Home Blog Landing page: qual é a importância e como criar esse tipo de página?

Landing page: qual é a importância e como criar esse tipo de página?

landing page

Com o advento da internet, surgem os portais de conteúdo e websites, foi muito comum, inclusive, a migração de jornais para a web, mas, não foi o único segmento. Os negócios e as vendas, por exemplo, explodiram com as landing page.

A landing page funciona por meio da construção de uma página que tem a intenção de converter potenciais clientes, receber pessoas e divulgar um conteúdo ou informação. Geralmente, está relacionada com a venda e distribuição de produtos, serviços ou soluções de uma atividade do empreendedorismo.

O que é?

A landing page é a página de destino, o ponto de contato entre as pessoas que acessam determinado website. Ela é, geralmente, a primeira página acessada por uma pessoa que tem interesse no conteúdo do site, produto ou serviço ofertado.

Como criar?

Esses modelos podem ser criados através de profissionais que lidam com linguagem de programação e design para sites e através de ferramentas de criação de landing page, geralmente, essas ferramentas apresentam layouts (design de site) prontos, como no caso do WordPress e demais ferramentas.

Contudo, elas também podem ser criadas pessoalmente, desde que sigam a estrutura básica, que é:

  • Ter uma oferta: primeiramente, é preciso saber o que ofertar. Após isso, é possível montar a página de forma estratégica e direcionar com propósito;
  • Apresentar um título informativo: deixar bem claro para o visitante e possível consumidor, do que se trata aquele conteúdo, qual será a informação a seguir e seus benefícios. Por vezes, é bom que seja algo atrativo;
  • Trabalhar o call to action (CTA): é um gancho para despertar e motivar o visitante a se tornar consumidor, frases, por exemplo, baixe agora, acesse determinado conteúdo, receba, ganhe, agende, entre outros;
  • Paráfrase informativa: é manter uma descrição mais detalhada para informar sobre o conteúdo apresentado. Por exemplo, um site esfihas, apresenta uma imagem, o nome e logo abaixo – comida árabe que contém carne, massa etc;
  • Visibilidade e acessibilidade: é importante que seja construída sob o viés da acessibilidade, geralmente, com vídeos explicativos, conteúdos visuais e adaptações para diversos públicos.

Esses são os elementos de uma landing page padrão. Porém, além disso, a depender dos tipos de landing page é comum a utilização de formulários e outras táticas para gerar um maior engajamento entre o possível cliente e a página.

Outras táticas para construir uma landing page:

  • Ebook: o ebook permite que o contato com algum conteúdo produzido por aquela empresa ou pessoa, e assim, ela possa conhecer mais sobre o que se produz, atuando quase como uma amostra grátis;
  • Criação de conteúdo e SEO: está ligado ao marketing de conteúdo ou inbound marketing e tem como premissa escrever artigos e produzir conteúdos que serão ranqueados no sistemas do Google, e gerar leads orgânicos;
  • Formulário landing page: é uma tática de landing page que permite criar formulários a ser preenchidos pelos possíveis clientes que acessaram a página, e assim, conquistar informações de contato com aquele cliente;
  • Mobile Friendly: consiste em adaptar para diferentes plataformas a landing page. Ou seja, quem acessa de um smartphone terá uma boa experiência, similar a quem acessa por um computador ou tablet e afins.

Outro momento importante é a página pós-venda, ela que irá direcionar as pessoas após a compra ter sido realizada pela landing page. São responsáveis pela progressão positiva no funil de vendas, além, de direcionar clientes para outros conteúdos.

Quais são as vantagens?

Desde aumentar o alcance até vender mais produtos. Além disso, entre as vantagens de uma landing page estão:

  • Atrair e capturar leads: através do amplo alcance do digital, é possível encontrar leads (potenciais clientes) e divulgar a empresa. Ou seja, através da landing page é possível gerar leads;
  • Direcionar o consumidor para produtos, serviços e soluções de maneira mais simples: com a estrutura da landing page, o cliente tem acesso a ofertas, mas com ela, será possível apresentar de forma mais intima o que ser quer vender;
  • Diminuir o custo de aquisição de clientes: por ser algo processual e que se constrói, ela tem um custo de início e hospedagem. Contudo, permanece sem maiores gastos o que a torna uma forma em conta de adquirir novos clientes.

Por fim, a landing page permite que as empresas e pessoas divulguem um conteúdo, ganhem notoriedade e dinheiro, com isso, cresçam no mundo digital. É uma forma barata de conquistar novos clientes e se bem trabalhada, apresenta um grande potencial de conversão dos visitantes em consumidores ou seguidores.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *