Manutenção preventiva: qual a sua importância?

manutencao preventiva 2

Os gastos exacerbados em bens, imóveis e carros estão frequentemente atrelados a pequena quantidade de revisão, desleixo e defasagem na utilização da manutenção preventiva.

A manutenção preventiva de um bem funciona como uma forma de diminuir a depreciação física sofrida ao longo do tempo e do uso. Com ela, a vida útil do bem aumenta, apresentando uma maior economia a longo prazo por prevenir falhas e acidentes.

Então, manutenção preventiva é aquela realizada com a ciência de que todo bem tem uma vida durável e um desgaste ao longo do tempo.

Por exemplo, é possível prever necessidades em consertos em casa ou manutenção de peças com aplicativos controle, planilhas e revisões.

A manutenção preventiva, além de ser uma ótima dica de cuidados com seus bens, é um aprendizado importante para a educação financeira.

A diferença entre a manutenção preventiva e corretiva: seu uso no Brasil

Uma grande diferença entre o Brasil e outras partes do mundo é que os brasileiros tendem a cuidar do problema apenas quando ele tem que ser corrigido.

Esse fato é um dos causadores de um gasto maior, pois o problema que antes poderia ser evitado ou apresentar economia com manutenção, agora, terá que ser substituído ou solucionado através de maiores gastos.

Os dois tipos de manutenção mais utilizados são:

  • A manutenção preventiva é aquela pautada na prevenção de danos. Essa modalidade, busca amenizar a quebra ou desgaste de bens, carros, casas e eletrodomésticos por saber que o processo de depreciação é algo natural;
  • A manutenção corretiva é aquela pautada na manutenção após identificação do problema. Com o problema ciente é possível agir de forma mais incisiva e localizada.

Entretanto, em uma comparação mais generalizada: manutenção corretiva, no contexto brasileiro, é muito utilizada na área da saúde.

De fato, brasileiros tendem a fazer um check-up ou revisão na saúde e tratar de um problema apenas quando ele aparece.

Esse tipo de atitude leva a complicações mais graves e, por conta disso, existe o grande o embate entre manutenção preventiva e corretiva.

Portanto, a manutenção preventiva é aquela que apresenta maior custo benefício a longo prazo, tanto na saúde quanto na economia.

Entenda os benefícios da manutenção para prevenção

Compreende-se como as três principais áreas da manutenção no contexto urbano e humano: a manutenção da casa, a manutenção do carro e a manutenção da saúde.

Então, na perspectiva da prevenção as principais vantagens da manutenção na preventiva são:

  • Vida longa e prospera: uma boa saúde poupa gastos com medicamentos e necessidades de procedimentos médicos arriscados. Além disso, mesmo no quesito dos bens, aquele que apresenta vida útil longa é sinônimo de geração de valor por mais tempo;
  • Diminuir o custo com manutenção: é possível obter uma economia apesar de parecer contrassenso gastar dinheiro para economizar mais dinheiro. De fato, se gasta menos ao manter algo funcionando do que ter que substituí-lo;
  • Evitar perda de equipamentos, dados e peças: bens que são revisados com frequência tendem a apresentar menos problemas e consequentemente, diminuem a chance de perda total, reduz a necessidade de troca e ameniza sua desvalorização.

Por fim, vale lembrar que a manutenção preventiva aumenta o valor comercial de um bem e a sua vida útil. Além disso, é uma forma de manutenção mais barata do que consertar ou comprar um bem novo, se transformando em uma economia de dinheiro no longo prazo. Mais conteúdos? Inscreva-se no nosso Whatsapp.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos