Taxa de juros reais: saiba o que é e descubra sua importância!

juros reais 2

É fundamental para uma boa educação financeira conhecer melhor sobre os juros e para descobrir qual é a real rentabilidade de um valor investido. Esse valor só é obtido através do calculado dos juros reais.

Os juros reais servem para ajudar os investidores a entenderem as melhores opções para a aplicação do seu dinheiro.

São utilizados os juros reais para que se descubra o valor que será ganho após a desvalorização do dinheiro recebido.

Como funciona a inflação?

A inflação norteia o poder de compra dos consumidores. Dessa forma, ela é utilizada para medir a variação de preço dos produtos e serviços oferecidos no mercado.

Portanto, mesmo após o crescimento de um valor investido, essa quantia pode não oferecer a mesma liberdade de compra.

Por exemplo: um pote de sorvete que em 2000 custava R$6, hoje custa em média R$20.

Ou seja, se você investisse os R$6, e no final obtivesse apenas os R$20, não estaria obtendo de fato uma boa rentabilidade.

Isso porque o crescimento do investimento foi abaixo da inflação.

Vale lembrar que, além dos juros reais, existem outros cálculos relacionados à inflação.

Qual a diferença entre taxa nominal e taxa real de juros?

A taxa nominal de juros é utilizada para a demonstração dos efeitos da inflação em um certo período de tempo.

Enquanto os juros nominais são o rendimento completo de um investimento, os juros reais consideram a desvalorização do dinheiro.

Ou seja, calcula-se, de acordo com o poder de compra, quanto o investidor realmente ganhou com a aplicação.

Vamos a um exemplo:

  1. Uma pessoa aplica um valor de R$2000 com uma taxa de juros de 10% a.a. Após um ano, o valor final será R$2200. Ou seja, os R$200 a mais são o rendimento da aplicação.
  2. Um sofá no início do ano custa R$2000. Porém, no final do ano, por conta da inflação de 8%, seu valor fica R$2160.

Ao comparar as duas situações, vemos que o valor obtido com os juros de 10% a.a. ficou superior ao valor da inflação de 8%. Entretanto, esses são os juros nominais.

Já quando fazemos o cálculo dos juros reais, considerando a perda de valor do dinheiro, encaramos outro resultado:

Nesse caso, ao invés de R$200, o investidor ganhou apenas R$40 acima da taxa de inflação.

Então, o que são os juros reais?

Os juros reais são a rentabilidade efetiva das aplicações financeiras após o desconto da inflação.

Com o cálculo de juros real, o investidor pode ter mais segurança para fazer a escolha da melhor opção de aplicação financeira.

Isso porque a taxa real de juros demonstra qual rentabilidade é realmente benéfica e lucrativa para um valor aplicado.

Como calcular a taxa real de juros de um investimento?

O cálculo da taxa real é extremamente importante na matemática financeira. Para fazê-lo corretamente e garantir uma boa escolha financeira, deve-se utilizar a chamada fórmula de Fischer:

  • Taxa real = 1 + taxa nominal / 1 + taxa real (- 1)

Mas não é preciso se assustar! Aplicando os valores do exemplo anterior, é possível perceber que esse cálculo pode ser bem simples:

No caso de um investimento com taxa nominal de 10% a.a. e inflação de 8% a.a. a taxa real é obtida dessa maneira:

  • Taxa real = 1,10 / 1,08 (-1)
  • Taxa real = 1,01 – 1
  • Taxa real = 1,8%

Ao final do cálculo, percebe-se que a taxa de juros real desse exemplo de investimento foi 1,8% a.a. Portanto, bastante diferente da taxa nominal de 10% a.a.

Entretanto, se você não precisa saber o valor exato, mas sim uma média, existe um cálculo ainda mais fácil:

  • Taxa real = Taxa de inflação – Taxa nominal
  • Utilizando os valores do exemplo, os juros reais nesse caso seriam de 2% a.a.

Por que saber os juros reais é importante?

A taxa de juros reais é a que faz o valor do capital realmente crescer. Portanto, saber ela é uma atitude essencial para qualquer bom investidor.

Faça o cálculo dos juros reais e busque as melhores opções de investimentos para você. Assim, conseguirá avançar ainda mais seu processo de enriquecimento. Acompanhe a nossa carta do fundador com conteúdos diários e gratuitos!

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos