Margem bruta: entenda o que é e como analisar este indicador

margem bruta 2

Para avaliar a competitividade e lucratividade das vendas de uma empresa, a margem bruta pode ser um ótimo indicador.

Portanto, é muito importante que o investidor entenda o conceito de margem bruta e o que ela indica sobre a empresa.

O que é a margem bruta?

A margem bruta mede a lucratividade das vendas de um negócio, após a deduções de vendas e custos relativos ao produto vendido.

Essa margem mostra de forma direta o quanto a empresa ganhará com a venda de seus produtos, antes do pagamento de impostos e tributos.

É importante destacar que a margem bruta não é o lucro da empresa, já que alguns custos ainda não foram levados em consideração.

Este é um dos principais indicadores financeiros utilizados para análises de investimentos.

Para o empreendedor, conhecer este indicador também é muito importante.

Assim, é possível analisar a lucratividade unitária de cada produto e encontrar aquele que mais vem contribuindo para o sucesso do negócio.

Mas, para entender definitivamente o que significa a margem bruta, é importante entender o conceito de lucro bruto e receita líquida.

Lucro bruto

O lucro bruto é a diferença entre o faturamento gerado pela venda de produtos e o gasto utilizado para produzir e comercializá-los.

Portanto, para calcular o lucro bruto, não são levados em consideração os impostos, tributos, juros e a folha de pagamentos da empresa.

De forma simplificada, é possível até dizer que o lucro bruto é a subtração entre a receita e os custos variáveis.

Receita líquida

receita líquida é a receita bruta descontando os impostos da nota fiscal, devoluções e descontos comerciais.

Pode ser considerada como a receita das vendas menos as deduções de vendas.

Diferença entre margem líquida e bruta

margem bruta

Muitas pessoas se confundem entre os conceitos de margem de lucro.

Entretanto, para os seus investimentos, cada um delas apresenta um significado distinto.

A margem bruta é a divisão do lucro bruto pela receita do negócio. O lucro bruto, por sua vez, é a receita diminuída apenas dos custo variáveis, relativos a produção.

Portanto, ela demonstra a lucratividade das vendas, diferente da margem líquida, que demonstra a lucratividade do negócio.

Calculo da margem bruta

Agora que você compreende a definição de margem bruta, lucro bruto e receita líquida, podemos entender como realizar este cálculo.

Para calcular margem bruta, basta dividir o lucro bruto sobre a receita líquida da empresa.

Como esse valor tende a ser menor que 1, já que é difícil o lucro de um negócio superar sua receita, é indicado multiplicá-lo por 100, para enxergar a margem em termos percentuais.

M. Bruta = (L. bruto / R. líquida) x 100

Esse valor pode até ser negativo, caso a empresa tenha operado em prejuízo no período referencial.

O que a margem bruta indica para o investidor?

Como você pode imaginar, quanto maior a margem bruta de um empresa, mais interessante ela será para o investidor.

Afinal, quanto maior esse indicador, maior a capacidade de uma empresa de converter vendas em lucro líquido.

Entretanto, não faz sentido comparar empresas de diferentes mercados de atuação em relação às suas margens brutas.

Isto porque, quanto mais competitivo um mercado for, menores serão as margens das empresas.

Um ótimo exemplo disso é o mercado de varejo, onde as empresas possuem uma margem bruta que gira em torno de 20%.

Entretanto, para comparar empresas de um mesmo setor econômico, esse indicador pode ser extremamente relevante.

Empresas com maiores margens brutas apresentam vantagem competitiva em relação ao concorrente.

Isto poder muito relevante para que a empresa aumente seu market share, e lidere ainda mais o mercado.

No entanto, é essencial lembrar que a margem bruta, por si só, não é suficiente para justificar um investimento.

É necessário analisar os demais indicadores fundamentalistas relativos a saúde financeira e posicionamento de mercado da empresa.

Como encontrar a margem bruta das empresas?

As informações financeiras das empresas de capital aberto são essenciais para os investidores.

Entretanto, muitos investidores, principalmente os iniciantes, não sabem como encontrar essas informações.

Alguns ainda acreditam que a única forma de conseguir essas informações é através de relatórios de casa de análise, o que é uma mentira.

É possível encontrar a margem bruta e outras informações das empresas listadas na Bolsa de Valores de forma fácil e gratuita.

As melhores formas de encontrar informações financeiras e resultados operacionais das empresas, são:

  • Entrar no site da empresa e procurar a área de relação com investidores;
  • Buscar pelas empresas no site fundamentus.

Por outro lado, analisar essas informações, principalmente para quem está começando a investir, pode não ser uma tarefa tão fácil quanto encontrá-las.

Por isso, é indispensável conhecer os demais indicadores financeiros e de mercado e estudá-los mais a fundo.

Para escolher bem as ações que você vai investir, é necessário olhar para todos esses indicadores de forma conjunta.

Assim, você poderá fazer uma escolha bem fundamentada para os seus investimentos.

É importante lembrar que é sempre importante acompanhar de perto as empresas que você investe ou pretende investir.

Por fim, é importante que você tenha entendido bem o conceito de margem bruta para avaliar as empresas e escolher aquelas que apresentam vantagem competitiva.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos