Home Blog Você sabe como funciona o Mercado Imobiliário?

Você sabe como funciona o Mercado Imobiliário?

mercado imobiliario 2

O Mercado Imobiliário é uma área que atrai diversas pessoas que buscam uma boa rentabilidade em seus investimentos.

No mercado imobiliário, ocorrem as negociações dos chamados bens imóveis.

Quando alguém compra, vende ou aluga esses bens, está participando do mercado imobiliário.

Mas o que é o mercado imobiliário?

mercado imobiliario

O mercado imobiliário corresponde a um comércio ou setor da economia de imóveis. Nele, atuam pessoas físicas ou jurídicas, e também as imobiliárias.

Eles agem na construção, venda ou aluguel de bens imóveis, como:

  • Casas e apartamentos;
  • Salas comerciais;
  • Terrenos;
  • Plantações;
  • Elementos naturais dentro do espaço.

Eles são assim chamados, porque não podem ser transportados de um local para outro sem danos à sua essência.

Além disso, podem servir tanto para fins pessoais quanto para depósitos ou atividades organizacionais.

Como funciona o mercado imobiliário?

As negociações feitas dentro do mercado imobiliário são com bens de alto valor. Por isso, quem deseja começar nesse setor, deve tomar bastante cuidado.

Além do valor do imóvel, existem custos em todo o processo de transferência, como por exemplo o ITBI no Brasil.

O mercado imobiliário trabalha com um sistema de fases que dura mais ou menos 6 anos. Esse é o tempo necessário para se observar alterações de demandas e ofertas.

Caso seja percebida alguma necessidade, logo são lançados pelas construtoras, empreendimentos correspondentes.

Essa fase, por exemplo, seria de valorização de imóveis. Nesse caso, ocorreria uma alta nos preços das negociações.

Se essa alta não corresponder ao valor intrínseco do imóvel, ocorre a bolha especulativa. Ela acontece graças à ação de investidores especuladores, que adquirem imóveis em busca do lucro futuro com sua valorização e venda.

Quando a demanda diminui, ocorre a adequação dos preços, sendo um melhor momento para quem deseja comprar um imóvel.

Porém, em caso de estouro de bolha especulativa, quando a irrealidade nos preços não se sustenta mais, os valores passam por uma enorme queda.

Isso, mesmo bom para os compradores, pode significar um enorme prejuízo para o proprietário.

O que é preciso saber antes de entrar no mercado imobiliário?

Mesmo que os investimentos nesse setor possam ser de alto retorno, o investidor precisa estar atento às oscilações do mercado.

Além disso, para as construtoras, o momento de finalização de um imóvel pode ser após a alteração da realidade de demanda.

Por isso, quem deseja entrar no mercado imobiliário de uma maneira mais simples, acaba somente adquirindo um imóvel existente.

Isso exige uma boa observação sobre o potencial de expansão e infraestrutura da região do imóvel.

Quais os riscos do mercado imobiliário?

Além da flutuação de preços, existem alguns riscos que podem comprometer completamente o investimento em um imóvel.

A desapropriação de imóveis é um tipo de situação em que o proprietário não tem muito o que fazer.

Nela, o Poder Público decreta uma necessidade de uso da localidade ou do próprio imóvel. Assim, sobra para o dono do imóvel negociar sua indenização e sair da propriedade.

Além disso, quem escolhe vender um imóvel está sujeito ao risco de crédito. Esse caso ocorre quando o comprador não consegue cumprir com o pagamento da propriedade durante o período acertado.

Acidentes originados por falhas humanas como danos ou mal planejamento podem também prejudicar um imóvel.

Qual a realidade do mercado imobiliário hoje?

O setor imobiliário vem se adaptando às novas tecnologias. Isso significa que a maneira de negociar um imóvel tem mudado.

A facilidade no crédito tem proporcionado o acesso de milhares de pessoas à casa própria, como no caso do Minha Casa Minha Vida.

Porém, índices como a taxa básica de juros e desemprego podem alterar o acesso facilitado ao crédito.

Além disso, a divulgação de imóveis tem migrado para a internet dentro de alguns aplicativos. Assim, quem está à procura de um imóvel consegue conhecê-lo mesmo à distância.

Por isso, se você deseja entrar no mercado imobiliário, deve estar atento às inovações e riscos desse setor econômico. Isso evitará que você passe por prejuízos financeiros e possibilitará uma grande melhora financeira. Acompanhe a nossa carta do fundador com conteúdos diários e gratuitos!

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *