais, os homens ocupam espaços de destaque e são a maioria a fazer movimentações financeiras na Bolsa de Valores brasileira (B3).

Assim, de acordo com dados divulgados pela B3SA3, empresa da Bolsa de Valores no Brasil, até o ano de 2019 a quantidade de colaboradores nacionais em investimentos era de 880,3 mil. Contudo, apenas 21% se trata de mulheres investidoras.

Embora ainda seja um número consideravelmente baixo, nos últimos anos foi evidenciado um aumentado na quantidade de mulheres investindo em renda variável, como as ações.

Como as mulheres podem se tornar investidoras?

De início, é importante destacar que o conhecimento sobre finanças pode transformar cada vez mais mulheres em investidoras, por meio dos seguintes pontos:

  • Educação financeira;
  • Confiança;
  • Estratégias de investimento;
  • Conhecimento sobre o mercado;
  • Cursos sobre finanças.

Estes são alguns pontos que estão tornando diversas mulheres em investidoras, buscando independência financeira, renda extra e rendimentos para o futuro.

Portanto, é válido conhecer algumas das investidoras de sucesso do Brasil e do mundo:

Luiza Helena Trajano

Luiza é uma das maiores empresárias do mundo. Presidente da rede varejista Magazine Luiza, ao assumir a empresa, ela conseguiu multiplicar o número de lojas espalhadas e fazer com que a empresa se tornasse uma das maiores do Brasil.

Formada em administração de empresas e direito, Luiza Trajano se tornou referência em empreendedorismo e gerenciamento de negócios. A brasileira é referência para muitas mulheres que desejam investir na Bolsa de valores, ou até mesmo empreender.

Além disso, a rede varejista é uma das mais bem cotadas na Bolsa de Valores.

Geraldine Weiss

Se conhece Geraldine como “a grande dama dos dividendos”, possuindo um histórico de interesse por finanças desde a década de 1960. 

Após ser diversas vezes rejeitada por corretoras, no ano de 1966 surgiu o boletim informativo Investment Quality Trends (IQT), tornando-se editora até 2002. 

Além disso, no início do boletim ela assinava a publicação como G. Weiss, escondendo seu primeiro nome, com receio do preconceito.

Geraldine possuía estratégias para classificar ações e, posteriormente, tornando-se em uma assinatura que buscava analisar o rendimento de dividendos de companhias de grande porte.

Por fim, nos últimos 30 anos, as recomendações do IQT tiveram um retorno de 11,2% por ano. 

Regina de Camargo

Com fortuna aproximada em 6,9 bilhões, considera-se Regina uma empresária de sucesso. Co-proprietária da empresa de construção Camargo Corrêa, consideram-se ela e suas três irmãs as mulheres mais ricas do Brasil.

Em 2016, foi listada na revista Forbes, estando entre os 32 bilionários mais ricos do Brasil.

Oprah Winfrey

Muitas pessoas conhecem Oprah Winfrey como apresentadora de TV. No entanto, poucas são as que sabem da sua carreira como investidora de sucesso.

Dessa forma, é importante ressaltar que ela é uma das investidoras mais bem sucedidas do mundo. Com patrimônio equivalente a US$ 3 bilhões, Oprah está listada como uma das empresárias mais bem sucedidas dos últimos anos.

Visionária decidiu investir dinheiro em empreendimentos e fundou The Oprah Winfrey Network (OWN), a Harpo Productions e a Oprah Whinfrey Leadership Academy for Girls, que é uma escola para meninas na África do Sul. Nesta, já investiu cerca de US$ 140 milhões.

Além disso, foi a primeira mulher negra no mundo a se tornar bilionária.

Sallie Krawcheck

Conhecida como uma das mulheres mais bem-sucedidas de Wall Street. Sendo assim, foi presidente da divisão de investimentos do Bank of America, CFO do Citigroup e CEO da Sanford C. Bernstein. 

Atualmente, Sallie é CEO e co-fundadora do Ellevest. 

Dessa forma, a Ellevest é uma plataforma digital de investimentos direcionada para mulheres. Assim, a companhia possui o objetivo de diminuir a diferença entre os gêneros no mercado financeiro.

Camila Farani

Aos 16 anos, Camila começou a trabalhar na tabacaria da família. Dessa forma, atualmente, é especialista na área de empreendedorismo feminino e conhecida como uma das grandes investidoras-anjo do Brasil. 

Sendo assim, fundou ao lado de Maria Rita Spina Bueno e Ana Lúcia Fontes, o Mulheres Investidoras Anjo (MIA), que busca incentivar o interesse das mulheres na área de startups. 

Chieko Aoki 

Fundadora e presidente da Blue Tree Hotels, sendo considerada uma das redes hoteleiras mais importantes do Brasil. 

Assim, possui experiência no Brasil, EUA, Ásia e Europa. Dessa forma, no ano de 2014, a Blue Tree Hotels teve um aumento de receita de 9%, com uma margem de lucro de quase 37%. 

Além de um faturamento total de R$ 381 milhões. 

Abigail Johnson

Abigail possui uma fortuna de mais de US$16 bilhões, estando em 7° lugar na lista das mulheres mais poderosas do mundo. 

Atualmente, Abigail é CEO da Fidelity Investments, uma empresa relacionada a investimentos, fundada por Edward C. Johnson II, durante o ano de 1946. 

Cristina Dias de Souza

Foi a primeira mulher a ser conselheira da Associação Nacional das Corretoras (Ancor). Sendo assim, formada em Economia e Administração, começou a trabalhar como operadora na Bolsa de Valores aos 23 anos.

Dessa forma, atualmente, Cristina é diretora da corretora Dias de Souza.

Cleusa Maria da Silva

Cleusa possui uma história de vida de superação e garra como mulher empreendedora. Sendo uma ex-cortadora de cana, a atual empreendedora é dona de uma das maiores redes de vendas de bolos e doces do Brasil, a Sôdie Doces. 

Dessa maneira, começou seu negócio de bolos aceitando encomendas para festas de aniversário, os produtos fizeram sucesso e, após investir o valor de 3 mil reais, a empresária tornou a Sodiê a maior rede de varejo de bolos do país.  

Maria Helena dos Santos Fernandes de Santana

Iniciou na Bovespa em 1994, trabalhando até 2006. Logo após tornou-se presidente da OISA.  Além disso, integra o conselho de administração da Bolsa y Mercados Españoles (BME).

Assim, Maria Helena também foi presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Então, ainda que mulheres investidoras sejam minoria dentro do universo da Bolsa de Valores, elas tornaram-se referências de sucesso para quem deseja iniciar a investir.

Como uma mulher pode tornar-se investidora?

Algumas questões podem tornar mulheres investidoras como o acesso à educação financeira, estratégias de investimento e cursos sobre finanças.

Quem são as maiores investidoras do mundo?

Integram a lista de maiores investidoras do mundo personalidades como Oprah Winfrey, Abigail Johnson e Sallie Krawcheck.

Quais são as maiores investidoras do Brasil?

Dentre as maiores investidoras do Brasil estão: Luiza Helena Trajano, Regina de Camargo e Camila Farani.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos