LEVE3: entenda tudo sobre as ações da Metal Leve!

LEVE3 1

A Metal Leve (LEVE3) foca nas atividades de fabricação e comercialização de componentes de motores à combustão interna e filtros automotivos.

A Metal Leve (LEVE3) tem suas ações vendidas na B3. Para quem enxerga no mercado industrial uma boa oportunidade, trata-se de uma empresa que os investidores devem avaliar.

O que é a Metal Leve (LEVE3)?

A Mahle Metal Leve S.A (LEVE3) é uma empresa brasileira do setor de indústria que participa do grupo de autopeças alemão MAHLE, referência da área.

A companhia surgiu no ano de 1951, havendo a Oferta Pública Inicial (IPO) em 1977. Nela, é possível comprar e vender ações através do ticker LEVE3. A empresa tem mais de 38 milhões de ações gerenciadas, sendo 30% destas em Free Float.

Além da Metal Leve (LEVE3), outras empresas integram o setor industrial no Brasil. São elas, por exemplo, a Weg (WEGE3) e a Embraer (EMBR3):

  1. Weg: a empresa direciona seus serviços para a produção de equipamentos eletroeletrônicos industriais, motores para uso doméstico, tintas e vernizes e equipamentos para geração e transmissão de energia;
  2. Embraer: é uma empresa responsável pela operação no meio da aviação comercial, segurança, defesa e executiva.

Sendo assim, pela importância da Metal Leve (LEVE3) para o setor industrial, vale compreender seu histórico e o modelo de atuação.

O que a Metal Leve (LEVE3) faz?

A principal atividade da Metal Leve (LEVE3) é a produção de componentes automotivos. Como, por exemplo:

  • Pistão;
  • Bielas;
  • Camisas;
  • Anéis;
  • Bronzinas;
  • Buchas;
  • Trem de válvula;
  • Filtros;
  • Radiadores;
  • Condensadores;
  • Compressores;
  • Ar-condicionado.

Além disso, a empresa também é responsável pela produção de elementos como, por exemplo, sistemas de propulsão e eletrônica para trens de força elétricos e componentes mecatrônicos para motores pequenos. Junto a isso, produz reguladores de tensão, sistemas de injeção de combustível e componentes para motores grandes.

Como a Metal Leve (LEVE3) atua?


A empresa possui um grande portfólio de produtos e soluções integradas. Junto a isso, ela está presente no mercado OEM (Original Equipment Manufacturers), das quais os clientes são as montadoras de automóveis.

Além disso, faz parte do segmento de peças para reposição, isto é, o aftermarket, cujos clientes são grandes distribuidores de autopeças e retíficas de motores.

Por fim, dentro de sua atuação, a Metal Leve está presente em cinco continentes. A empresa está em 160 localidades de produção e tem 16 grandes centros de pesquisa e desenvolvimento. São cerca de 79 mil colaboradores que trabalham em futuros conceitos, produtos e sistemas.

As ações da Metal Leve: onde e como negociar?

É possível negociar ações da Metal Leve (LEVE3) na bolsa de valores brasileira. As ações da empresa podem ser compradas e vendidas através de plataformas digitais, como é o caso do home broker.

O tipo de papéis que a empresa possui são as ações ordinárias (LEVE3 ON). Estas ofertam direito ao voto durante as assembleias empresariais.

Desse modo, para realizar a aquisição de ações da Metal Leve, é preciso que investidor faça a abertura de uma conta em uma corretora de valores.

Com isso realizado, será preciso fazer uma transferência TED ou um PIX com o capital desejado para realizar o investimento. Sendo assim, será possível selecionar ações da Metal Leve, tidas como LEVE3 ON.

Características das ações da Metal Leve (LEVE3)

Logo Mahle Original

A Metal Leve é uma Small Cap. Entre suas ações, a MAHLE Indústria e Comércio Ltda é responsável por 60% delas, tendo uma quantidade expressiva.

A classificação setorial da Metal Leve (LEVE3), segundo as informações da B3, é: Consumo Cíclico / Automóveis e Motocicletas / Automóveis e Motocicletas.

Ainda, o seu segmento de listagem na bolsa de valores é o Novo Mercado. Esse tipo de segmento dá preferência a empresas com boa governança corporativa e alta transparência.

Por fim, os papéis da Metal Leve oferecem Tag Along de 100% ON, além de um Free Float de 30%.

História da Metal Leve

Em primeiro lugar, a história da Metal Leve começa com a Mahle, fundada em 1920 pelos irmãos Hermann e Ernst Mahle, para produção de pistões de liga leve.

Depois de algumas décadas, em 1951, Ernst Mahle se estabeleceu no Brasil e se tornou sócio fundador da empresa Metal Leve.

Em 1978, a Mahle adquiriu o controle acionário da Cima Componentes Automotivos S.A. e no mesmo ano, iniciou a construção de uma fábrica em Mogi Guaçu (SP), que entrou em operação em 1981 e a partir de 1989, alterou sua razão para MAHLE Indústria e Comércio Ltda.

Em 1996, os acionistas controladores da Metal Leve S.A. transferiram o controle acionário à MAHLE GmbH que em 1998 alterou sua razão social para MAHLE Metal Leve S.A. Isso aconteceu devido a incorporação da MAHLE Pistões Ltda pela Metal Leve S.A.

Também em 1998, a MAHLE Metal Leve fez uma “joint venture” com a empresa Miba da Áustria para produtos sintetizados.

2001-2020

Em 2001, a participação na MAHLE Metal Leve S.A. foi transferida para a MAHLE Indústria e Comércio Ltda, empresa responsável pela realização do controle dos investimentos no Brasil.

No ano seguinte, em 2002,  a MAHLE Sistemas de Filtração Ltda foi incorporada pela MAHLE Metal Leve S.A. Em 2003, os acionistas da MAHLE Metal Leve aprovaram a incorporação da MAHLE MMG Indústria e Comércio Ltda. após ter adquirido a totalidade das ações junto à MAHLE Ventiltrieb GmbH.

Em 2004, foi constituída a empresa MAHLE Metal Leve GmbH, com sede na Áustria. Já em 2007, foram adquiridos os ativos operacionais da Dana Indústria Ltda na cidade de Gravataí para produção de bronzina.

Além disso, nesse ano, se comprou todas as ações da Establecimentos Metalurgicos Edival S.A. localizada na Argentina, que produz válvulas para o mercado de equipamento original e reposição.

No final do mesmo ano, foram adquiridos no mercado argentino, os negócios de distribuição de pistões, cilindros e aftermarket da empresa MAHLE S.A. de Argentina (hoje, Compañia Rosarina S.A.), subsidiária integral de sua controladora, pela empresa MAHLE Válvulas de Argentina S.A.

2011-2020

Em 2010, se estruturou uma reorganização societária do Grupo MAHLE América do Sul. No ano seguinte, em 2011, a Companhia realizou oferta pública secundária de distribuição de ações de titularidade da MAHLE Industriebeteiligungen GmbH.

Sendo assim, a Companhia converteu a totalidade das ações preferenciais de sua emissão em ações ordinárias e aderiu ao Novo Mercado. Já em 2013, a Companhia aumentou o capital social da sua controlada MAHLE Industrial Filtration Ltda, assim como alterou o capital social dela.

Em 2015, foi constituída a sociedade Ltda. denominada Innoferm Tecnologia Ltda., na qual a MAHLE Metal Leve S.A. tem a participação de 33,3%.

Dois anos depois, em 2017, a Companhia concluiu a venda de 60% das cotas que a MAHLE Metal Leve S.A. possuía no capital social da MAHLE Metal Leve Miba Sinterizados Ltda. para a Miba Sinter Holding GmbH & Co KG.

Por fim, em 2018, o Conselho de Administração da Companhia aprovou a incorporação da sua controlada MAHLE Industry do Brasil Ltda.

Linha do tempo da Metal Leve

  • 1920: Fundação da Mahle pelos irmãos Hermann e Ernst Mahle;
  • 1951: Chegada de Ernst Mahle no Brasil, que passa a ser sócio fundador da empresa Metal Leve;
  • 1978: Mahle adquire o controle acionário da Cima Componentes Automotivos S.A. e inicia a construção de uma fábrica em Mogi Guaçu, em SP, que depois veio a ser MAHLE Indústria e Comércio Ltda;
  • 1996: Metal Leve S.A. tem seu controle acionário nas mãos da MAHLE GmbH
  • 1998: Alteração da MAHLE GmBh para MAHLE Metal Leve S.A e criação de uma “joint venture” com a empresa Miba da Áustria para produtos sintetizados.
  • 2001: MAHLE Metal Leve S.A. é transferida para a MAHLE Indústria e Comércio Ltda;
  • 2002: Incorporação da MAHLE Sistemas de Filtração Ltda pela MAHLE Metal Leve S.A;
  • 2003: Incorporação da MAHLE MMG Indústria e Comércio Ltda;
  • 2004: Constituição da MAHLE Metal Leve GmbH, com sede na Áustria;
  • 2007: Compra de todas as ações da Estabelecimentos Metalurgicos Edival S.A. localizada na Argentina, que produz válvulas para o mercado de equipamento original e reposição;
  • 2010: Reorganização societária do Grupo MAHLE América do Sul;
  • 2011: Oferta pública secundária de distribuição de ações de titularidade da MAHLE Industriebeteiligungen GmbH;
  • 2013: Companhia aumentou o capital social da sua controlada MAHLE Industrial Filtration Ltda;
  • 2015: Constituída a sociedade Ltda. denominada Innoferm Tecnologia Ltda, na qual a MAHLE Metal Leve S.A. tem a participação de 33,3%;
  • 2017: Venda de 60% das cotas que a MAHLE Metal Leve S.A. possuía no capital social da MAHLE Metal Leve Miba Sinterizados Ltda. para a Miba Sinter Holding GmbH & Co KG;
  • 2018: Conselho de Administração da Companhia aprovou a incorporação da sua controlada MAHLE Industry do Brasil Ltda.

Como lucrar com ações da Metal Leve (LEVE3)?

LEVE3 Máquina da Mahle Metal Leve

Há algumas formas de conseguir lucrar com a venda e compra de ações da Metal Leve. Por exemplo, o recebimento de dividendos é uma opção. Isso porque a empresa tem em seu histórico uma distribuição recorrente de proventos.

Além disso, é possível lucrar com a venda de suas ações por um valor maior do que se comprou antes. Essa prática se chama trade. No entanto, quem atua dessa forma não foca em agir como investidor de longo prazo, pois está preocupado com o curto prazo.

Como pontos importantes para se atentar, se tem a diversificação da carteira na hora de investir. É interessante que se busque ter ativos de renda fixa e renda variável. Portanto, antes de fazer a compra de um papel, o investidor deve analisar a segurança, rentabilidade e liquidez da ação.

Vale a pena investir na Metal Leve (LEVE3)?

Em primeiro lugar, a Metal Leve tem, enquanto suas vantagens competitivas, um amplo portfólio de produtos, soluções integradas e customizadas, além um mercado de atuação diversificado.

Ainda, apresenta um ótimo histórico de pagamento de dividendos, o que pode ser um fator positivo para quem busca investir com esse foco. Por outro lado, por se tratar de um setor cíclico, tende a ser um setor que depende e é impactado pelas dificuldades econômicas e contexto do País.

Tendo isso em mente, portanto, se pontua a importância de fazer uma análise fundamentalista antes de investir seu capital em uma empresa.

Dessa forma, então, será possível analisar se o investidor vai aplicar de maneira consciente. Isso serve seja com a Metal Leve (LEVE3) ou com qualquer outra empresa que integre a bolsa de valores.

A LEVE3 é uma small, medium ou large cap?

A empresa é uma small cap avaliada em R$2,60 bi em 2020.

Qual é o segmento de listagem da LEVE3?

A empresa faz parte do Novo Mercado. Esse tipo de segmento preferencia as empresas com, por exemplo, boa governança corporativa e alta transparência.

Qual é o Tag Along de LEVE3?

A empresa apresenta um Tag Along de 100% em ações ordinárias.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos